quarta-feira, 13 de abril de 2011

Dengue ataca no Rio: 1141 novos casos em apenas um dia. Quase um novo doente por minuto


Aconteceu de segunda para terça-feira. Os dados são da Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil do Rio de Janeiro. A cidade registrou 1141 novos casos de dengue em apenas 24 horas. No total, 20744 casos da doença no Rio, com 11 mortos. O número de infectados é mais que o dobro do registrado em 26 de março, 10158. Apenas há 15 dias.

Há pouco tempo, o Rio registrava 14 bairros com surto de dengue. A Secretaria Municipal de Saúde tomou uma medida radical que resolveu o problema da noite para o dia: mudou a metodologia e os surtos deixaram de ser surtos.

Alheios à burocracia municipal, os mosquitos continuaram atacando. O prefeito reagiu, culpando a população: "É incrível que o povo não se toque, mesmo com a imprensa fazendo campanha o ano inteiro".

No entanto, reportagem de O Globo denunciava que a prefeitura não fazia sua parte e "o chafariz Dança das Águas desativado e com água parada, em frente ao Centro Administrativo São Sebastião, prédio que abriga a sede da Prefeitura do Rio, na Cidade Nova".

Felizmente, o secretário municipal de Saúde declarou que "o pico de dengue no Rio pode durar mais três semanas". O prazo acaba na semana que vem. Não sei se ele combinou com os mosquitos, mas a informação dele aconteceu num dia que nos deixa preocupados - 1 de abril, o Dia da Mentira ou dos Tolos.

Anteontem, pela manhã, ouvi um ruído estranho vindo da rua. Fui à varanda e vi um fumacê espalhando inseticida. Fiquei preocupado. Afinal, lera há tempos a informação de que o fumacê não é eficaz:

"Normalmente, o mosquito se esconde na cortina, debaixo da mesa ou da cama, locais onde o Fumacê não vai atingir. Além disto, existe uma série de requisitos para que este procedimento funcione, como ausência de vento forte, necessidade de calibração do tamanho das gotas eliminadas pelo equipamento, atenção ao horário de aplicação, que deve ocorrer nos momentos de maior atividade do mosquito, entre outros."

Ou seja, estão apelando para tudo.

Só espero que com a dengue no Rio não ocorra o mesmo que em Fukushima, no Japão. O problema nuclear que não era preocupante agora chegou ao nível de alerta nuclear mais alto 7 (liberação de material radioativo grave com efeitos amplos sobre a saúde e o meio ambiente, como no desastre de Chernobyl em 1986).

Pra me proteger, estou pesquisando o preço de roupas de apicultor, como aí ao lado. É o fim da picada. Mas é a realidade de hoje.

Já levou sua picada hoje?


.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...