domingo, 12 de setembro de 2010

Enquanto o livro do Amaury Jr não vem (4). Mais Biondi: Como a Mega-mega Sena do petróleo foi roubada na era FHC


Mais um artigo do jornalista Aloysio Biondi, denunciando as mutretas do governo tucano, que, ao que parece, finalmente serão denunciadas com todas as impressões digitais no prometido livro do jornalista Amaury Jr. Publica, Amaury, publica.

A íntegra do artigo pode e deve ser lido aqui.

A Mega-Mega Sena do petróleo. Roubada.

Revista Caros Amigos , março de 2000


O Brasil virou trilionário, mas o povo não sabe, o Congresso não sabe, e FHC vai entregar tudo


Nunca é demais repetir: o brasileiro ficou bilionário, ou trilionário, e não sabe. Não é exagero, não. Em fevereiro do ano passado, o campo de Marlim, explorado pela Petrobrás na bacia de Campos, produzia 200.000 barris de petróleo. Por dia. Um único campo. Agora, em janeiro de 2000, o mesmo campo produziu 400.000 barris por dia.

Qual o faturamento da Petrobrás, do governo brasileiro, com esta produção fantástica? É fácil fazer as contas: 400.000 barris por dia significam 12 milhões de barris por mês, ou algo como 150 milhões de barris por ano. Ao preço atual de 30 dólares o barril, são 4,5 bilhões (com a letra “b”) de dólares por ano, ou 9 bilhões de reais por ano. Mesmo que o preço atual, que está exagerado, venha a cair para 25 dólares o barril, o faturamento chegará a 3,75 bilhões de dólares, ou 7,5 bilhões de reais. Cifras fantásticas, e que vão ser duplicadas em poucos meses, pois os estudos da Petrobrás mostraram que as reservas da região permitem dobrar o número de poços perfurados. Serão, portanto, uns 18 bilhões de reais de faturamento por ano – e com uma margem de lucro fantástica.

Por quê? Os poços da plataforma brasileira têm uma produção também espantosa, igual à obtida nos campos do Irã, Iraque, Arábia Saudita, com 7.000 a 10.000 barris produzidos por dia. Em cada poço. Assim, mesmo calculando todos os investimentos feitos, o custo de produção de cada barril não passa de 2,50 a 3 dólares, o que significa um lucro de 27 dólares o barril, ou 1.000 por cento, isto é, dez vezes o custo, por barril...

Somente nesse campo de Marlim, portanto, o povo brasileiro pode faturar 18 bilhões de reais, o equivalente a um mês e meio da arrecadação federal. E há muitos outros campos de petróleo no litoral brasileiro, já descobertos pela Petrobrás, a serem explorados. Alguma dúvida diante da afirmação? Então, é só relembrar que, em janeiro, o presidente da República fez questão de anunciar pessoalmente (precisava de “marketing otimista”) a descoberta de um megacampo, Roncador, mais ao sul do litoral fluminense, e já situado na bacia de Santos (formação geológica equivalente à da bacia de Campos e que, apesar do nome, estende-se até o litoral do Rio).

O que isso significa? Que Marlim e Roncador, juntos, feitos os mesmos cálculos, podem oferecer um faturamento de 36 bilhões (com “b”) por ano, cobrindo, sozinhos, mais de quatro meses de todas as despesas do governo federal (deixando de lado os juros, como o FMI faz). E por quanto tempo esses campos poderão ser explorados, com essa produção e esse faturamento? De quinze a vinte anos, representando portanto, multiplicando-se pelo valor de 36 bilhões de faturamento anual de 540 a 720 bilhões de reais. De meio trilhão a três quartos de trilhão. Uma fortuna. Uma fábula em apenas dois campos do litoral. Uma enxurrada de reais e dólares que poderiam, se usados para tirar o Brasil das mãos do FMI e dos credores internacionais, com recurso para investir, voltar a crescer, resolver problemas sociais, criar empregos. Voltar a ser um país, e não uma colônia-capacho dos países ricos.

Não há exagero nenhum, portanto, em gritar aos quatro ventos que o povo brasileiro, com as reservas de petróleo, e mais ainda, com os campos fantásticos descobertos pela Petrobrás, tirou a Mega-Mega Sena. Virou trilionário. Mas não sabe disso. O povo não sabe, o Congresso não sabe. Por isso, o governo FHC prepara-se para nova rodada de leilões destinados a entregar o petróleo brasileiro a multinacionais. Ou, mesmo, já vem entregando indecentemente o petróleo descoberto pela Petrobrás, que pertence efetivamente a cada cidadão brasileiro, a meia dúzia de empresários nacionais e banqueiros nacionais e estrangeiros.

Exemplo? O fantástico campo de Marlim, com sua produção de 400.000 barris/dia, por exemplo, foi “repartido” agora com meia dúzia de sócios que se juntaram em uma empresa de fundo de quintal para... fornecer parte do dinheiro necessário para duplicar a produção.

Essa operação já seria um assalto contra a sociedade brasileira, mesmo que os “sócios” realmente desembolsassem a cifra de 1,5 bilhão de reais para financiar sua parte no projeto de exploração de Marlim.

