quarta-feira, 21 de março de 2012

In nomini Dei, Igreja Católica castra ao menos 10 menores na Holanda para 'curar homossexualidade"


Resultados de uma investigação sobre casos de castração de adolescentes pela Igreja Católica publicados pelo jornal NRC causaram comoção na Holanda. Os documentos mostraram que, na década de 1950, pelo menos dez jovens vítimas de abuso sexual teriam sido submetidos à retirada de seus testículos como forma de "extirpar-lhes" a homossexualidade e puni-los por suas denúncias de abusos sexuais.

Membros do parlamento holandês disseram no sábado (17/03) que vão defender a abertura de um inquérito sobre as alegações. A apuração foi conduzida por Joep Dohmen, jornalista estudioso do caso de Henk Heithuis, holandês castrado por padres em 1956 depois de revelar à polícia os abusos que sofrera ao lado de membros do clero. [Reportagem completa aqui]


Além de menores do sexo masculino, meninas e mulheres também sofreram abuso, como relatam outras denúncias aqui (se você não souber holandês, vire-se como eu no tradutor online).

Há uma entrevista sobre o tema com o autor da reportagem, que reproduzo a seguir, sem entender absolutamente nada do que está sendo dito. Se alguém entende, e acrescentar algo ao que foi informado até aqui, livre-nos de nossa ignorância, Amém.



.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...