sexta-feira, 18 de julho de 2008

Daniel Dantas e os banqueiros honestos



Fico intrigado com a cobertura da imprensa, que chama Daniel Dantas de banqueiro desonesto em oposição a um suposto banqueiro honesto.

Peralá, banqueiro honesto é um oximoro. O roubo de que somos vítimas diariamente em todos os bancos brasileiros é um caso muito mais grave, porque legalizado (assista ao vídeo aí acima, da jornalista Salete Lemos).

Ontem mesmo, a coluna do Ancelmo em O Globo informava em duas notas que Daniel Dantas teve restituição do Imposto de Renda nos anos 2001, 2002, 2004 e 2005. E ficou em zero a zero com o Leão nos anos 2003, 2006 e 2007. Tudo dentro da legalidade.

É como diz o velho Brecht: O que é o roubo de um banco comparado à fundação de um banco?

Eu quero saber é quando vão investigar os bancos e suas Fundações (todas as Fundações, inclusive a Fundação Roberto Marinho).

Além dos juros estratosféricos, das taxas abusivas e do atendimento pra lá de precário, os bancos são os maiores devedores da Previdência. Tudo dentro da legalidade.

Daniel Dantas é banqueiro. Mas é só um deles.

Leia também:

» Notícias Desaparecidas: Por que não se investiga o que foi levantado na CPI do Banestado?

» - André Lara Resende, é verdade que você enriqueceu com informações privilegiadas no governo FHC?

» Bancos demitem funcionários endividados, que ainda perdem direitos trabalhistas

Clique aqui para ler as notícias de hoje do Blog do Mello

Clique aqui e receba gratuitamente o Blog do Mello em seu e-mail

imagem RSSimagem e-mail

Comente com o Facebook:

8 comentários:

  1. "Daniel Dantas teve restituição do Imposto de Renda nos anos 2001, 2002, 2004 e 2005. E ficou em zero a zero com o Leão nos anos 2003, 2006 e 2007. Tudo dentro da legalidade": LEIS IMPORTADAS EXCLUSIVAMENTE PARA A PROTECAO DE RICOS. Foram importadas dos EUA. Eu sei disso porque moro aqui. IMPORTADAS. PARA PROTECAO DE RICOS. Enquanto isso, o presidente do BC brasileiro disse estar chocado -chocado- com os acontecimentos do Opportunity, depois desmaiou. Coitado...

    ResponderExcluir
  2. Luis Hamilton18.7.08

    Mello,

    Só não entendi o que tem a ver a 'restituição' do IR do sujeito. O que isso prova?

    Se alguém tem que pagar 10 e pagou 9, tem que pagar mais 1. Se alguém tem que pagar 10.000.000 e pagou 10.000.001, tem que receber a restituição de 1.

    Portanto, restituir ou pagar o ajuste anual não quer dizer nada em relação ao quanto o sujeito paga de imposto certo?

    ResponderExcluir
  3. Hamilton,
    você acredita que foi isso mesmo o que aconteceu? Ou foram manobras contábeis, jogadas com brechas da lei etc...?

    ResponderExcluir
  4. Luis Hamilton18.7.08

    Mello,

    Sabe qual é o problema? É que falar da 'restituição' apenas enfraquece o argumento. Como eu disse a restituição é pura e simplesmente um ajuste de contas. Se houve manobras, não foi para obter restituição, mas para diminuir o valor devido.

    Se eu fizer alguma maracutaia para diminuir o meu imposto devido de 100 para 90, mas tiver pago só 80, vou ter que PAGAR mais 10 e ainda assim não estou sendo honesto.

    Se eu sou um trabalhador assalariado com uma única fonte de renda, muito provavelmente no final do ano vou ter restituição, sem ter que fazer maracutaia nenhuma.

    Pior ainda quando você diz que ele ficou 'zero a zero'. O que isso quer dizer? Que ele não pagou imposto??? NÃO!!! Quer dizer que ele não teve que pagar mais no ajuste anual. De novo, o saldo do ajuste anual não é indício de falcatrua. Você devia se concentrar no quanto foi o pagamento total (algo que você provavelmente não tem como saber, imagino).

    Aliás, é por isso que você tem esta informação: creio que você (ou quem lhe deu este dado) praticou um dos esportes nacionais destes dias, que é colocar o CPF do Dantas na consulta da receita. Sabe porque esta informação não é protegida no site??? Exatamente porque ela não significa NADA!

    Por fim, pode ter certeza que as 'manobras contábeis' realmente significativas, sejam legais ou não, são geralmente realizadas na pessoa jurídica, não na física.

    Mello, eu acompanho seu blog há anos e concordo com muito do que você escreve. Inclusive sua opinião sobre o sujeito em questão. Exatamente por isso estou postando este segundo comentário: porque propalar uma informação errada (ou uma interpretação errada da informação) não ajuda a ninguém, nem mesmo aos que querem a condenação deste senhor.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  5. "Como eu disse a restituição é pura e simplesmente um ajuste de contas": Hamilton, voce acreditou nisso?!?!?!

    Mentira pura, cara. Eh manobra de protecao de ricos IMPORTADA DOS EUA, ta bom? E eu sei disso porque moro aqui, aonde, longe de ser somente "manobra" de protecao aos ricos, essa "lei" eh tambem exportada para todos os paises "alinhados", ou pelo menos aonde os lideres corruptos estao dispostos a vender a populacao, digamos, paises como o Brasil. Entao, falar de restituicao eh significante ou nao eh? No final das contas voce sabe quem recebe mais "restituicao", e muito alem do resto da populacao? Advinhe... os ricos e --principalmente-- as empresas. Essa eh somente uma das razoes que o Brasil vaza dinheiro igual peneira.

    ResponderExcluir
  6. José Carlos Siqueira19.7.08

    Mello,
    por falar em Fundação, como é que ficou aquela história que a Globo abatia no imposto de renda, a arrecadação do dinheiro doado ao Criança Esperança? Ficou baratinho para eles?
    Alguém estimou o quanto que a Globo pagou a menos de IR?

    ResponderExcluir
  7. Luis Hamilton21.7.08

    Caro IAMoraes,

    Talvez você esteja falando do Imposto de Renda como um todo e não da restituição. Repito: o montante de restituição não significa NADA, o que poderia significar algo é o valor total do Imposto, coisa a que nem você nem o Mello nem ninguém (em princípio) tem acesso.

    Os argumentos estão ali em cima. Técnicos, não de opinião.

    Abraço

    ResponderExcluir
  8. Anônimo24.7.08

    Cade o vídeo pessoal???

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ENFRENTANDO O GOLPE 

A mídia corporativa e o governo golpista querem sufocar os blogs e sites de oposição ao golpe. Precisamos do seu apoio, da sua assinatura, e também do seu engajamento, nos ajudando a divulgar nossos blogs e sites de oposição ao golpe nas redes, republicando nossas postagens, distribuindo conteúdo para amplificar o alcance de nossas críticas.

Assinar é muito fácil, é só clicar numa das imagens, Doar ou Assinar. Todos os cartões de crédito são aceitos



Se preferir, você pode fazer sua doação diretamente na conta do Blog:

Banco Bradesco
Pipa Produções Artísticas Ltda
CNPJ: 10585813/0001-44
Agência 0213
Conta 8035-7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
O Blog do Mello, enquanto não consegue se sustentar apenas com assinantes, precisa de anunciantes, e você utiliza um bloqueador de anúncios.
Por favor, desative o bloqueador para o Blog do Mello. Obrigado.