Nem isso existe. A empresoca de fundo de quintal tem um capital bruto de 200 milhões de reais e foi formada – como narrado em nosso livrinho O Brasil Privatizado – apenas... para tomar 1,2 bilhão de reais emprestados no exterior, que obviamente a própria Petrobrás poderia obter. Um negócio da China, um assalto, uma mina de ouro, capaz de faturar centenas de bilhões de reais, entregue por 200 tostõezinhos fajutos. A Mega-Mega Sena ganha pelo povo brasileiro, e que seria sua redenção, está sendo literalmente tungada pelo governo FHC.

.

Comente com o Facebook:

3 comentários:

  1. oneide teixeira13.9.10

    pense comigo o que e mais barato encher o tanque do seu carro com gasolina ou com leite?.
    agora pense pq disso.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo13.9.10

    Puxa que maravilha!... gostaria de saber então quando é que os ricos brasileiros pagarão menos quando abastecem seus carros na bomba dos postos, pois o preço aqui é muito, muito mais caro que em muitos países que não produzem nada de petróleo... ou pelo menos pagarmos o preço que pagam nossos pobres hermanos argentinos... ou ainda melhor... como nossos hermanos venezuelanos...José.-

    ResponderExcluir
  3. Os políticos , os sociólogos “especialistas de araque da Globo” tentam a cada momento explicar porque estas baboseiras todas , podendo ou não ter um fundo de verdade, que a mídia “noticia” de forma facciosa no Brasil não cola e o prestígio do Lula e seu Governo junto com a Dilma grande artífice do mesmo , não se abala … eles “especialistas” Inventam várias teorias (todas tentando desqualificar o cidadão) que o crime está banalizado , as pessoas estão hipnotizadas , estão compradas pelo bolsa família etc…. algumas explicações devem se adequar a alguns grupos de pessoas e à maioria não .. então vai a minha explicação também, bem mais simples ..
    1) A maioria dos Brasileiros não lêem estas baboseiras e na TV não dão bola ou não entendem … (Classe mais pobre e desinformada) , esta explicação simples, só quem quer continuar vendendo espaço de mídia p/ patrocinador (político ingênuo) é que não reconhece ;

    2) Esta é mais complexa – Para os da classe média e alta (alvo dos jornais) que se interessam por política e ética (porque também não cola ?? em uma boa maioria e neles eu me incluo) – vale ressaltar, nunca roubei , sou ético , entendo que é extremamente necessário a ética e probidade na política a diferença (para os demotucanos) é que eu (eleitor da Dilma) entendo que não é necessário a ética só na política é também na vida privada ; nos banqueiros , nos milionários donos de meios de produção e também e principalmente nos milionários e donos da mídia (este é um primeiro ponto a se guardar) , 2º nós sabemos que quem está por trás das acusações normalmente noticiadas nos mesmos jornais e revistas e TV´s de sempre (pensamento único) são as pessoas e instituições menos éticas deste país …. (Donos de mídia e seus asseclas jornalistas bem pagos (que em governos anteriores viam corrupções muito maiores e não se posicionavam) , patrocinadores visando voltar a mamar das tetas do governo de forma mais fácil e abrangente , os políticos de outrora recente que saquearam o país e que agora cinicamente , através de seus meios de comunicação cabos eleitorais fazem suas denúncias de crimes que eles mesmos eram os mestres ) … resumindo o fato dos escândalos criados serem ou não fundamentados e aumentados não fazem diferença no resultado final que seja o prestígio do governo , pois nós sabemos que a opção é dez vezes mais desastrosa (o retorno dos demotucanos com a sua mídia comprada e vendida) . Porém , nós ficamos torcendo para que seja efetivamente investigada as acusações e que sejam infundadas , mas, se verdadeiras que os envolvidos sejam efetivamente punidos e se os envolvidos sejam do pessoal de liderança do PT , que sejam removidos e que o partido continue a tomar as providências para que os casos diminuam e desapareçam , mas, isto não mudará a nossa convicção de que estamos no rumo certo e que não podemos retornar para as trevas ..

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ENFRENTANDO O GOLPE 

A mídia corporativa e o governo golpista querem sufocar os blogs e sites de oposição ao golpe. Precisamos do seu apoio, da sua assinatura, e também do seu engajamento, nos ajudando a divulgar nossos blogs e sites de oposição ao golpe nas redes, republicando nossas postagens, distribuindo conteúdo para amplificar o alcance de nossas críticas.

Assinar é muito fácil, é só clicar numa das imagens, Doar ou Assinar. Todos os cartões de crédito são aceitos



Se preferir, você pode fazer sua doação diretamente na conta do Blog:

Banco Bradesco
Pipa Produções Artísticas Ltda
CNPJ: 10585813/0001-44
Agência 0213
Conta 8035-7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
O Blog do Mello, enquanto não consegue se sustentar apenas com assinantes, precisa de anunciantes, e você utiliza um bloqueador de anúncios.
Por favor, desative o bloqueador para o Blog do Mello. Obrigado.