segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Cardeal escocês acusado de 'atos impróprios' pode vir a ser o novo papa


O cardeal escocês Keith O'Brien foi acusado no início de fevereiro na Santa Sé de haver praticado "atos impróprios" (eufemismo para pedofilia).

Autores da denúncia, três sacerdotes e um ex-religioso afirmam que abusos teriam ocorrido há 33 anos.

Eles querem a renúncia do cardeal e que ele seja impedido de participar do Conclave para escolha do novo papa, em que ele pode votar e até ser votado.

O'Brien, que há poucos dias protestou contra a possibilidade do casamento entre pessoas do mesmo sexo, nega os fatos.

Se puder votar e ser votado será prova de que a tal reforma na igreja católica segue aquela máxima de Santo Agostinho:

"Senhor, tornai-me santo. Mas não agora."

Fonte: http://t.co/Gqu7ZjvXbZ

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...