sábado, 14 de maio de 2011

Condenado a 278 anos por violentar 37 pacientes, médico que fugiu do Brasil graças a HC de Gilmar Mendes cometeu mais crimes


O médico Roger Abdelmassih não traiu a confiança de apenas 37 de suas pacientes quando as violentou em sua clínica especializada em reprodução humana. Traiu certamente a de outras pelo mesmo motivo, mas essas preferiram o silêncio por motivos humanos, demasiadamente humanos.

Se fosse apenas por isso, ele já mereceria a pena a que foi condenado, 278 anos de cadeia. Mas a revista Época desta semana mostra que os crimes cometidos por Roger Abdelmassih vão além de violentar suas pacientes: ele enganou casais em que os maridos eram inférteis e fertilizou óvulos de suas pacientes com os espermatozoides de outros casais. A reportagem de Época o define bem na capa: Doutor Horror.

Parte dos cerca de 8.000 bebês gerados na clínica de Abdelmassih não são filhos biológicos de seus pais, que pagaram um bom dinheiro ao médico para tê-los. De acordo com a reportagem de Época, pelo menos três casais - um de São Paulo, um do Rio e outro do Espíto Santo - já teriam realizado o exame e constatado que o DNA de um dos dois não é compatível com o do filho. No depoimento ao MP, a que a revista teve acesso, um dos casais, que não quis se identificar, conta ter procurado a clínica de Abdelmassih em 1993. [Fonte]

Roger Abdelmassih recebeu um habeas corpus de Gilmar Mendes e fugiu do Brasil, como denunciei aqui há menos de um mês, Graças a Gilmar Mendes, foge do país médico condenado a 278 anos por violentar 37 mulheres:

O médico Roger Abdelmassih, de 67 anos, já está no Líbano, segundo a Folha. E por lá deve ficar porque tem origem libanesa e o Brasil não tem tratado de extradição com o Líbano. E isso poderia ter sido evitado, caso o ministro Gilmar Mendes não concedesse o habeas corpus que o tirou da cadeia.

O médico estava preso, aguardando recurso de sua defesa diante da sentença que o condenou a 278 anos de cadeia por violentar 37 mulheres (suas pacientes, o que agrava os crimes) entre 1995 e 2008. E aguardava preso porque a Polícia Federal informou que ele tentava renovar seu passaporte. A juíza Kenarik Boujikian Felippe determinou que ele fosse preso para evitar sua fuga do país.

Seu advogado recorreu. Disse que Roger Abdelmassih não pretendia fugir do país, só estaria renovando o passaporte...

Sem ao menos perguntar ao advogado por que um homem de 67 anos condenado a 278 anos de cadeia renovaria o passaporte (seria um novo Matusalém?), Gilmar Mendes mandou soltar o passarinho, que agora vai passear sua impunidade no exterior, até que a morte o separe da boa vida.

Por essas e outras, crimes contra as mulheres acontecem diariamente no país. Há o caso notório do jornalista Pimenta Neves, que matou fria e covardemente sua ex-namorada, a jornalista Sandra Gomide, e passeia sua impunidade, após ter destruído as vidas de Sandra e de sua família.

O que dirá Gilmar Mendes, o Simão Bacamarte do Judiciário, sobre seu habeas corpus que possibilitou a fuga do criminoso?

.

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Anônimo17.6.14

    E foda o homem estrupa 37 mulhers e esta livre porque e rico deve ter pagado bem para o gilmar mendes ter consedido o habeas corpus...

    ResponderExcluir
  2. Anônimo19.8.14

    E o véio estuprador foi preso. Será que vai CONTINUAR preso? Afinal não tem aqui cadeira elétrica, pelo menos o resto da vida ele tem que passar na cadeia.

    Parece que ele vai direto para a cadeia de Tremembé. Espero que haja lá um negão que goste de coroa pervertido.


    E a mulher dele chorando "amor, meu amor?"... que tipo de mulher se envolve com um pervertido canalha que violentou muitas mulheres de outros homens, numa situação de fragilidade e brincando com sonhos.
    Que tipo de mulher larga o emprego de alto nível e vai viver e parir 2 filhos de um notório estuprador?

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...