sábado, 23 de julho de 2016

Fraude de São Paulo


Como não demitiu seu diretor executivo, que assumiu a fraude cometida pela Folha na divulgação da pesquisa Datafolha, Otavio Frias Filho, o Otavinho, a endossa.


quinta-feira, 14 de julho de 2016

Temer apelou para Aécio e Agripino. Mas nem precisou. Erundina e Orlando Silva fizeram o serviço por ele




Ontem pela manhã, o golpista Temer estava preocupado com a candidatura dissidente de Marcelo Castro, que havia batido seu candidato Osmar Serraglio na indicação do PMDB. Correu para buscar apoio entre os demais golpistas, especialmente os demotucanos Agripino Maia (o homem do milhão desaparecido) e Aécio Neves, o mais citado na Lava Jato, e ainda impune, como Cunha.

Mas não foi preciso. Luiza Erundina (PSOL) e Orlando Silva (PC d0 B) mantiveram suas candidaturas e Marcelo Castro não foi para o segundo turno. Se o houvessem apoiado, Marcelo somaria aos seus 70 votos os 22 de Erundina e os 16 de Orlando Silva, totalizando 108 e chegando à frente de Rosso, que teve 106.

O candidato do coração do governo Temer-Cunha acabou sendo derrotado por Rodrigo Maia. Mas foi uma derrota com sabor de vitória para Temer, porque se livra do candidato mais ligado a Cunha e tem agora um apoio ainda mais firme dos demotucanos para a privataria volume 2 que pretende implantar no país.

Falta ver como vai reagir Cunha a mais essa derrota. O cerco se fecha contra ele, e um psicopata acuado é capaz de tudo.

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Por que não Luiza Erundina e sim Marcelo Castro como candidato do PT à presidência da Câmara





Quando o PMDB escolheu o deputado Marcelo Castro como seu candidato à presidência da Câmara dos Deputados deu ao PT a saída possível diante da sinuca de bico em que a deputada Luiza Erundina colocara o partido. Castro votou contra o impeachment, foi a escolha da maioria do PMDB, contra o candidato da dupla Temer-Cunha (o deputado Osmar Serraglio).

A deputada Erundina usou de toda a sua experiência e senso de oportunidade, quando lançou sua candidatura à presidência da Câmara, ao perceber que não havia entre os candidatos nenhum que tivesse sido contra o impeachment de Dilma. Sempre soube que jamais seria eleita, nem esse era seu objetivo. O que ela queria era marcar posição e divulgar seu nome, numa pré-campanha à prefeitura de São Paulo.

Foi uma ótima tacada. Conseguiu tudo o que queria - especialmente deixar o PT numa sinuca de bico, sem poder apoiá-la ou negar-lhe apoio. A candidatura de Marcelo Castro abriu a porta da saída para o PT, já que Marcelo foi ministro de Dilma (muito ruim, diga-se a bem da verdade) e votou contra o impeachment, batendo de frente com Temer e seu partido. (Aliás, boa questão a ser respondida é por que ele foi o escolhido pelo PMDB e não o candidato do governo golpista Temer-Cunha.)

A sorte está lançada. Vamos ver agora quem vai vencer a disputa. Mas uma possível vitória de Marcelo Castro seria péssima para os golpistas. E tem chance.

'Brasil será país fora da Opep com maior aumento da produção de petróleo em 2017'. E traíras querem privatizar Petrobras





A informação está no Blog do Roberto Moraes, que já indiquei aqui.

Iniciou na sexta-feira (08/07) a produção de petróleo e gás, no FPSO Cidade de Saquarema que faz parte do projeto Lula Central. Trata-se do 10º grande sistema definitivo de produção operando no pré-sal. 

A Petrobras informou que, por enquanto já conseguiu a estabilização da produção em torno de 30 mil barris por dia (bpd) foi alcançada ontem (11/7), ms a capacidade da plataforma ainda a ser atingida é de produção de 150 mil barris de petróleo e comprimir até 6 milhões m³/dia de gás.

A unidade está ancorada em área com lâmina d'água de 2.120 metros de profundidade. O projeto Lula Central inclui 18 poços, sendo nove produtores, quatro injetores WAG (água ou gás) e cinco injetores de água.

