sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Jornal Nacional e Secretário de Segurança Beltrame mentem sobre ocupação na Vila Cruzeiro


Ontem o Jornal Nacional abriu espaço para o Secretário de Segurança do Rio, José Mariano Beltrame, dizer o seguinte:

Fátima Bernardes: - O secretário de Segurança do Rio, José Mariano Beltrame, disse nesta quinta-feira que a operação na Vila Cruzeiro foi um passo importante para retomar uma área até então dominada por criminosos.

Beltrame: - “Se tirou dessas pessoas o que nunca foi tirado, que é o seu território. Se tirou dessas pessoas o que eles chamavam e consideravam de porto seguro. Faziam as suas barbaridades, e fazem na cidade, e correm covardemente para o seu reduto protegido por armas de guerra. É importante prender as pessoas, é importante recolher drogas, é importante recolher munição, é importante prender essas pessoas. Mas é mais importante tirar o território”, disse o secretário.

É mentira. Veja a foto abaixo, que é um print screen de trecho de uma reportagem do G1 (portal das Organizações Globo) de 21 de abril de 2008 (há dois anos e sete meses). E o secretário era o mesmíssimo Beltrame.



Leia a íntegra da reportagem e confira que o JN de Kamel não pesquisa nem no portal que lhe acolhe.

Bope pendura bandeira na Vila Cruzeiro

Objetivo é comemorar uma semana de ocupação da favela.
Clima foi de aparente tranqüilidade nesta segunda-feira (21), segundo o batalhão.

Para comemorar uma semana de ocupação policial na Vila Cruzeiro, na Penha, subúrbio do Rio, o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) pendurou na tarde desta segunda-feira (21) uma bandeira na parte mais alta da favela.

A bandeira, da cor preta e com o símbolo do Bope, foi pendurada no terraço de uma casa da região, segundo informou o próprio batalhão.

A polícia ocupa a região desde a última terça-feira (15). Neste final de semana, o batalhão apreendeu três mil sacolés de cocaína e 480 pedras de crack durante uma operação realizada no domingo (20), e removeu no sábado (19) um muro de concreto no Morro da Chatuba, que era usado como barricada por traficantes da região.

Desde a última terça, a polícia ocupa as favelas da Penha por tempo indeterminado. Na semana passada, ocorreram diversos confrontos entre policiais e supostos traficantes da região. De acordo com a polícia, 14 pessoas morreram e sete ficaram feridas desde o início da ocupação.

Segundo o Bope, não houve troca de tiros nem prisões e apreensões nesta segunda-feira.

Quando o JN não esconde informação do telespectador, como mostrei aqui em O jornalismo ‘independente’ de Ali Kamel, a ‘bomba’ do Faustão que parou Ipanema. E mais: Procter & Gamble, Grendene e Coca-Cola, ou dá a informação errada.

.

Comente com o Facebook:

5 comentários:

  1. Montou-se toda uma estrutura dita como nunca vista antes na história da segurança pública do Rio de Janeiro para enaltecer um governo pífio que trabalha pela "paz" com segundas intenções projetadas para daqui a 4 anos, se é que todos me entendem.

    Vale a pena conferir um post no meu blog também sobre este tema.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo27.11.10

    Ver aqueles doentes drogados correndo, tentando fugir do aparato policial montado para prende-los seria até hilário se não fosse trágico.Será que são mesmos, os responsáveis, por toda essa onda de violência,esses individuos que a polícia está matando e prendendo? Se liga ai Beltrane,nós não somos tão ingenuos assim, tá bem? Júlio César.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo27.11.10

    Há quanto tempo os "marginais" (que devem ser processados e presos pelo estado se agindo fora da lei) são esquecidos e tratados como apátridas? Quem os mantém em seu "status" e lhes dá apenas a opção de se ligar ao tráfico para sobreviver? Quem largou a periferia e a entregou aos grandes traficantes? Quem mantém realmente o tráfico no Rio de Janeiro? São os "marginais" ou os consumidores de droga dos bairros ricos? Quem são os verdadeiros marginais? Há algum projeto de recuperação ou apenas de espetáculo? São perguntas que não saem de minha cabeça...

    ResponderExcluir
  4. Anônimo28.11.10

    ..prá variar tudo estoura sempre no lado mais fraco...no povo humilde das comunidades...e a "bandidagem" sendo caçada como num safári. Se se o Estado e a sociedade (que tem tudo a ver, grande responsabilidade, sociedade cria seus demônios também) tivessem dado um dia minimamente para este bando alguma oportunidade, média que fosse, a começar por uma escola de qualidade (aí o Estado)...nada dessa nóia existiria e muita gente inocente não morreria, não morreu, não morrerá em vão...Quem está cobrando para que o ESTADO capture os VERDADEIROS fomentadores do tráfico, os que sustentam isso tudo...que consomem droga de apá!? E os REIS do tráfico!? Tem chefe, todo chefe tem seu rei...e não é "neguinho" de morro não!!! Obvio!!!
    Há que se fazer caça impiedosa na busca dos VERDADEIROS donos do grande tráfico, mas certamente como a história dos filhinhos da Avenida Paulista-Sp..ficam impumes...Estes são os verdadeiros criminosos, bandidos,etc... De quem é o maior e mais grave perjuro!? Daquele que nada teve, nem escolarização digna e comete crime...ou daquele que nada faltou, vive na abastança e comete crimes...!?
    Ainda, pelo nosso entendimento, o que as comunidades querem ao pedir paz...bandeira branca etc...não é a mesma coisa que a mídia está focando e interpretando...como apoio incondicional a ação. [!!!???] Só quem tá no asfalto!

    ResponderExcluir
  5. Anônimo28.11.10

    Gente, aquele cara tava complementamente fora do contexto na hora da entrevista...os âncoras perguntavam sobre ações efetivas para garantir segurança e tranquilidade às comunidades para onde os traficantes evadiram...e ele respondendo sobre um plano desenvolvido a não sei quanto tempo...e bla, bla, bla...
    Olha, um Secretário de Segurança, naquele momento, aproveitar o espaço onde toda a nação o ouvia, dizer de políticas implementadas, blá, blá...
    É lógico que a estratégia dos militares, comandados, incluiria isto, e já até podemos ver resultados...
    Mas parece-me o Secretário de Segurança estava mais preocupado em fazer "política"...
    De política o Brasil tá cheio...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ENFRENTANDO O GOLPE 

A mídia corporativa e o governo golpista querem sufocar os blogs e sites de oposição ao golpe. Precisamos do seu apoio, da sua assinatura, e também do seu engajamento, nos ajudando a divulgar nossos blogs e sites de oposição ao golpe nas redes, republicando nossas postagens, distribuindo conteúdo para amplificar o alcance de nossas críticas.

Assinar é muito fácil, é só clicar numa das imagens, Doar ou Assinar. Todos os cartões de crédito são aceitos



Se preferir, você pode fazer sua doação diretamente na conta do Blog:

Banco Bradesco
Pipa Produções Artísticas Ltda
CNPJ: 10585813/0001-44
Agência 0213
Conta 8035-7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
O Blog do Mello, enquanto não consegue se sustentar apenas com assinantes, precisa de anunciantes, e você utiliza um bloqueador de anúncios.
Por favor, desative o bloqueador para o Blog do Mello. Obrigado.