segunda-feira, 18 de abril de 2011

Atropelador de ciclistas do Massa Crítica de Porto Alegre dá entrevista e se complica



[Fonte: Fantástico]
O homem que jogou o carro sobre um grupo de aproximadamente 150 ciclistas do Movimento Massa Crítica em Porto Alegre no dia 25 de fevereiro deu uma entrevista ao repórter Valmir Salaro, que foi ao ar ontem no Fantástico. Acompanhado de dois advogados, o bancário Ricardo José Neis apresentou sua versão para os fatos. Ele teria sido agredido, entrou em pânico e acelerou em cima dos ciclistas para fugir.

Neis atropelou e feriu 17 pessoas. Em momento algum se mostrou arrependido por isso. Por sorte ninguém morreu. Mas, se a entrevista foi uma tentativa de seus advogados de melhorar a imagem de Neis, o tiro saiu pela culatra.

Em certo momento ele diz, como a se justificar: "Você há de concordar comigo que você não pode ter uma manifestação, uma passeata, no meio do trânsito".

Logo em seguida ele se trai: "Graças a Deus que foram lesões leves e danos materiais...graças a Deus. Não tô nem preocupado com meu carro..."

Ah, o carro!... Quando parecia que ele daria uma palavra aos ciclistas atropelados, ele fala no carro.

Certamente quem concedeu o habeas corpus que mandou Ricardo José Neis para as ruas não conversou com ele. Nem teve acesso à informação de que ele teria sido denunciado anteriormente por uma namorada por tentativa de agressão com um facão e uma machadinha.

A impressão que me deu é de que ele faria tudo novamente, igualzinho.

.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...