quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Confecom, esta é a verdadeira batalha contra os tubarões da mídia


A briga Globo x Record é a parte visível. É como o roubo do banco naquele poema do Brecht. Mas o que é um roubo a um banco comparado à fundação (no Brasil Fundação com maiúscula ainda amplia o sentido) de um banco? O que é a briga entre duas redes comparado com o monopólio da comunicação, com a recusa a uma comunicação democrática?

Por isso, a CONFECOM é tão importante e devemos fazer todo o possível para que ela aconteça. Essa é a luta. O Miro fez uma excelente postagem sobre o assunto, que você não pode deixar de ler: Nem recuos nem precipitações na Confecom.

Clique aqui e receba gratuitamente o Blog do Mello em seu e-mail

imagem RSSimagem e-mail

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Chico Cerrito20.8.09

    Por que ninguém comenta sobre a imoral distribuição da canais de TV e de rádios Brasil a fora?
    É uma concessão pública distribuída sem licitação, nem exigências de contrapartidas e, teoricamente, de graça. Quando vence a concessão, ela é de fato prorrogada quase automaticamente e sem qualquer ônus para os barões da mídia televisiva e de radiodifusão. Isso é considerado natural, normal, pelos tribunais e órgãos de controle? TCU, STJ, STF, AGU, ninguém se manifesta, muito menos a imprensa.
    Esta provavelmente considera um direito vitalício a concessão e suas prorrogações automáticas sem custos, sem licitação, sem ônus ou contrapartidas, deve entender como um ataque a liberdade de imprensa qualquer exigência aos ricos e manipuladores e algumas vezes, corruptos vestais, na realidade mais que suspeitos.
    Recentemente foram prorrogadas de modo automático e imoral as concessões de vários canais de TV, inclusive da Globo, o governo mais uma vez se acovardou vergonhosamente, não licitou, nem exigiu contrapartidas e nem ao menos qualquer quantia pela concessão pública.
    Agora aguenta.
    O silêncio é constrangedor.

    ResponderExcluir
  2. Chico,
    Daí a importância da CONFECOM.

    ResponderExcluir
  3. Nello, ontem comentei com meu pai sobre a possibilidade de que nesta CONFECOM fossem aprovadas as seguintes medidas:

    1) As renovações de concessões de TV e rádio deveriam se dar por meio de referendo, cuja participação é facultativa.

    2) Deveriam incluir em todas as emissoras de TV um espaço dedicado a uma "Voz do Brasil" (com imagens), no período compreendido entre as 19 às 20 horas, como ocorre atualmente nas emissoras de rádio.

    Isto ampliaria a saudável contraposição de idéias (Estado x iniciativa privada) e consolidaria a participação do povo no destino dos meios de comunicação de massas.

    ResponderExcluir
  4. Será um momento decisivo para o amadurecimento da Blogosfera e dos veículos independentes ou governamentais.
    É hora, por exemplo, de rever as concessões de rádio e TV.

    ResponderExcluir
  5. Anônimo28.8.09

    Eu queria sua opinião sobre o inocentamento do Paloci.

    ResponderExcluir
  6. Anônimo1.9.09

    Sobre o Palocci, fale com o Gilmar Mendes foi ele quem relatou o processo ou com o Serra que deve saber das coisas por que é muito amigo do Gilmar.

    Carlos.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...