quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Kassab, um produto do agitprop da mídia corporativa


Atualização e correção: Errei na data de uma pesquisa sobre avaliação de Kassab. Corrigido pelo leitor Rodrigo Mendes – a quem agradeço – modifico as premissas e mantenho o mês, março de 2008.

Segundo pesquisa do Datafolha, realizada nos dias 25 e 26 de março deste ano, Kassab tinha apenas 13% das intenções de voto. 15 pontos atrás de Alckmin e 16 atrás de Marta.

O que mudou de lá pra cá? Kassab fez durante esse período o que não havia feito antes?

O que aconteceu foi a mais articulada estratégia de propaganda política dos últimos tempos, e que vou chamar aqui de agitprop da mídia corporativa, porque a agitação ocorreu apenas na mídia e teve como objetivo alienar, silenciar e desmobilizar as ruas.

O que definiu a provável eleição de Kassab (e é provável, porque a eleição é apenas no domingo, e é necessário conquistar votos para Marta até as cinco da tarde desse dia) foi o comportamento da mídia corporativa.

Num primeiro momento, congelaram Marta (que tinha sua candidatura ignorada, e, quando não ignorada, criticada), enquanto se dedicavam a desconstruir Alckmin. O candidato Chuchu, que nas eleições presidenciais há dois anos só tinha qualidades, era um exemplo de gestão etc., passou a ser um político medíocre, caipira, cheio de ambições pessoais, incapaz de ceder em nome de um objetivo maior – a estratégia de levar Serra ao Planalto em 2010.

Ultrapassado Alckmin, chegou a vez de Marta. A campanha contra Marta e a favor de Kassab (nunca esquecer que Kassab é Serra) foi e é tão intensa, que nem os gravíssimos fatos das últimas semanas (enfrentamento das polícias em frente ao Palácio Bandeirantes e a desastrada ação da polícia de Serra no seqüestro de Santo André) conseguiram tirar um pontinho do candidato demo-tucano, de acordo com as pesquisas.

Se for confirmada nas urnas a vitória de Kassab, os adversários de Serra temos que começar a trabalhar já, de olho em 2010, para enfrentar o agitprop da mídia corporativa. Ou o governo vai parar nas mãos deles.

Clique aqui para ler as notícias de hoje do Blog do Mello

Clique aqui e receba gratuitamente o Blog do Mello em seu e-mail

imagem RSSimagem e-mail

Comente com o Facebook:

10 comentários:

  1. astolfo23.10.08

    Mello,
    atacar a situação por partes é o modus operandi de Serra. Lembra-se que na disputa presidencial ele atacou primeiro a Roseana Sarney, como intuito de destruir o sonho pefelista de candidatura própria? Depois foi para cima de Ciro Gomes, valendo-se do sangue quente do mesmo? depois que Ciro caiu nas pesquisas, foi para cima de Garotinho. Há quem diga que Garotinho chegou a estar na frente dele, mas pesquisas trataram de desmentir isso. Por fim, atirou contra Lula o medo de Regina Duarte, porém mais fortes são os poderes do teflon presidencial. O tiro saiiu pela culatra.
    Agora, repete-se o método. Diferente de Lula, os ataques pegaram em Marta. Note que Serra sempre prefere o confronto de bastidores. Das vezes que lutou contra Alckmin às claras perdeu porque tem dificuldades de estar sob a luz. Dessa vez derrotou Alckmin no escuro, usando a mídia.
    Serra tem o mérito de conseguir parceria com a mídia. Sabe-se lá a que preço. Tão logo o candidato do governo seja lançado, ele terá que resistir bem aos ataques, ou já era, pois Serra não será atacado e parecerá um anjo diante da nação.

    ResponderExcluir
  2. Curiosa a aplicação de um termo usado para a propaganda soviética para falar da estratégia de kassab. reforça a idéia de técnica de marketing pode ser usada para o mal e para o pior.

    ResponderExcluir
  3. Marco Vitis23.10.08

    Existe um projeto político em andamento. Serra é o representante de um grupo de centro-direita. Participam do projeto a Globo, Veja, Estadão e Folha de SP. Kassab é uma base em SP, para garantir o apoio do DEM e do PMDB de Quércia. No Rio de Janeiro, a base será Gabeira. Observem como os comentaristas dos citados veículos estão tratando a crise econômica e seus reflexos no Brasil. A situação já é grave, meu caro Mello...

    ResponderExcluir
  4. Mas, então, Mello, isto foi em março, o que dizer de JULHO/2008??!!

    Gente, vamos acordar, há algo muito errado NESTAS "PESQUISAS", acaso o Kassabinho fez alguma coisa explêndida nestes meses, que não notei????

