quinta-feira, 26 de março de 2009

Primeiro Sarney. Agora, Skaf. Serra não perdoa


Serra empunha uma arma

Não é que foi só um grupo de pessoas lançar a candidatura do sem-indústria presidente da Fiesp, Paulo Skaf, à presidência da República ao governo de São Paulo, que, em seguida, vem uma operação da PF e flagra o envolvimento da Fiesp e de seu presidente em possíveis crimes financeiros? Coincidência? Por que esses casos acontecem exatamente agora?

Primeiro foi o Sarney. O Senado presidido por Garibaldi Alves estava começando a perturbar o governo Lula. Sarney estava quietinho no seu canto, tratado pela nossa grande imprensa como uma sábia raposa, um velho lobo do mar aposentado, inofensivo como um fantasma de lençol, um político de pijama. Mas, eis que Sarney, desafeto do presidente eleito pela mídia, José Serra, é eleito presidente do Senado, e, pronto, desabam sobre sua cabeça séries intermináveis de acusações, que comentei aqui.

Agora acontece com Paulo Skaf. Cheguei a dar um conselho para a campanha dele, Sugestão para a campanha de Paulo Skaf à presidência, em tom irônico. Mas, Serra, não. Ele não quer saber de ironia. Serra não perdoa, mata. A operação da PF, chamada “Castelo de Areia”, acaba de transformar em pó a candidatura Skaf.

Simples coincidência?

E por falar em candidatura em pó e em coincidências, será também por pura coincidência que nos últimos tempos há intenso tráfico de informação dando conta do pó que vai pelos dutos nasais de um outro candidato, em disputa direta com Serra?

Será coincidência também que no último vazamento de documentos em segredo de justiça pela Veja, aqueles que teriam sido apreendidos com Protógenes, há descrições “em termos grosseiros de supostas relações amorosas da ministra”? Embora, neste caso, ache que a divulgação dessa suposta relação picante seria um tiro no pé. Uma vida sexual apimentada é tudo o que a candidatura de Dilma precisa para cair de vez na boca do povão.

Se repararam, exceto pelo tráfico de boatos, todas as outras ações que atingem, ou atingiriam, adversários de Serra vieram da PF. Será a mão do destino, em favor do presidente eleito pela mídia, ou aquela facção serrista da PF, que, desde a época do escândalo Lunus, faz de tudo para desobstruir o caminho do governador paulista?

Clique aqui e receba gratuitamente o Blog do Mello em seu e-mail

imagem RSSimagem e-mail

Comente com o Facebook:

10 comentários:

  1. Fugindo um pouco do tema, o jornalão "O Globo" de hoje se superou, hein Mello?
    "Pacote habitacional corresponde a 19,4% dos gastos com reajuste de servidor", já pode ser eleita a manchete cafajeste do ano!

    ResponderExcluir
  2. sergio ferreira26.3.09

    Mello

    você não vai opinar sobre o contrato do noblat com o senado?

    abçs

    ResponderExcluir
  3. Tá, eu quero que o Serra ganhe.. pq eu vou virar TERRORISTA de verdade!!!!

    ResponderExcluir
  4. Esta não.

    Eliana Tranchesi ( DASLU) presa novamente pela PF por ordem da JF.

    ResponderExcluir
  5. Anônimo26.3.09

    Quem lê o que sai na IMPRENSa TEM IMPRessão de que é a primeira vez que EliAnA tRANquesi é presa, não é verdade, mas se for olhar As maNCHEtes, nenhuma delas diz que a eLIANA´foi presa pela segunda vez e o irmão dela pela terceira(!!!)...

    LembraNdo que as ações ANTI-operAÇÕes da PF começarAM DEpois que o Templo de Consumo, DaSLU, foi conspurcado pela LEI e ordem aNti-crimes.

    ResponderExcluir
  6. Não é que o Sarney não mereça ser investigado , muito pelo contrário, tem que vir a tona todos os podres poderes dessa família feudal, assim como merecem ser investigadas todas essas gigantes emprenteiras, que sugam nosso dinheiro. Mas que o Serra, sem dúvida, se beneficia disso tudo, é fato notoório.
    Eu não vejo a hora de um escândalo minar essa candidatura serrista. O problema é a blindagem do rapaz...

    ResponderExcluir
  7. fernando26.3.09

    Ei Melo, você força a barra pra envolver o Serra nessa situação. Pelo que foi divulgado até agora são os partidos da oposição e o PMDB que ficaram em enrolados nessa situação. Destruir a própria base para inviabilizar a candidatura do Skaff é muita falta de inteligência dele ou sua pelo comentário.

    ResponderExcluir
  8. Caro Mello: Gostaria de deixar registrado q aqui em Piracicaba/SP o presidente da câmara dos vereadores assumiu publicamente a compra de votos. Ele é do PSDB e da coalizão do prefeito Barjas Negri. Aquele mesmo amigão do Serra. Publiquei no meu blog o q ele disse e acho estranho a mídia paulista não repercutir isso, pois ele é da coalizão de Barjas q possivelmente é um dos candidatos do PSDB para governar o estado de SP. Se puder leia lá no meu blog:
    http://betobiologia.blogspot.com/
    Agradeço
    BETO

    ResponderExcluir
  9. Anônimo26.3.09

    Uê, mas não é a Camargo Corrêa que financia o PSDB e tem contratos milionários com o Governo serra? Não entendi...

    ResponderExcluir
  10. A Camargo Corrêa financia todo mundo. Menos este blog.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ENFRENTANDO O GOLPE 

A mídia corporativa e o governo golpista querem sufocar os blogs e sites de oposição ao golpe. Precisamos do seu apoio, da sua assinatura, e também do seu engajamento, nos ajudando a divulgar nossos blogs e sites de oposição ao golpe nas redes, republicando nossas postagens, distribuindo conteúdo para amplificar o alcance de nossas críticas.

Assinar é muito fácil, é só clicar numa das imagens, Doar ou Assinar. Todos os cartões de crédito são aceitos



Se preferir, você pode fazer sua doação diretamente na conta do Blog:

Banco Bradesco
Pipa Produções Artísticas Ltda
CNPJ: 10585813/0001-44
Agência 0213
Conta 8035-7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
O Blog do Mello, enquanto não consegue se sustentar apenas com assinantes, precisa de anunciantes, e você utiliza um bloqueador de anúncios.
Por favor, desative o bloqueador para o Blog do Mello. Obrigado.