sábado, 26 de janeiro de 2008

Por que Chávez chama Uribe de peão do império americano?



Ontem publiquei aqui uma postagem em que mostrava que um relatório do Departamento de Defesa dos EUA denunciava o atual presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, de estar envolvido com o tráfico de drogas e ser amigo íntimo do megatraficante Pablo Escobar.

O vídeo aí acima aprofunda as informações. Mostra mais ligações de Álvaro Uribe com o tráfico. Inclusive a acusação de que era o responsável pela facilitação do transporte aéreo da droga.

Por que então os Estados Unidos apóiam Uribe agora e acusam Chávez de estar associado ao narcotráfico?

Por que a Operação Colômbia, realizada em conjunto pelos governos dos Estados Unidos e da Colômbia, não conseguiu diminuir a exportação de drogas da Colômbia para a os EUA, nem diminuir o consumo de cocaína entre os americanos - ao contrário, ambos aumentaram?

A resposta é: porque esse não é o interesse norte-americano. Eles estão de olho no país vizinho, a Venezuela, que – como o Iraque – nada em petróleo. Chávez seria o Saddam Hussein da vez.

Os Estados Unidos são uma guerra à procura de um pretexto. Assim como no Irã.

Leia também:

» Por que as FARC não abandonam a luta armada, fundam um partido e disputam eleições democráticas?

» Chávez ou Uribe, quem colabora com os narcotraficantes?

» Democracia e ditadura na Venezuela e no Brasil

Comente com o Facebook:

8 comentários:

  1. Anônimo26.1.08

    Se algum republicano ganhar, e o Chavez continuar falastrão como sempre, talvez a coisa fique feia, especialmente com os candidatos que estão liderando as primárias do lado republicano. Tão estúpidos e tapados em matéria de política externa quando Bush Jr. e Bush pai.
    A Hillary não é muito diferente deles, também.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo27.1.08

    Mello, por acaso você sabe onde fica a MAIOR fábrica da Coca Cola no mundo????
    Se não me engano fica na Colômbia...
    Além disso, você sabe que a Colômbia é um protetorado dos EUA na América Latina... é só somar 1 + 1 que dá 2....
    As vezes acho tão óbivio, tão óbivio que alguns custam a acreditar.. eu não...
    Por acaso você viu alguns dos recentes posts no site do Grupo Beatice?

    Pessoalmente e particularmente NUNCA engoli a estorinha de que “islâmicos” ou que o Osama Bin Laden realmente pepetrearam o “atentado” em 11/09/02... Afinal o resultado dos “atentados” atenderam aos interesses de quem????

    Corriere della Sera - 30 de Novembro de 2007
    http://www.corriere.it/politica/07_novembre_30
    /osama_berlusconi_cossiga_27f4ccee-9f55-11dc-8807-0003ba99c53b.shtml

    O ex-Presidente Italiano, o homem que revelou a existência da Operação Gládio, Francesco Cossiga, veio a público falar sobre os atentados do 11 de Setembro, afirmando, num dos mais respeitados jornais italianos, que os ataques foram executados pela CIA e pela Mossad e que esse facto era do conhecimento geral entre os serviços de informações a nível global.


    http://bp1.blogger.com/_s0TCPyCGYlE/R5dlTUgLIEI/AAAAAAAAAps/tZAbQeqo_2A/s1600-h/gladio.jpghttp://bp1.blogger.com/_s0TCPyCGYlE/R5dlTUgLIEI/AAAAAAAAAps/tZAbQeqo_2A/s1600-h/gladio.jpg

    ResponderExcluir
  3. O 11 de setembro é um tema sobre o qual já postei bastante aqui no blog. É uma história pra lá de mal contada, cheia de furos.
    Recomendo estas duas. Mas há mais, é só usar a pesquisa interna do blog.
    Nos EUA, 'grande imprensa' agride entrevistado. Ao contrário do que acontece no Brasil, o entrevistado reage. Assista
    e
    11/9: Foi mesmo um Boeing que atingiu o Pentágono?

    ResponderExcluir
  4. Anônimo27.1.08

    Papo de maluco ... Defender o Chavez ou as suas causas é lamentável. Seria ele melhor que Bush, Uribe ou Lula?

    ResponderExcluir
  5. Por que seria lamentável? E onde há defesa de Chávez na postagem?
    Há comentários sobre fatos. Você viu o vídeo?
    Pelo seu comentário, parece que não.
    E, por favor - isso vale para todos - não postem comentários como anônimos. Escolham um apelido qualquer. Não precisa cadastro nem nada. É que facilita para os comentários.
    Vejam que nessa postagem há, até o momento, três comentários anônimos.

    ResponderExcluir
  6. Teresinha Carpes27.1.08

    Vou tentar comentar,como vc me ensinou Mello,já tentei em um outro Blog não deu certo,o meu comentário ficou dentro da janela grande,e as letras para a gente repetir,na janelinha mudava conforme eu clicava no publicar o comentário.

    ResponderExcluir
  7. Teresinha Carpes28.1.08

    Ôba eu acho que deu certo,aprendi

    ResponderExcluir
  8. O IMPÉRIO DO CINISMO!!! Álvaro Uribe, apesar de seu passado duvidoso (para não dizer condenável) e de seu presente nocivo aos interesses do seu povo e da América Latina como um todo é o grande aliado dos EUA na porção sul do continente. Uribe serve hoje aos interesses norte americanos assim como, num passado recente, os serviram os ditadores Fugêncio Batista em Cuba; Augusto Pinochet, no Chile, os “demais” generais ditadores em nosso continente; Saddam Hussein, no Iraque financiado para derrubar o governo Iraniano recém liberto do entreguista Xá Reza Parlev e o Taleban, armado pelos EUA para derrotar os soviéticos no Afeganistão entre tantos outros exemplos. A ambição, a arrogância, a violência e o cinismo dos recentes governos estadunidenses não tem precedentes na história contemporânea da humanidade e, na minha opinião, não está muito distante dos sonhos de conquistas e do holocausto praticado pelo III Reich alemão. A única diferença está na máscara e na maquiagem utilizada pelo “Team America: World Police” que se dizem lutar pela implantação da democracia no planeta e não pelo petróleo e pelo poder absoluto. Com relação aos atentados de 11 de setembro de 2001, quem teve a oportunidade de assistir o documentário exibido pelo History Channel: “Al-Qaeda: A História Secreta do 11 de Setembro” não terá dúvidas de que a versão imposta ao mundo está muito mal contada e que o futuro dirá quem são os verdadeiros terroristas. “Eixo do mal” no conceito simplista e maniqueísta de George W. Bush é qualquer peça ou engrenagem (governos) que não girem em torno de seus interesses de hegemonia. Quem não te conhece que te compre neste mercado super faturado da contra-informação e da manipulação da história, diga-se de passagem, muito bem servidos pela nossa MAL-dita “GRANDE IMPRENSA” que jogam pesado para demonizar perante a opinião pública as imagens (obviamente que não isentas de falhas) de Hugo Chávez, Evo Morales, Lula, Fidel e etc.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...