    “Datafolha” diz que Kassab dobrou sua avaliação em apenas 4 meses
    Publicado 25 Julho, 2007 Política

    Poucos semanas após começar a publicar textos sobre denúncias de corrupção no governo de Geraldo Alckmin, em especial na CDHU e na Nossa Caixa, a “Folha de S. Paulo”, através de seu instituto “Datafolha”, deu um jeito de dobrar a popularidade do prefeito Gilberto Kassab (DEM, ex-PFL).

    Sem nenhum fenômeno capaz de explicar tamanha e repentina simpatia, o “Datafolha” diz que o prefeito de São Paulo é considerado ótimo ou bom por 30% dos paulistanos e regular para 30%. Cerca de 35% o consideram ruim ou péssimo. Quatro meses antes, Kassab tinha a aprovação de apenas 15% da população e era, segundo o próprio jornal publicou, um candidato inviável na avaliação de seus “especialistas”. Outra “pesquisa” do Datafolha, desta vez em 2006, mostrava que apenas 23% dos paulistanos sabiam quem ele era.

    No início deste ano, matérias carregavam nas tintas relatando o ataque histérico do prefeito contra um pequeno comerciante que protestava contra um de seus atos. Hoje, o fenômeno tem alta aprovação, sendo que “os mais altos índices estão entre eleitores acima de 60 anos (46%), com ensino superior (34%) e renda acima de dez salários mínimos (32%)”.

    Hora do Povo

    Rizzolo: Pura balela, a Datafolha já está maquiando Kassab, é a imprensa golpista querendo fazer a cabeça do povo, todos sabemos como vai mal a prefeitura principalmente em termos de ensino, abaixo transcrevo uma matéria do PC do B sobre Kassab só para vc conhecer o que tem feito esse fenômeno criado agora pela mídia:

    ENSINO PEDE SOCORRO !

    “Vai de mal a pior a educação na capital paulista: faltam uniformes escolares para novecentas mil crianças, existem problemas na distribuição de leite, na segurança, as escolas de lata ainda persistem, diferente do prometido, e há déficit de vagas nas creches.

    A secretaria municipal de educação admitiu ao Jornal da Tarde a triste situação a qual estão submetidos os alunos do município.

    A reportagem do JT, que também ecoou no Estadão, mostra que nem de longe o prefeito Gilberto Kassab está cumprindo os compromissos assumidos de privilegiar a educação. Para justificar o atraso na entrega dos uniformes, o secretário Alexandre Schneider culpou os recursos, que considera “abusivos”, movidos pelo Tribunal de Contas do Município e por empresas que se julgam prejudicadas no processo de licitação.

    A secretaria municipal também culpa os fornecedores pelo calote na cota mensal de leite distribuído. são mais de um milhão de crianças prejudicadas, sendo duzentas mil apenas na zona norte. Aprender sob calor digno de sauna no Verão e frio intenso no Inverno ainda é realidade para mil e quinhentas crianças que estudam nas “escolas de latinha”, que perduram graças ao não cumprimento de outro compromisso assumido pelo governo municipal.

    Outro problema está no desempenho do ensino. Estimativa da própria secretaria aponta que, em 2005, cerca de um terço dos estudantes na 3ª série ainda não estavam alfabetizados, ainda que o secretário aponte que este número recuou para 15 por cento.

    Outros problemas crônicos ainda são identificados, como a falta de segurança nas escolas, devido à incapacidade de a Guarda Civil Metropolitana resguardar toda a rede. A resposta do governo não é aumentar o efetivo da GCM e seus recursos materiais, mas contratar vigilância privada, terceirizando a obrigação de zelar pelos próprios municipais. Muitos alunos ainda estão sujeitos a estudar em escolas depedradas ou em péssima situação de conservação. E há o déficit de vagas em creches , estimado em noventa mil.

    O prefeito tenta passar responsabilidades às gestões anteriores, alegando que a situação da educação era pior. Os fatos presentes na reportagem falam por si e a educação pública municipal precisa de socorro.”

