sexta-feira, 7 de março de 2008

Por que o ministro Direito pediu vistas do processo das células-tronco


Fiz esta postagem em agosto do ano passado, quando o ministro Direito teve seu nome aprovado para o STF. Repito-a agora, quando ele pediu vistas no processo que libera pesquisas com células-tronco. Lendo o texto a seguir, vai ficar claro que Direito só o fez para atrasar sua aprovação.

Sobre o novo ministro do STF, Carlos Alberto Direito

E a nomeação de Carlos Alberto Direito para o STF passou. O que é péssimo para os que lutam contra a descriminalização do aborto e pelo direito à pesquisa com células-tronco. Direito é um católico fervoroso e por isso sua nomeação provoca arrepios em quem defende esses outros direitos.

Ontem, em sua sabatina no Senado, Direito afirmou que jamais deixará de cumprir as leis aprovadas pelo Congresso. Como se isso fosse uma concessão. É chover no molhado. Na verdade, ele é obrigado a cumpri-las. Aliás, como todos nós.

Mais adiante, ele fez a seguinte ressalva, quando perguntado sobre a questão da pesquisa com células-tronco:

- Deve ser preservada a vida em qualquer circunstância, mas não se pode coibir que a ciência avance. Não se pode admitir que a fé limite a ciência nem se pode admitir que a ciência agrida a fé.

Alguém aí conseguiu entender o que ele quis dizer? Por que existe um mas entre a primeira frase e a segunda? O que ele quis dizer com “nem se pode admitir que a ciência agrida a fé”?

Ciência e fé, como água e óleo, não se misturam. Como, então, a ciência poderia agredir a fé? Quando? Quando Galileu afirma que é a Terra que gira em torno do Sol e não o contrário?

Direito começou com o desmonte dos CIEPs de Brizola

Ah, e apenas para não passar em brancas nuvens. Carlos Alberto Direito, o novo ministro do STF, foi também secretário de Educação no governo de Moreira Franco aqui no Rio. Foi ele quem começou o desmonte do programa dos Centros Integrados de Educação Pública (CIEP), conhecidos como brizolões, as escolas públicas idealizadas por Darcy Ribeiro, projetadas por Oscar Niemeyer e que eram a menina dos olhos do ex-governador Leonel Brizola.

Para quem não conhece ou não se recorda do que foram os CIEPs, aqui vai esse resumo, retirado da Wikipedia:

O horário das aulas estendia-se das 8 às 17 horas, oferecendo, além do currículo regular, atividades culturais, estudos dirigidos e educação física. Os CIEPs forneciam refeições completas a seus alunos, além de atendimento médico e odontológico. A capacidade média de cada unidade era para mil alunos.
O projeto objetivava, adicionalmente, tirar crianças carentes das ruas, oferecendo-lhes os chamados "pais sociais", funcionários públicos que, residentes nos CIEPs, cuidavam de crianças também ali residentes.

Desmontar um projeto desses - para ficar na linguagem do novo ministro - é pecado.

Para votar no Blog do Mello no Ibest clique aqui

imagem RSSimagem e-mail

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. A escolha de Direito por Lula, contra as orientações de Tarso Genro foi a de selar acordo político com PMDB e CNBB, mas não esqueçamos que ele deve cumprir a lei e acho que há na Corte gente capaz de puxar-lhe a orelha.

    Ps e não menos importante: não consigo acessar nenhum dos vídeos postados sobre o Equador nem aqui nem indo direto ao youtube

    ResponderExcluir
  2. Maria,
    quais vídeos? Os últimos - acabei de verificar às 14h - estão funcionando perfeitamente.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo7.3.08

    Cabe lembrar que aqui no RGS, qdo o pdt governou e estado também criaram os cieps (a única coisa boa desse governo) e um dos partidos que era feroz crítico dos cieps era o PT.
    Nunca entendi os fundamentos da crítica petista.

    ResponderExcluir
  4. Oi Mello os dois últimos postados ontem, vou tentar vê-los hoje, pode ter sido problemas no servidor do yotube pela manhã, obrigada

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ENFRENTANDO O GOLPE 

A mídia corporativa e o governo golpista querem sufocar os blogs e sites de oposição ao golpe. Precisamos do seu apoio, da sua assinatura, e também do seu engajamento, nos ajudando a divulgar nossos blogs e sites de oposição ao golpe nas redes, republicando nossas postagens, distribuindo conteúdo para amplificar o alcance de nossas críticas.

Assinar é muito fácil, é só clicar numa das imagens, Doar ou Assinar. Todos os cartões de crédito são aceitos



Se preferir, você pode fazer sua doação diretamente na conta do Blog:

Banco Bradesco
Pipa Produções Artísticas Ltda
CNPJ: 10585813/0001-44
Agência 0213
Conta 8035-7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
O Blog do Mello, enquanto não consegue se sustentar apenas com assinantes, precisa de anunciantes, e você utiliza um bloqueador de anúncios.
Por favor, desative o bloqueador para o Blog do Mello. Obrigado.