RECENTES

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

‘Grande imprensa’ seqüestra e mata


Há pouco tempo, o presidente Lula deu uma declaração em Cuba condenando os seqüestros como forma de luta política, o que foi repercutido por toda a nossa “grande imprensa”. (Já comentei sobre isso aqui, e esta é uma postagem ampliada daquela)

Mas, e quando não é a pessoa que é retirada da realidade? Quando a realidade é que é seqüestrada da pessoa, como vem acontecendo no Brasil?

Quem acompanha o Brasil pelos jornalões, pelas emissoras de TV – em especial pela Rede Globo – tem sua realidade seqüestrada. Sem um mínimo de senso crítico, essa pessoa acredita que está diante da verdade, que o que lhe afirmam Veja, Folha, Estadão, O Globo, a Rede Globo, é um retrato fiel da realidade.

Aí se desenvolve a síndrome de Estocolmo, quando a vítima se identifica e/ou tenta conquistar seu seqüestrador (e basta ler os comentários nos pitblogs para entender o que digo).

Por mais que se tente mostrar a essas pessoas que a realidade lhes foi seqüestrada, elas resistem, defendem seus pitblogueiros e seus veículos do coração. Isso acontece mesmo que a realidade os desminta, como nos casos do trágico acidente de Congonhas, do caos aéreo patrocinado e agora da falsa epidemia de febre amarela, que provocou uma absurda correria da população aos postos de vacinação para se prevenir de uma epidemia que só existia na mídia.

A cegueira é tão grande, que levou a enfermeira Marizete Borges de Abreu, de 43 anos, a se vacinar duas vezes contra a febre amarela, ainda que ela não fosse viajar para uma das áreas de risco, ainda que ela tivesse restrições físicas (lúpus - caso em que a vacina não deve ser tomada), ainda que ela soubesse (como enfermeira) que não se deve tomar mais de uma dose da vacina por vez (outra dose só em dez anos).

Com sua realidade seqüestrada pela mídia, Marizete vacinou-se duas vezes num prazo de uma semana e veio a falecer, vítima de falência múltipla dos órgãos.

Por isso, quando se fala de seqüestro, deve-se salientar que ambas as formas de seqüestro são condenáveis, mas a população desinformada pela mídia corporativa só toma conhecimento de uma, enquanto é manipulada pela outra.

Leia também:

» Exposta a doses maciças de informações manipuladas, brasileiros vivem do ódio, do ressentimento e agora de overdose de vacina contra febre amarela

» Dois anos de governo Evo Morales. O que você nunca leu

» Por que Chávez chama Uribe de peão do império americano?

imagem RSSimagem e-mail

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Hoj mesmo estava pensando nisso. Parece que eu vivo em uma imensa Matrix. Quando se liga a TV (a daqui de casa é usada mais para DVDs infantis para minhas filhas), vê-se o caos espalhando-se no Brasil. Mas não é isso que eu vejo na realidade. Eu acho que o governo Lula poderia ser bem melhor, apesar de achar que seu segundo mandato está melhor que o primeiro. Creio que Lula poderia ter um pouco mais de coragem e dar um "chega pra lá" nessa imprensa-esgotão. Mas, mesmo com todas as falhas, erros, omissões e corrupção, é bem melhor do que aquele lixo neo-liberal que tivemos por oito anos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CONCORDO TOTALMENTE!

      NORMA DE MELLO MASSA

      Excluir
  2. Mudando de assunto , e espero que vc publique algo sobre o que vou falar.. Sou paraibano e PORTELENSE DE CORAÇÃO..

    NÃO AGUENTO MAIS A "BEIJA-GLOBO" ser campeã.. To PUTO DA VIDA.

    ResponderExcluir
  3. Marcelo,
    a Portela fez um grande desfile e ficou entre as primeiras posições, o que não ocorria há muito tempo.
    Quanto a chamar a Beija-Flor de Beija-Globo, realmente não entendi...
    O trabalho da Beija-Flor está intimamente ligado à comunidade local. E tem como comandante o mestre Laíla, diretor de Harmonia que veio do Salgueiro com Joãozinho Trinta em 1976 e hoje é o diretor de Carnaval da Beija-Flor.
    Leia esta entrevista com Laíla e conheça um pouco do trabalho desse verdadeiro gigante do carnaval do Rio:
    http://www.setor1.com/especi/exibe.php?selec3=20071211005
    Sente só as colocações da escola, desde 1976 até hoje:
    http://www.beija-flor.com.br/2008/por/01-ABeijaFlor/historia/historia_conteudo.htm
    E agora o bicampeonato.
    Abraço,
    Antônio Mello (Ah, eu sou Salgueiro, e estou satisfeito com o segundo lugar)

    ResponderExcluir
  4. Anônimo25.4.11

    Qual o objetivo dessa falsa epidemia?
    Alguém precisava vender vacinas?

    ResponderExcluir
  5. Mello,
    Precioso texto de Matheus Pichonelli na Carta Capital sobre o mesmo enfoque: O cidadão Teletubbie.(http://www.cartacapital.com.br/politica/o-cidadao-teletubbie-7487.html)
    Daí juntei a fome com a vontade de comer e criei(?) um neologismo para caracterizar esse povo da "realidade sequestrada: coxinhas teletubbies

    ResponderExcluir

ENFRENTANDO O GOLPE 

A mídia corporativa e o governo golpista querem sufocar os blogs e sites de oposição ao golpe. Precisamos do seu apoio, da sua assinatura, e também do seu engajamento, nos ajudando a divulgar nossos blogs e sites de oposição ao golpe nas redes, republicando nossas postagens, distribuindo conteúdo para amplificar o alcance de nossas críticas.

Contando com seu apoio, vou oferecer um livro meu grátis, A Fome e o Medo, a todos os que assinarem o Blog do Mello.

Assinar é muito fácil, é só clicar numa das imagens, Doar ou Assinar. Todos os cartões de crédito são aceitos



Se preferir, você pode fazer sua doação diretamente na conta do Blog:

Banco Bradesco
Pipa Produções Artísticas Ltda
CNPJ: 10585813/0001-44
Agência 0213
Conta 8035-7

Para receber o livro, basta enviar um e-mail dizendo que fez a doação ou a assinatura. Não precisa enviar comprovante. Sua palavra basta.
Antecipadamente, agradeço.