sexta-feira, 9 de março de 2012

Eduardo Paes aceita campo de golfe de R$ 60 mi em troca de benefícios que podem render R$ 700 mi ao 'doador'


Hole in one é aquela tacada certeira no golfe em que o jogador acerta o buraco com apenas uma jogada. Pois o prefeito Eduardo Paes deu sua tacada. Mas o buraco é nosso. É um hole in one in our hole.

Na quarta-feira, o prefeito anunciou que um campo de golfe seria construído no Rio para as Olimpíadas de 2016, a custo zero.

O valor estimado para a construção desse campo (R$ 60 milhões) seria integralmente bancado por uma empreiteira. Só que, na mesma tacada, o prefeito deu à empresa o direito de aumentar, de seis para 22, o número de andares de 23 prédios que vai erguer na Barra.

O vereador Eliomar Coelho (PSOL) fez uma simulação: calculou que cada edifício terá quatro apartamentos por andar e estimou em R$ 500 mil o valor da unidade. Multiplicou tudo pelo número de prédios e pelos 16 andares adicionais. Resultado: a construtora poderá faturar até R$ 736 milhões a mais. [Fonte]

A área do campo de golfe e dos imóveis fica na Avenida das Américas, uma das mais valorizadas do Rio.

Quem "vai dar" o campo de golfe pro Rio certamente deu uma grande tacada.

Importante: a proposta ainda precisa ser aprovada na Câmara Municipal.

.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...