segunda-feira, 4 de junho de 2012

Nota do PSDB defende Alckmin das acusações de caixa 2 de Pagot. Mas nada fala sobre José Serra. Por quê?


Que constrangedor!
Estranho. O PSDB soltou uma nota chamando de caluniosa a reportagem da IstoÉ, onde o ex-diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) Luiz Antonio Pagot afirma categoricamente que todo mundo sabia que 8% do Rodoanel era desviado para o caixa 2 tucano em São Paulo. (Leia aqui 'Era 60% para o Serra, 20% para o Kassab e 20% para o Alckmin': Divisão do Caixa 2 tucano do Rodoanel).

No entanto, embora a afirmação de Pagot se referisse a José Serra (que ficaria com o grosso do bolo, 60%), a nota do PSDB não toca no nome dele e defende apenas Alckmin. Por que será?

Confira a nota:


“A matéria da Istoé é caluniosa. As campanhas eleitorais do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, sempre contaram com doações declaradas à Justiça Eleitoral. O governador não foi procurado pela revista, ao contrário de um grupo seleto de personagens nela citados. Com esse procedimento abominável, a Istoé deixou que prosperassem mentiras ditas pelo Sr. Luiz Antônio Pagot baseadas em algo que ele teria ouvido de um “procurador de empreiteira” cujo nome ele nem menciona.”

Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Anônimo12.2.14

    gostaria de saber os motivos que fazem os meios de comunicação, não divulgarem as noticias das propinas do PSDB.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...