Este sistema é o segundo a iniciar operação apenas este ano no pré-sal da Bacia de Santos, em um momento em que a produção de petróleo nessa camada geológica nas Bacias de Santos e Campos já responde por cerca de 40% do total que operamos no Brasil.

Ontem foi divulgada a produção recorde de maio com 2,90 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed). Só o pré-sal atingiu o volume também recorde de 1,24 milhão boed, com crescimento em junho comparado a maio de mais 8%.

Hoje [dia 12], o Estadão replicou matéria divulgada na mídia internacional que o "Brasil será país fora da Opep com maior aumento da produção de petróleo em 2017".

A Opep prevê que sete novas plataformas da Petrobrás aumentarão a produção brasileira em 260 mil barris de petróleo diários (BPD) levando o Brasil em 2017 a ter uma com produção média de 3,37 milhões de BPD.

Ainda, segundo a Opep, a produção fora da Opep deve cair 110 mil barris diários no próximo ano, para média de 55,92 milhões de BPD. Mas o Brasil deve ir na contramão. A Opep explica também que a capacidade de produção do Brasil vai aumentar em 2017 porque há expectativa de que sete novas plataformas da Petrobras começarão a operar. "Incluindo três no campo de Lula, duas no campo de Búzios, uma no campo de Lapa e uma na gigantesca área de Libra", cita o documento.

Vale ainda registrar que a Opep está de olho no Brasil. Os detalhes deste relatório realçam que a entidade e os países do Oriente Médio monitoram a produção no Brasil e o desenvolvimento da Petrobras.  

Leia íntegra da reportagem no Blog do Roberto Moraes.

sábado, 9 de julho de 2016

Enquanto Temer, FHC e Serra querem vender o Brasil e acabar com o Mercosul, o Papa defende a Pátria e a América unificada de Bolívar



"A Mãe Pátria não se vende" 


No ano do bicentenário da independência da Argentina, o Papa enviou uma mensagem  a seus cidadãos, mas que pode e deve muito bem servir à situação em que, provisoriamente, no governo golpista Temer-Cunha, vivemos situação semelhante à argentina.

Em dado momento, ele adverte, usando um ditado comum aos dois países, de que há gente que para conseguir certas coisas na vida, "vende a própria mãe". Para essas pessoas, o Papa avisa:

- "...a la Madre no se la vende, no se la puede vender... y tampoco a la Madre Patria"

Entendeu Temer? Entendeu Serra? Entendeu FHC? Entenderam?

A íntegra da mensagem do Papa, a seguir:



quarta-feira, 6 de julho de 2016

Chovendo no molhado ou molhando na chuva? Temer rega planta com guarda-chuva



Serra e FHC: dois traíras a serviço dos Estados Unidos e contra os interesses do Brasil


Esta imagem é reprodução de parte da primeira página do Estadão de hoje. A manchete informa que Serra e FHC trabalham contra a Venezuela no Mercosul.

Mas a realidade é pior que isso. Serra e FHC fazem um trabalho sujo para favorecer o governo dos Estados Unidos, que há tempos busca desestabilizar a Venezuela, de olho nas suas reservas de petróleo, que são as maiores do mundo.

E, para ajudar os Estados Unidos, a dupla sinistra não se importa de trabalhar contra o Brasil, ao prejudicar a Venezuela.

Além das relações de amizade que nos unem, a Venezuela é um dos melhores parceiros comerciais do Brasil:
»»Entre 2004 e 2015, o Brasil acumulou nas trocas com a Venezuela um saldo de US$ 38,070 bilhões, um dos maiores superávits obtidos pelo Brasil com seus principais parceiros comerciais nesse período.[Fonte: Comex do Brasil] ««
Já não bastam os oito anos de estragos que causaram ao país, durante os governos de FHC, quando quebraram o Brasil três vezes.

Os vendilhões querem mais. E encontraram no governo provisório e corrupto Temer-Cunha o ninho ideal para aninhar seus bicos tucanos corrompidos.

Quer dizer que Temer vai barrar três projetos de combate à corrupção criados por Dilma? Por que será que eu não me surpreendo?



Presidente da Câmara começa processo de impeachment de Temer. Problema é acertar a Comi$$ão



Por que delatores têm um gostinho especial em delatar corrupção de Aécio Neves?



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...