    Site do PC do B

    Que beleza hein ! Como se diz em Direito ” Contra fatos, não há argumentos ! “

    ResponderExcluir
  5. Carlos Cunha23.10.08

    Nossa como a midia é poderosa! E o Serra mais ainda. Pobre da Marta, esta injustiçada.
    No mundo real: o Alquimim depois de criar todo o problema da eleição anterior, resolveu dividir aliados e, principalmente, seu partido, que participava ativamente da administração paulistana. Se o PSDB saísse unido contra Kassab, todos diriam que eles não têm a menor coerência. Tiveram.
    No mundo real: até o mais bobo dos paulistanos sabia que quando a propaganda iniciasse o prefeito cresceria. O pior governo da história paulistana – segundo o PT – tinha, conforme você mesmo disse 16% de aprovação. Era de se esperar pelo menos isso de intenção de voto. Não vou entrar no mérito da administração dele, pois aqui isso não é necessário.
    Qual o grande feito da ministra Marta? Bem, pelo menos um plano de ação, você sabe? A Copa 2012. 2012? Tem a campanha contra o turismo sexual, mas ela foi capitaniada pela Secretaria da igualdade das mulheres, não conta. Bem, melhor que a mídia golpista não tenha discutido a administração dela, não? Para facilitar sua resposta: www.tursimo.gov.br Nem vou citar a crise aérea, pois a única participação dela foi o “relaxe e goze”.
    Mas, tudo isso para dizer que lembrei de você. Ontem, o UOl dava em grande manchete um parecer na ação para cancelar a candidatura do Kassab e pequeno, embaixo, a nova pesquisa que mostrava que a vantagem dele aumentou. Se fosse o contrário você já teria post hoje, não?

    ResponderExcluir
  6. Rodrigo Leme24.10.08

    Desculpe a observação, mas a pesquisa citada no post é de março/2007, não março/2008. A reportagem cita "26 de março (segunda-feira)", e o dia 26 só foi uma 2ª feira no ano passado.

    Ou seja, o Kassab recuperou a popularidade em 1 ano e sete meses, não em 7 meses.

    ResponderExcluir
  7. Rodrigo Leme,
    fiz a correção e agradeço a forma gentil e civilizada com que você me corrigiu.
    Um abraço, volte sempre,
    AM

    ResponderExcluir
  8. Alfredo24.10.08

    Caro
    Mello

    Se realmente confirmar a vitória do Kassab no domingo,desejo expressar meu comentário que a vitória se deu em virtude, não pela campanha da Martha,e sim pelo PT e principalmente pelo nosso presindente LULA.
    O PT a cada dia está perdendo a classe média (formadores de opnião), principalmente no sul e suldeste, porque, a mídia vem sistematicamente com denuncias, onde todos partidos estão envolvidos, porém, só destacam o PT como o grande vilão.
    Veja no ultimo caso Daniel Dantas, mais uma vez, o PT pagou o onus.
    Agora como simpatizante do PT desde a decada de 1980, não vejo o partido e principalmente o LULA, COM 80% DE APROVAÇÃO FICAR CALADO.
    Eu tomei uma decisão, por esta inércia ou medo do LULA, de não mais defender o PT e muitos simpatizantes também o fizeram e sabe quem cresceu com isso o PMDB.
    NESTE CASO DT O LULA, UM DIA ERA UMA COISA, OUTRO DIA ERA OUTRO , MEDO , TEM ALGUEM DO GOVERNO ENVOLVIDO? MOSTRE . A REPUBLICA PODE ATÉ CAIR, MAIS A ESPERANÇA (PT) NÃO
    Ainda voto 13, porém , não carrego mais a Bandeira.
    SDS

    ResponderExcluir
  9. Mello, a data da sua "denúncia" até pode estar errada, MAS A MINHA NÃO: é de JULHO/2008!

    Pra bom entendedor, pingo é letra: KASSADO, UM PRODUTO MAL FEITO DO PIG!

    Levou uma lavada ontem da Marta! Perdeu o rumo, gaguejou, e FICOU COM A BOCA SECA! Não mostrou a que veio, pq não veio, foi colocado por um TRAIDOR, CHAMADO SERRASSUGA!

    Avante, São Paulo, para a VIRADA HISTÓRICA!

    Odete Soares

    ResponderExcluir
  10. Ah, pera lá, eu não coloquei o link do site de "pesquisa" DATAFOLHA:


    http://datafolha.folha.uol.com.br/publicacoes/publicacoes.php

    OBSERVEM QUE, EM JULHO DE 2008 O KASSADO TINHA ÍNDICE DE REPROVAÇÃO EM ALTA!

    Aliás, vejam como "de repente" o Kassado subiu feito foguete!

    A Marta denunciou que o Kassado tinha acionado as subprefeituras, para "acompanharem" as regiões onde o DATAFOLHA fazia as tais pesquisas. O mentiroso, como sempre, diz que queria garantir a segurança do povo..rsrsrsrs

    A verdade é que o PIG ficou em cima do muro, por não saber quem iria pro segundo turno; dando ênfase ao ALCKMIN, no começo, depois começou a vergonhosa blindagem de Serra e seu apadrinhado Kassado!

    Taí as supostas "pesquisas", só não vê as contradições absurdas quem não quer! Ou o Kassado fez alguma coisa ESPETACULAR NESTES 3 MESES??? Onde? Como? Não vi, ninguem viu..

    Vamos pra "Virada" Histórica!

    Odete Soares

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...