segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Caso Lunus (do Serra): Sobre Cinchetto, leia Leandro Fortes e se divirta com Bezerra da Silva


O repórter Leandro Fortes escreveu Caso Lunus: a versão do cachorro louco denunciando mais uma armação fajuta da Veja. Vale a pena ler. E depois se divertir com a crítica de Bezerra da Silva a todos os caguetes,




.

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Veja o Video: Todo mundo adora o LULA

    http://www.youtube.com/watch?v=cKo4jA-m1VA

    Abraços do
    Rogerio Augusto

    ResponderExcluir
  2. Anônimo22.8.10

    Cagada após cagada, Serrassuga vai se afinando c/ o último recanto q lhe sobra: o fascismo descarado.

    A mídia corrupta, q se perdeu - e nao voltará a se encontrará nunca mais - empurrou seu candidado do pós porra nenhuma prá esse precipício.

    Naufrágio anunciado, se confirmam as apostas erradas do neo udenismo em q, se iludiu c/ a dupla Aécio Never/Serrassuga.

    Francaente, nem 1 nem outro.

    Nao era qestao de nome, mas de qual seria o norte prá enfrentar 1 Governo bem sucedido q, por consequencia, tornou-se popularíssimo.

    Afirmo q:


    1 - Lula vai chorar.

    2 - Lula vai fazer o Brasil chorar junto, numa espécie de festa de despedida c/ data de reencontro.

    3 - E Lula vai fazer nossa ex mídia matar a oposicao, aqela q ela mesma moldou.

    4 - Lula vai detonar o DEM e o lhe disser respeito, ao sair da Presidencia.

    5 - se nao falharem suas intuitivas tacadas, o próximo a naufragar será Aécio. Lula intui q, o novo Brasil só aceita ex esqerda como oposciao.

    Qem viver, verá e viverá esse novo mundo.


    Inté,
    Murilo

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente política no Brasil virou mais do mesmo. E o interesse dos brasileiros desabou! Visitem o Boa Política, nosso blog de Política.

    ResponderExcluir
  4. mello amooo seu blog... muito mesmo... só que eu queria lhe pedir uma coisa, por favor, escreva e de sua opinião sobre a lei que enfiaram em nossa goela, a lei que proíbe qualquer tv ou radio de fazer humor com os políticos, e me diz se não concorda comigo, o jeito antes era rir para não chorar, e agora, o jeito é assistir o horário eleitoral e rir dos políticos comediantes...
    hehe, desculpa pedir isso mas, é que quero muito saber sua opinião! obrigada Elisa Montessi

    ResponderExcluir
  5. Mello, sou leitor de todos os blogs "progressistas" e fã entusiasta dos mesmos. Gosto quando os jornalistas "das antigas" falam da perda do humor, da sátira, da metáfora nas reportagens. Sérgio Porto e o Barão realmente poderiam, na minha opinião, ser considerados os precursores, os "gênios da raça", quando falamos em jornalismo. O curioso é que à falta das metáforas sucedeu a parcialidade na apuração dos fatos, como se a parte imaginativa, a veia poética, os ressaltasse e não como pensam hoje em dia deturpasse os acontecimentos reais.

    Sou estudante de História aqui no Rio de Janeiro, da UERJ. Pensando nisso tudo e lendo os blogs de todos vocês resolvi criar uma reportagem à imagem dos antigos jornalistas. É sobre o candidato a governador aqui no Rio, Gabeira. Vi uma entrevista muito louca (como eu acho que são quase todas as que ele dá - o considero uma figura difícil de ser igualada, talvez só o Clodovil a ele se equipare) de um cinegrafista amador enquanto ele estava hoje na favela de Manguinhos e tive uma idéia algo insólita. O título da reportagem é "Em sua última aparição em favelas, candidato Caveira incorpora Santa Luzia". Essa santa foi a que perdeu os olhos defendendo o cristianismo. Um santo cego, nada melhor para caracterizar o candidato, pensei.

    Estou com ela aqui, queria publicá-la mas não sei como. Peço-lhe uma dica, se algum blog pode receber minha notícia (o seu ou de alguém que tenha esse espaço). Caso lhe interesse, mando o texto (está em formato doc, não é vírus - acho até que meu word está salvando em rtf).

    Um abraço e saudações pelo excelente trabalho realizado na net.

    Rogério Mattos

    ResponderExcluir
  6. Mello, só não sei se o e-mail aparece para vocês. Como no seu blog tem moderação, aí vai o meu: rogerio_mattos@hotmail.com
    PS: a “reportagem” que fiz é baseada na entrevista, tem a fonte, etc – quase como se fosse o trabalho do historiador. E tem, lógico, avaliação política do acontecimento. Não é pura bravata. É teatro (tragicômico) misturado com a realidade. E que realidade!
    Outro abraço e desde já obrigado pela paciência em ler minhas mensagens.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...