quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Junior do AfroReggae: 'Não aconteceu [ataque do tráfico nas eleições], porque nós mediamos para não acontecer no primeiro turno'


Numa entrevista ao jornal português Público, o coordenador do AfroReggae José Júnior disse que os ataques que apavoraram o Rio logo após as eleições não aconteceram antes porque foi feito um acordo com os traficantes.

E porque não fizeram os ataques na campanha eleitoral? Não seria mais eficaz como protesto?
Rolaram algumas mediações para que isso não acontecesse.

Com o Governo?

Não. Mediações com pessoas para evitar os ataques. Por isso é que não aconteceu. [Pausa] Vou-te falar verdade: não aconteceu, porque nós mediámos para não acontecer no primeiro turno. Não foi a pedido do Governo, não. Fizemos isso porque quisemos. A gente sabia, e entrou no circuito para não acontecer.

Então você mediou...

Nós. Do AfroReggae. Não sou eu.

Ok, um grupo. Liderado por você, presumo?

Mas o Rogério [Menezes] participou também. Outras pessoas participaram. Inclusive a informação [de que poderia haver ataques em preparação] chegou para o Rogério e o Rogério falou para mim. Não estou falando isso porque sou generoso, mas porque é verdade.

A iniciativa partiu de quem?

De nós.

E foi feita com quem?

Ah, não vou-te falar.

Com o Complexo do Alemão, com a Penha?

Também não vou-te falar. Você tem suas fontes, eu tenho as minhas, se eu te revelar minhas fontes, elas podem morrer. E as fontes são desde traficantes a pessoas que não têm nada a ver com o crime e sabem o que está acontecendo. Fizemos essa mediação para que não acontecesse no primeiro turno. Tinha outro período em que eles queriam fazer também [ataques], no início do ano. Tinha várias situações.

Nós trabalhamos nos presídios [onde estão muitos traficantes, e de onde partem ordens de ataques]. O AfroReaggae tem 75 projectos. Trabalha em Bangu II, Bangu III, Bangu IV, Bangu VI, Talavera Bruce [nomes de cadeias]. Então, fazemos trabalho em diversos presídios, diversas favelas e diversas facções do narcotráfico. Temos um projecto que encaminha ex-presidiários e ex-traficantes para trabalhar em empresas privadas, inclusive tem uma pessoa que foi de cada facção trabalhando aqui, encaminhando. Tem ex-traficante do Terceiro Comando, do ADA [Amigos dos Amigos], do Comando Vermelho, e essa semana agora começa a trabalhar um cara que foi da milícia. Era PM [Polícia Militar], foi preso, voltou para a milícia e saiu da milícia. Começa essa semana a trabalhar.

Perguntas que não querem calar:

- Por que o AfroReggae fez um arrego com os traficantes para que não ocorressem ataques no primeiro turno das eleições?

- Que outros acordos são feitos e com que interesses?

- Qual o interesse do AfroReggae em proteger o governo do estado, cujo governador, candidato à reeleição, seria o principal atingido com a onda de ataques?

Vocês coloquem outras. Só sei que, a partir dessa entrevista, todas as opções ficam em aberto e já não se pode descartar a hipótese de que o mesmo José Júnior tenha subido ao Alemão, não para tentar uma rendição, conforme alegou, mas para avisar aos traficantes que eles teriam até o final do ultimato para caírem fora sem serem incomodados.

.

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Gilson Raslan9.12.10

    Este fato precisa ser investigado. É inadmissível uma autoridade fazer acordo com criminosos.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo9.12.10

    A participação do Júnior e AfroReggae no episódio do tráfico no RJ é para encucar. A relação dele e da entidade como se desenvolve e funciona? é na base de uma mão lava a outro... Ele sequer tem autoridade para tanto. Como se explica a fuga dos "nacostraficantes"(sic) no caveirão do Bope. No crime tem os barões, os colarinhos brancos que não aparecem. O negócio é botar a inteligência policial para investigar todos os fatos e aplicar as penas devidas. Chega de enrolação. Tá tudo esculhambado.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo9.12.10

    Eu acho, que por traz de cada traficante tem um colarinho branco, esse sim é que tinha que ser preso, mas como aqui neste pais quem fala mais alto é o dinheiro, dinheiro do tráfico, dinheiro de muitas vidas dos nossos jovens adolescentes, dinheiro sujo, pena esse desgraçados deitarem suas cabeças no travesseiro e conseguirem dormir, mas lá em cima terão de prestar contas, pois existe um DEUS
    IRANI PLACE

    ResponderExcluir
  4. E quem mediou com os traficantes a autorização para a construção do teleférico do Alemão? O gentil José Júnior? É tudo muito estranho...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ENFRENTANDO O GOLPE 

A mídia corporativa e o governo golpista querem sufocar os blogs e sites de oposição ao golpe. Precisamos do seu apoio, da sua assinatura, e também do seu engajamento, nos ajudando a divulgar nossos blogs e sites de oposição ao golpe nas redes, republicando nossas postagens, distribuindo conteúdo para amplificar o alcance de nossas críticas.

Assinar é muito fácil, é só clicar numa das imagens, Doar ou Assinar. Todos os cartões de crédito são aceitos



Se preferir, você pode fazer sua doação diretamente na conta do Blog:

Banco Bradesco
Pipa Produções Artísticas Ltda
CNPJ: 10585813/0001-44
Agência 0213
Conta 8035-7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
O Blog do Mello, enquanto não consegue se sustentar apenas com assinantes, precisa de anunciantes, e você utiliza um bloqueador de anúncios.
Por favor, desative o bloqueador para o Blog do Mello. Obrigado.