segunda-feira, 16 de março de 2009

Papa publicou artigo em revista que nega Holocausto


Em 1998, o então cardeal Ratzinger, atual papa Bento XVI, publicou um artigo numa revista de ultradireita austríaca. Levando-se em conta que Hitler era austríaco, dá pra imaginar o que seja uma revista ultradireitista de lá.

Sempre se pode alegar que o papa ainda não era papa, mas cardeal, em 1998. Assim como se afirma que ele foi da juventude hitlerista, mas não era nazista nem apoiava Hitler. E ainda, um dia, quem sabe, se dirá que ele falou em deus, mas sem má intenção, como no samba de Moreira da Silva Jogando com o capeta.

Só não se pode é querer tapar o Sol com a peneira, como tentaram fazer ao dizer que a revista Aula (a tal ultradireitista austríaca) havia publicado o artigo sem o consentimento do àquela época cardeal Ratzinger.

O último número da revista alemã Der Spiegel informa que o secretário de Ratzinger Josef Clemens declarou que o atual papa autorizou a publicação de seu artigo na revista.

Aula era uma revista dirigida por Herwig Nachtmann, um ultradireitista que defendia Walter Lüftl, que num relatório de 1992 chamou o extermínio em massa dos judeus nas câmaras de gás de "tecnicamente impossível".

Já ouviu falar nisso antes? Sim, era o que afirmava o tal bispo inglês Richard Williamson, há pouco anistiado pelo papa, e que depois disseram que não era bem assim, o papa não endossava nada daquilo...

Muita coincidência, não?

Relembre aqui a entrevista do bispo absolvido pelo papa. E, se for católico, reze por ele. Culpado ou não, uma oraçãozinha não custa nada. Ainda mais pelo papa.


Clique aqui e receba gratuitamente o Blog do Mello em seu e-mail

imagem RSSimagem e-mail

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Anônimo16.3.09

    Quantas suposições.

    "Muita coincidência, não?"
    Afinal qual foi o texto?
    Pelo que entendi está havendo uma crítica a um texto que não foi lido!
    Meu Deus!

    ResponderExcluir
  2. O problema não é o texto escrito pelo atual papa, mas a publicação numa revista que defende que o Holocausto não existiu. E isso está escrito na postagem.

    ResponderExcluir
  3. David [Will]17.3.09

    Como sabemos, o Papa não é nenhum santo homem. Queria eu ver um dia surgir outro líder católico como o nosso histórico D. Hélder Câmara, cristão e lutador das causas sociais. Sou ateu, mas respeito religiões, meu problema está com a maioria dos líderes religiosos, mas esse assunto rende muito e fica para outra hora.
    Um abraço, Mello!

    ResponderExcluir
  4. Anônimo17.3.09

    Sim, mas parece aquela frase: "Não li e não gostei".

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...