quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Globo, Folha e agora eu e você vamos escolher os temas a serem publicados pelo WikiLeaks


Até agora, Globo, Folha e WikiLeaks estavam usando seus critérios para julgar quais documentos seriam publicados por vez, algo “de cima pra baixo”. Dessa vez, o próprio público vai decidir, invertendo a lógica da produção da notícia.

A ideia é da Natalia Viana, única responsável oficial pela divulgação do WikiLeaks no Brasil, além dos jornalões citados.

Frisei "única responsável" na frase anterior, porque surgiu um tal de WikiLeaks Brasil que está se aproveitando do nome WikiLeaks, sem ter nada a ver com o WikiLeaks ou com Assange. A própria Natalia já deixou isso claro em seu blog. E eles mesmos confirmam o fato para os que tiverem o mínimo de curiosidade e forem conferir no site.

Portanto, para quem não quer comer gato por lebre, Wikileaks oficial no Brasil só O Globo, Folha e Blog da Natalia Viana.

As regras ela publicou no blog e eu reproduzo a seguir:

Cablegate: agora é o público que escolhe

Passados quase dois meses do lançamento dos documentos das embaixadas americanas, o WikiLeaks vai começar uma nova estratégia de divulgação aqui no Brasil.

A partir de agora, vamos deixar o público escolher quais os temas que devem ser pesquisados no arquivo de documentos da embaixada americana e consulados – que serão depois publicados no site do WikiLeaks.

Basta responder a esse post pedindo um tema, figura pública ou evento a ser pesquisado, que eu vou selecionar os documentos. Todos os pedidos serão publicados, e os temas mais pedidos terão prioridade.

Para a divulgação, vamos fazer parceria com uma série de blogs e veículos independentes, entre eles: Carta Capital, Conversa Afiada, Luis Nassif Online, Blog do Mello, Escrevinhador, Viomundo, Nota de Rodapé, Maria Frô, Fazendo Média, Futepoca, Elaine Tavares, Gonzum, Blog do Rovai, Blog da Cidadania, Altamiro Borges e Doutor Sujeira.

É um experimento inédito. Até agora, Globo, Folha e WikiLeaks estavam usando seus critérios para julgar quais documentos seriam publicados por vez, algo “de cima pra baixo”. Dessa vez, o próprio público vai decidir, invertendo a lógica da produção da notícia.

Portanto, participemos. Para isso, basta ir ao blog da Natalia e dizer o que você quer saber do WikiLeaks. Lá é o local certo. O endereço é este.

.

Comente com o Facebook:

3 comentários:

  1. Boa noite, querido amigo mello, eu to no blogue aoapito.blogspot.com, de vez emquando passe por la apesar de n poder atualiza-lo no momento,
    vMas hoje estou aqui para colher alguma informação sobre a venda dos direitos de transmissão do campeonato brasileiro 2012 2014, Sabe-se que a Globo corre o risco de ficar pelo menos 2 anos sem esse campeonato, acha isso provavel?
    gostaria de uma opinião sua.
    A record pode começar uma nova faze no esporte, não gosto de monopolio, e por isso mesmo ntemdo nada como macedo torço que a record ganhe essa depois daqui 2 anos é outra história.
    abraços.

    ResponderExcluir
  2. Olá,estou começando um trabalho e gostaria que você mim seguisse também no blog do Walney Batista,sua presença só vem enriquecer ainda mais minha página.Um abraço e obrigado.

    ResponderExcluir
  3. @Lillian Kelly Vou fazer uma postagem sobre mais essa briga.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...