terça-feira, 28 de junho de 2011

Notícias do Reino da Cornualha: Tucanus corruptissimus quer impedir informatius fluxus libris com #AI-5Digital


Durante o reinado de Fernandus, o Régis, a corrupção no Reino da Cornualha chegou a seu grau mais alto (jabaculês danielus dantescus est), a ponto de se emitir recibo para a corrupção.

O ápice desse período se deu quando o presidente do partido de Fernandus, o Régis, Azeredus Tucanus, assinou o recebimento de R$ 4,5 milhões (documentatus est).

A revelação do recibo - não a da corrupção (corrupcionus nostra homnesta est) - provocou ligeiro tumulto (cucarachas voarum est) no seio (peitus fartissimus para mamatas est) tucanus, que vinha a ser o grupo partidário de Fernandus, o Régis.

Azeredus Tucanus renunciou à presidência do partido a fim de evitar que o problema respingasse na autoridade maior (Fernandus, Régis, depois, Cornus - kkkk).

A corte imperial (empresarius, bancus e corporativus midius est) aprovou a medida. Mas no Reino da Cornualha havia um grupo (internautus sacanus querendus fuderus tucanus corruptus canalhus est) que não deixou que o assunto fosse esquecido.

Houve processo, e o Procurador-Geral da Cornualha ofereceu denúncia (corruptus Azeredus, corruptus partidus est).

Azeredus é de um condado do reinado pertencente a Aecius Aspiratus (que veio a substituir o rei defenestrado Fernandus, O Aspirantis). De seu grupo político (escrotus pocos est) também faz parte a figura mais nefasta do Reino da Cornualha, Serrasferatu, O Frigidus, que persegue inimigos e amigos (nem sempre nessa ordem) com apetite sanguinário (terrificus malevulus est).

Afastado, Azeredus julgou vingar-se. Para isso propôs um projeto de lei que acaba com a liberdade na internet (#AI-5Digital est).

Combinado com seus parceiros (tucanus empoleiradus est) procuraram LavASec (cracker lavanderias est) para tumultuar internet e assim ajudar na aprovação do projeto de Azeredus (tucanus corruptíssimus est).

A corte imperial (empresarius, bancus e corporativus midius est) finge-se escandalizada com atitudes de LavASec ("internets periculus, et tradicones familiarum e libertatum est?"), mas na realidade a abastece e divulga.

Mas povo da Cornualha está atento (povus nom bobus Globus est). E projeto de Azeredus (tucanus corruptíssmus est) não vai ser aprovado, ou o Reino da Cornualha será sacudido (terremotus graus 9 est) por manifestações que não vão deixar pedra sobre pedra (revertere ad locum tuum est).

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...