segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Karl Marx influenciado pelo PIG sobre Simón Bolívar?


Ninguém sabe com 100% de certeza o que aconteceu na História. Já se disse que ela é sempre aquela contada pelos vencedores. Em geral, os poderosos e sua mídia (o PIG através dos tempos), que só são contestados com relevância agora, com o surgimento da internet.

Li um artigo de Paulo Guedes em O Globo hoje e fiquei com a impressão de que Karl Marx se deixou levar pelo eurocentrismo e acreditou nas informações da imprensa espanhola, que desenhou Simón Bolívar como um covarde, traidor:

Seu biógrafo, Karl Marx, admitiu numa carta a Engels que “seria ultrapassar todos os limites querer apresentar como um novo Napoleão o mais covarde, brutal e miserável dos canalhas”.

Curioso é que essa versão de Marx não é corroborada nem pela imprensa antichavista e, portanto, antibolivariana. Criticam Chávez, Evo, Corrêa e até o casal Kirchner, mas Bolívar é preservado.

Será que Karl Marx comprou a versão do PIG da época ignorando completamente o materialismo histórico?

Leia o artigo completo de Paulo Guedes:

Raízes do socialismo bolivariano

Simón Bolívar nasceu em Caracas em 24 de julho de 1783, filho de uma família da nobreza crioula da Venezuela.

De acordo com os costumes dos americanos ricos da época, foi mandado para a Europa aos 14 anos de idade. Esteve presente na coroação de Napoleão Bonaparte como imperador, em 1804. Tenho simpatia pela figura histórica de Simón Bolívar, o Libertador. Compreendo a impaciência de Hugo Chávez com uma elite política corrupta, incompetente e sem consideração pela miséria dos povos latinoamericanos. Compreendo também sua solidariedade com os países vizinhos. Mas temo que o socialismo bolivariano se torne mais uma tragédia de reengenharia social para o círculo de influência chavista.

E também uma guerra expiatória desse fracasso contra países que não aderirem, como a Colômbia.

Prossegue o biógrafo: “No comando de Puerto Cabello, a mais sólida fortaleza da Venezuela, Bolívar dispunha de uma guarnição numerosa e grande quantidade de munição. Mas, quando os prisioneiros espanhóis se rebelaram, apesar de desarmados, Bolívar partiu precipitadamente durante a noite com seus oficiais. Ao tomar conhecimento da fuga de seu comandante, a guarnição retirou-se do local.

A balança pendeu em favor da Espanha, obrigando o general Miranda, comandante supremo das forças insurgentes, a assinar o Tratado de La Victoria, devolvendo a Venezuela ao controle espanhol. Miranda tentaria embarcar em La Guaira num navio inglês, mas foi convencido por Bolívar a ficar pelo menos uma noite no local. Às 2 horas da madrugada, com Bolívar à frente, soldados armados apoderaramse da espada e da pistola de Miranda e lhe ordenaram que se levantasse e se vestisse. Puseramno a ferro e o entregaram aos espanhóis. Despachado para Cádiz, na Espanha, Miranda morreu acorrentado, após alguns anos de cativeiro.” “

Em direção a Valência, Bolívar deparou com o general espanhol Morales à frente de 200 soldados e cem milicianos. Ao ver dispersada sua guarda, Bolívar fez meia-volta com seu cavalo, fugiu a toda velocidade, passou por um vilarejo num galope desabalado, chegou à baía próxima e embarcou, ordenando a toda a esquadra que o seguisse e deixando seus companheiros em terra privados de qualquer auxílio.

Piar, homem de cor, general conquistador das Guianas, que ameaçara levar Bolívar à corte marcial por deserção e covardia, não poupava de ironias o “Napoleão das Retiradas”.

Bolívar aprovou um plano para se livrar dele. Sob falsas acusações de ter conspirado contra brancos, planejado um atentado contra Bolívar e aspirado ao poder supremo, Piar foi levado a julgamento por um conselho de guerra, condenado à morte e fuzilado em 16 de outubro de 1817. Seu biógrafo, Karl Marx, admitiu numa carta a Engels que “seria ultrapassar todos os limites querer apresentar como um novo Napoleão o mais covarde, brutal e miserável dos canalhas”.

Clique aqui e receba gratuitamente o Blog do Mello em seu e-mail

imagem RSSimagem e-mail

Comente com o Facebook:

8 comentários:

  1. Francamente, devemos reconhecer a importância de Marx para o ocidente, mas ele era europeu. Quando da invasão e apropriação do sul da América do Norte pelos estadunidenses (anexando regiões do sul do que é hoje os Estados Unidos), Marx comentou que - não me lembro direito das palavras - isso era melhor que deixar aquelas terras a quem não sabia o que fazer com elas (ele referia-se aos mexicanos). Não é porque Marx teria escrito o que escreveu sobre Bolívar, que somos obrigadors a engolir.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo20.10.09

    É interessante que este biografo, tenha ganho holofotes justo agora... Quando se pocessa a tal revolução Bolivariana.

    É engraçado como um homem tão covarde tenha inspirado tantos herois ao longo do tempo.

    E é muito estranho que Marx se indgne com o fato de se apresentar alguem tão deploravel para o papel de napoleão,como fosse o grande pensador de uma sociedade sem classes um fã ardoroso do Imperador...

    ResponderExcluir
  3. Anônimo21.10.09

    Como houve acréscimo na biblia, é possível que tenha havido isso também nos escritos de Marx?

    ResponderExcluir
  4. Anônimo22.10.09

    O Newton era alquimista, Darwin racista, o Einstein não era um bom marido e o Marx comeu mosca nesta.
    Alguém vai colocar em dúvida o legado destes caras?
    Vamos aproveitar o que eles tem de bom, que é muito e esquecer estas merdinhas.
    ( Desculpem, não acho racismo uma merdinha. Acho que é a maior desgraça da humanidade )
    João da Luz

    ResponderExcluir
  5. Será que pela primeira vez na História teremos Poder de um lado e Mìdia de outro (o PIG, de acordo com os esquerdistas)? Não seria bom isso?
    Assim há um equilíbrio, não? Se o Lula e acompanhantes deitam e rolam, fazem o que querem, com uma mídia poderosa cercando e perseguindo (porque tudo o que levantam de errado sobre o governo é mentira, querem apenas derrubar o humilde nordestino, pois são racistas e elitistas, blá blá blaá) IMAGINE se a Mídia estivesse do lado dele??
    Cara, você viu que o BLog da Dilma já ESTUPROU o símbolo do Rio2016, associando-o à campanha da petista, como se os anéis olímpicos fossem dela?

    ResponderExcluir
  6. Caro Mello,

    você viu o desenho que ilustra a coluna do FHC no O Globo de hoje. Nojento!

    Um desenho do símbolo de STOP onde o "O" é substituído por uma mão sem o dedo mindinho. Estão comparando a mão do Lula com o símbolo de campanha do FHC em 94 ou 98? Estão dizendo que FHC é superior ao Lula?

    Abraços, Luiz.

    ResponderExcluir
  7. Mello,

    A oposição ganhou um esporro da Folha!

    E a Folha tinha razão.

    Eles não conseguem esconder a irritação pela incompetência operacional da oposição em constranger a ministra Dilma.

    Acho que vale a pena você ler:

    http:\\www.oreconcavo.com.br

    ResponderExcluir
  8. Bom, o artigo completo em espanhol está aqui:
    http://www.marxists.org/espanol/m-e/1850s/58-

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...