domingo, 29 de agosto de 2010

Ou a campanha de Mercadante muda de tom ou o Chuchu ganha no primeiro turno



Não consigo entender o que está acontecendo nesta campanha, quando marqueteiros de Serra e de Mercadante elogiam governos que querem derrotar.

É mais ou menos como a história da saúva do Macunaíma de Mário de Andrade. Ou a campanha de Mercadante se cola no governo Lula e pendura FHC no Chuchu ou a vaca vai para o brejo, como a de Serra. Mesmo com todo o carisma e a aprovação de Lula e de seu governo.

Não há como ficar em cima do muro. Pior: ficar elogiando os governos tucanos em São Paulo, como vem fazendo a campanha de Mercadante.

No último programa, como nos três anteriores, a campanha de Mercadante elogiou as Escolas Técnicas tucanas. Não acredita? Confira aqui. Parece até a propaganda do Serra, em relação ao governo Lula. O Serra quer ser o pós-Lula e o Mercadante o pós-PSDB.

É um erro abissal. PT e PSDB não se misturam. Não devemos nos iludir com as últimas pesquisas,

A campanha de Mercadante não tem que se referir ao governo tucano, a não ser para falar dos pedágios, da queda na educação, do buraco no metrô, das privatizações de FHC.

É preciso pendurar FHC no pescoço de Alckmin. Mostrar que ele está isolado, mesmo dentro do partido dele, como ficou claro na última eleição para a prefeitura de São Paulo.

E pendurar Lula e Dilma no de Mercadante. Dizer que São Paulo merece crescer como o Brasil vem crescendo. Gerar empregos, como o Brasil vem gerando.

É preciso também surfar na onda Dilma, e mostrar que Lula é Dilma, Lula é Mercadante, Dilma é Mercadante. E São Paulo é Dilma e Mercadante.

Porque não basta o Mercadante crescer, o Chuchu tem que cair ao seu verdadeiro patamar, que ficou evidente na última eleição para a prefeitura de São Paulo, tão bem ilustrada nessa imagem que peguei no Blog DoLaDoDeLá, do meu xará Marco Aurélio Mello, que mostra o Chuchu almoçando sozinho, um dia antes da eleição.

Mercadante é Lula e é Dilma. São Paulo vai ter um governo como o do Brasil, com desenvolvimento, justiça social, crescimento econômico, distribuição de renda, jovens nas Universidades, fim das privatizações, valorização do funcionário público, obras, obras, e emprego. O resto é passado.

O Brasil está virando a página. São Paulo tem que virar também.

.

Comente com o Facebook:

7 comentários:

  1. Anônimo29.8.10

    A coisa é burrice ou falta de bússola...

    É comparavel somente à aparição do louro josé na campanha de Ideli Salvatti em Santa Catarina...

    ResponderExcluir
  2. Foi ao ponto, meu caro. Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Anônimo30.8.10

    É isso mesmo, Marco. Agora, vc deve enviar esta sugestão pra campanha do Mercadante. Ligue pra alguém da campanha. Vc tem contatos por lá. Alás. esta história do Glauber Rodrigo deve ser aproveitada na campanha do Mercadante, da dilma e de todos os candidatos do PT.

    ResponderExcluir
  4. Não merecemos mais quatro anos de PSDB no nosso Estado.
    Vamos virar o jogo. A Educação agradece.

    ResponderExcluir
  5. Ou a campanha do serra muda ou o poste será eleito no primeiro turno.Pô,nunca vi campanha mais pessimamente feita que nem a essa do serra.Com tantos pontos para atacar do governico maldito(que o inferno lhe seja bem quente,pé frio dos diabos),o serra ainda fica elogiando.
    um lixo e um nojo.
    mercadante:quero saber quantas emendas ele apresentou no orçamento da União em prol do estado de são paulo nesses 8 anos que ele ficou coçando aquilo em Brasília...
    Ah,nenhuma? Então pq o cara quer governar o estado?
    Fora oportunistas.

    ResponderExcluir
  6. Maria Ataide Fieschi31.8.10

    Corretissimo!!!

    Falou e disse tudo! URGENTE URGENTE fahca com

    que isso chegue a ELES todos rapidez!!!
    O tempo urge, camarada!

    Mas ca entre nos: eles nao enxergam isso, nao??? Estranho...

    .

    ResponderExcluir
  7. antonio barbosa filho31.8.10

    Em São Paulo não queremos pós-tucanato, queremos um governo do PT e aliados! Temos que contrastar totalmente com as péssimas administrações dos últimos 16 anos.
    Quero a Erundina como secretária de Negócios metropolitanos, a Marilena Chauí na Cultura, um Luciano Coutinho na Fazenda, etc. Gente preparada e com idéias, não esses políticos derrotados do Serra que aparelharam a administração para fazer nada.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...