quarta-feira, 26 de março de 2008

Heróis de Lula, usineiros continuam desrespeitando trabalhadores


Mais uma vez, trabalhadores do setor sucroalcooleiro foram resgatados, porque se encontravam em situação de trabalho degradante. Desta vez foram 421 deles, que o grupo móvel do Ministério do Trabalho libertou ontem em Quirinópolis, no sul de Goiás. A informação está na Folha, em reportagem de Felipe Bächtold (aqui, para assinantes).

Isso vai durar, enquanto a Câmara não votar a PEC 438, que, entre outras coisas, prevê a tomada pelo Estado de terras onde haja trabalho escravo. A PEC esteve para ser votada no dia 12 passado, mas foi mais uma vez empurrada com a barriga.

Aí, parodiando o samba do Almir Guineto, enquanto não aprovam a jibóia, jararaca deita e rola.

O setor sucroalcooleiro é campeão na utilização de trabalhadores em situação degradante. É o que informa a reportagem:

No ano passado, o setor sucroalcooleiro concentrou resgates de trabalhadores em condição degradante. Mais da metade -53%- dos 5.877 dos empregados encontrados trabalhava com cana-de-açúcar.

Quem diria. Logo eles, que numa de suas mais desastradas declarações, o presidente Lula chamou de heróis nacionais e mundiais...

ATENÇÃO: Se você ler esta postagem em outro local que não este blog, sem o crédito para o Blog do Mello, é ROUBO.

Clique aqui e receba gratuitamente o Blog do Mello em seu e-mail

imagem RSSimagem e-mail

Comente com o Facebook:

5 comentários:

  1. Anônimo26.3.08

    Cid diz,
    Mello, por vezes me surpreendo com tuas colocações. Quando o Lula chamou os usineiros de "heróis", o mundo veio abaixo! Vimos uma histeria geral, críticas vieram de todos os lados, dos "imprensaleiros" e dos "companheiros", afinal, dizer tamanho absurdo era algo inaceitável.
    No primeiro momento também repudiei a fala, mas, logo percebi que o estrategista Lula, mais uma vez calculara milimetricamente suas palavras. Algum ser pensante seria capaz de supor que o Lula "esqueceu" o passado mais do que condenável dos usineiros "heróis"? Claro que não! Muitos não conseguem enxergar quais motivos levaram o presidente a dizer tal "acinte"...Pergunto ao Mello e demais leitores: num momento em que o mercado externo começava a se interessar pelo etanol brasileiro, que o Lula trabalhava para aumentar as exportações do nosso álcool, deveria ele ter "arrumado briga com os usineiros", ou ter feito o que fez, "elevar o moral da tropa" para que os usineiros, mais na frente, não inviabilizassem os possíveis compromissos firmados com outros países?

    ResponderExcluir
  2. RELEMBRANDO AS FRENÉTICAS: “... Mas o que mais me dói... mas o que mais me dói. Você escolheu errado seu super-herói”. Sou petista de primeira hora, não faço coro com as críticas infames dos “imprensaleiros” ou dos “cansados” como citou o anônimo no comentário anterior. Mas, venhamos e convenhamos, em nome da governabilidade não podemos admitir ouvir, sem direito a criticar, todo tipo de sandices. As críticas fazem parte do processo e, de maneira nenhuma, desqualificam os méritos e talentos do presidente Lula. Acredito, sinceramente, que chamar usineiros de heróis é tão deprimente quanto chorar no velório do “Faraó Platinado” da Rede Globo. Uma empresa, teleguiada, que tanto atraso causou na evolução do país e na sedimentação dos valores democráticos que estavam em curso até o golpe que, por troca de favores, ajudou a construir o império midiático monopolista do entretenimento e da des-informação. Contudo, o fato do companheiro não ter participado das cerimônias funerárias do coronel ACM o redimiu destes deslizes menores (se compararmos o custo benefício do conjunto da obra).
    Saudações Bolivarianas!

    ResponderExcluir
  3. RELEMBRANDO AS FRENÉTICAS: “... Mas o que mais me dói... mas o que mais me dói. Você escolheu errado seu super-herói”. Sou petista de primeira hora, não faço coro com as críticas infames dos “imprensaleiros” ou dos “cansados” como citou o anônimo no comentário anterior. Mas, venhamos e convenhamos, em nome da governabilidade não podemos admitir ouvir, sem direito a criticar, todo tipo de sandices. As críticas fazem parte do processo e, de maneira nenhuma, desqualificam os méritos e talentos do presidente Lula. Acredito, sinceramente, que chamar usineiros de heróis é tão deprimente quanto chorar no velório do “Faraó Platinado” da Rede Globo. Uma empresa, teleguiada, que tanto atraso causou na evolução do país e na sedimentação dos valores democráticos que estavam em curso até o golpe que, por troca de favores, ajudou a construir o império midiático monopolista do entretenimento e da informação. Contudo, o fato do companheiro não ter participado das cerimônias funerárias do coronel ACM o redimiu destes deslizes menores (se compararmos o custo benefício do conjunto da obra).
    Saudações Bolivarianas!

    ResponderExcluir
  4. Ricardo27.3.08

    Concordo com vc totalmente, Anonimo. Lula é um exímio estrategista, já provou várias vezes.
    Quando se quer pegar um passarinho, não se diz chô!
    Mello, vc poderia explicar sua posição pra nós, que somos seus leitores ou tá difícil?

    ResponderExcluir
  5. Lula falou besteira. Estava animado com as possibilidades do etanol e passou do ponto.
    A exploração dos trabalhadores rurais pelos usineiros é um absurdo, e o desrespeito à legislação trabalhista - em que são campeões - um crime.
    Eles ganham muito, mamam nas tetas dos governos há séculos - séculos mesmo! - ora sonegando açúcar, quando está melhor investir no álcool. E vice-versa.
    E depois ainda penduram a conta, exigindo - esta a palavra - o refinanciamento de suas dívidas - como já está acontecendo agora.
    Basta o governo endurecer - como o fez o da Argentina - para que esses "heróis" mostrem sua verdadeira face.
    Enquanto tico e teco (meus dois neurônios de estimação) estiverem funcionando na minha cabeça, penso com ela. E ela me diz que Lula perdeu uma ótima oportunidade de ficar calado.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ENFRENTANDO O GOLPE 

A mídia corporativa e o governo golpista querem sufocar os blogs e sites de oposição ao golpe. Precisamos do seu apoio, da sua assinatura, e também do seu engajamento, nos ajudando a divulgar nossos blogs e sites de oposição ao golpe nas redes, republicando nossas postagens, distribuindo conteúdo para amplificar o alcance de nossas críticas.

Assinar é muito fácil, é só clicar numa das imagens, Doar ou Assinar. Todos os cartões de crédito são aceitos



Se preferir, você pode fazer sua doação diretamente na conta do Blog:

Banco Bradesco
Pipa Produções Artísticas Ltda
CNPJ: 10585813/0001-44
Agência 0213
Conta 8035-7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
O Blog do Mello, enquanto não consegue se sustentar apenas com assinantes, precisa de anunciantes, e você utiliza um bloqueador de anúncios.
Por favor, desative o bloqueador para o Blog do Mello. Obrigado.