terça-feira, 22 de janeiro de 2008

Leitor alerta sobre perigos na área de energia


Torre de transmissão de energia

Recebi de um leitor assíduo do blog, que me pediu anonimato:

Meu caro Mello, o que você falou do José Jorge é muito importante. Mas o presidente Lula tem que observar alguns fatores na área da energia para que não acabe se repetindo o que aconteceu no governo tucano do Fernando Henrique Cardoso.

Li um artigo de um engenheiro na revista Sustentabilidade, ele fazia denúncia de que faltam pessoas para trabalhar na Aneel. Sugiro a você que leia o artigo e divulgue no seu blog.

A Aneel tem menos de 30 técnicos para analisar os 27.400 MW de projetos parados naquele antro tucano, que a Dilma deixou com um tucanão emplumado, chamado Jerson Kelman.

E a grande maioria desses técnicos está toda trabalhando na análise de pequenas centrais (aquelas que são concedidas sem leilão...).

Já imaginou se na época do caos aéreo se descobrisse que a ANAC tinha 27400 metros de pista projetada, com recursos assegurados, mas que nada foi construído porque a agência não tinha técnicos para aprovar? Sim! Os projetos estão prontos. Falta só o carimbo da Aneel, sem o qual os órgãos ambientais nem os analisam!

Já imaginou se se soubesse que os técnicos poucos que existem andam ocupados demais analisando projetos de pequenos aeroportos das construtoras amigas do chefe da Aneel, entre as quais a Gautama e seus laranjas?

Sabe por que a imprensa não aproveita isso? Para proteger o tucanão Jerson Kelman, como protege e esconde o senador José Jorge...

Seguindo a sugestão do leitor, li e recomendo a leitura de A crise dos aeroportos e a crise de energia, de Ivo Pugnaloni, engenheiro eletricista, que foi diretor da Copel, Companhia Paranaense de Energia, e é diretor da Enercons Consultoria em Energia Ltda.

Leia também:

» José Jorge, ministro do Apagão, responde por novo apagão em Brasília

» PSDB implode e Arthur Virgílio lança sua candidatura ao Planalto

» O seqüestro como arma de luta política

imagem RSSimagem e-mail

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...