terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

Para a Volkswagen oito brasileiros perderem parte do dedo não é motivo para recall do Fox


A revista Época desta semana traz a denúncia de que oito brasileiros já se acidentaram com uma armadilha que existe nos modelos Fox. Todos perderam a ponta do dedo quando foram rebater o banco traseiro para ampliar o espaço do porta-malas.

Rebater o banco traseiro do Fox não é uma operação complicada. O usuário deve puxar uma pequena alça flexível que fica presa a uma argola de metal na parte inferior do encosto. O problema é quando alguém ajusta o dedo na argola, (...). Ao ser destravado, o mecanismo aciona uma mola que puxa a argola para dentro, prendendo assim o dedo do usuário.

A pedido da revista, o engenheiro Márcio Montesani, diretor do Núcleo de Perícias Técnicas de São Paulo analisou o mecanismo e o manual do carro:

Há erro de projeto. O dispositivo induz o usuário a colocar o dedo instintivamente na argola, o que pode resultar em mutilação. E o manual deveria prevenir sobre falhas na operação. Dizer como proceder na ausência da alça.

Procurada pela reportagem, a Volkswagen achou pouco a perda da ponta de alguns dedos brasileiros (ah, se fosse nos Estados Unidos!...) e afirmou que nem pensa em fazer um recall do modelo.

Em mensagem enviada por e-mail, a assessoria de imprensa da montadora diz que a empresa estudou todos os acidentes e concluiu que o sistema está de acordo com as normas de segurança. O recall foi descartado. “Os procedimentos do manuseio do sistema de rebatimento encontram-se descritos no Manual do Proprietário”, diz.

Ou seja, não há problema no decepador de dedos nem no manual. O brasileiro tem é que deixar de ser burro e aprender a ler o manual corretamente.

Ou, radicalizando, o brasileiro tem mais é que deixar de ser burro e parar de comprar de empresas como a Volkswagen que tratam desse modo os consumidores de seus produtos.

Para finalizar, um detalhe importante. A reportagem informa que os modelos para exportação têm um sistema diferente e mais seguro, na avaliação do engenheiro Márcio Montesani.

Leia também:

» Notícias Desaparecidas: Pelo menos GM, Chrysler, Scania, Firestone, Philips e Volks ajudaram a ditadura no Brasil

» O Globo anuncia Namoradinhas a R$ 50, com direito a ar condicionado e sinuca

» Classificados de O Globo. É crime facilitar a prostituição e faturar em cima?

» Antes de levar seu filho ao Mc Donald's veja este vídeo

imagem RSSimagem e-mail

Comente com o Facebook:

7 comentários:

  1. crica5.2.08

    Além disso o Fox não consegue dar ré em ladeira...
    Uma bomba!

    ResponderExcluir
  2. Stanley Burburinho5.2.08

    Mello, fiz um texto sobre o preconceito e a perseguição aos artistas, intelectuais e celebridades que participaram de um encontro com o Lula, na casa do Gilberto Gil no Rio de Janeiro no dia 21/08/2006, pelo Aguinaldo Silva, autor da novela Duas Caras, com o respaldo da TV Globo.

    Tudo o que escreví está acompanhado de links que comprovam.

    O autor da novela criou vários personagens na novela para ridicularizar os apoiadores do Lula. O texto também mostra que a novela é permeada de racismo.

    A intenção da novela é atingir o Lula e o Chávez. A novela será veiculada dentro de 2 meses na TV GloboVisión que é uma afiliada de TV Globo na Venezuela.

    O texto ficou muito grande (mais de 24.000 caracteres e ficaria difícil dividir em várias partes menores).

    Para acessar, vá até o link: http://stanleyburburinho.googlepages.com/duascaras

    Se interessar, podem publicar à vontade.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo5.2.08

    É Volks decepando dedo e Fiat superfaturado ...
    Será que algum foi comprado com o cartâo corporativo do segurança da Lulinha ...
    Que País é este?
    Só a Beija-Flor Salva!

    ResponderExcluir
  4. Anônimo5.2.08

    É Volks decepando dedo e Fiat superfaturado ...
    Será que algum foi comprado com o cartâo corporativo do segurança da Lulinha ...
    Que País é este?
    Só a Beija-Flor Salva!

    ResponderExcluir
  5. Stanley Burburinho5.2.08

    Descobriram que a Editora Abril, que publica a Veja, doou R$ 189 mil para a campanha presidencial do FHC em 1998.

    O Banco Rural doou R$ 300 mil para a mesma campanha.

    http://akgblulista.wordpress.com/2008/02/05/quem-doou-na-campanha-de-1998-para-fhc/

    http://akgblulista.wordpress.com/2008/02/05/quem-doou-na-campanha-de-1998-para-fhc/7/

    ResponderExcluir
  6. Ivan Moraes6.2.08

    Por favor nunca escreva a respeito de carros brasileiros sem dizer o quanto eles custam, Mello. Tem mmmmuuuuiiiittttaaaa coisa errada com o Brasil.

    ResponderExcluir
  7. Anônimo17.2.08

    O pior é que a empresa vai acabar pagando uma miséria pelos danos causados aos proprietários...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ENFRENTANDO O GOLPE 

A mídia corporativa e o governo golpista querem sufocar os blogs e sites de oposição ao golpe. Precisamos do seu apoio, da sua assinatura, e também do seu engajamento, nos ajudando a divulgar nossos blogs e sites de oposição ao golpe nas redes, republicando nossas postagens, distribuindo conteúdo para amplificar o alcance de nossas críticas.

Assinar é muito fácil, é só clicar numa das imagens, Doar ou Assinar. Todos os cartões de crédito são aceitos



Se preferir, você pode fazer sua doação diretamente na conta do Blog:

Banco Bradesco
Pipa Produções Artísticas Ltda
CNPJ: 10585813/0001-44
Agência 0213
Conta 8035-7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
O Blog do Mello, enquanto não consegue se sustentar apenas com assinantes, precisa de anunciantes, e você utiliza um bloqueador de anúncios.
Por favor, desative o bloqueador para o Blog do Mello. Obrigado.