quarta-feira, 20 de março de 2013

Acredite em mim e não deixe de ver este vídeo 'Mesmo que Ela fosse criminosa'


Já o publico aqui desde 2008, e, repito, não deixe de ver este documentário de curta-metragem do diretor francês Jean-Gabriel Périot, que recebeu vários prêmios internacionais. Participou também do Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo, em 2006, e da Mostra Internacional Minas, onde recebeu os prêmios de Melhor Diretor Internacional – Prêmio do Júri Oficial, para Jean-Gabriel Périot, Melhor Montagem Internacional – Prêmio do Júri Oficial e Melhor Som Internacional – Prêmio do Júri Oficial.

Em aproximadamente nove minutos, o filme mostra como estava a França, logo após a retirada dos nazistas, em 1944, quando o país readquiriu sua soberania.

Num trabalho de montagem incrível, Périot consegue narrar desde a ocupação até a retirada das tropas alemãs (com o ditador do bigodinho à côté) em pouco mais de dois minutos.

Em seguida, vem a alegria da libertação. Mas o filme mostra também – e esta é sua parte principal, destacada desde o título – o comportamento covarde e irracional de parte da população, que agride e humilha um grupo de mulheres, acusadas de terem se relacionado com os nazistas durante a ocupação. Como se boa parte da França não houvesse cooperado com os alemães.

Como diz o título, ainda que fossem criminosas, o tratamento que lhes foi dispensado (repare num covarde que esbofeteia dissimuladamente uma das mulheres aos 4:21 e em seguida, do mesmo jeito covarde, repete o gesto com outra, aos 4:26) mostra que os nazistas saíram, mas o nazismo ficou.

No mês das mulheres, mais uma vez vemos como as chamadas minorias (embora as mulheres sejam maioria) são usadas como bode espiatório dos erros dos que estão momentaneamente no poder, mesmo que algum poder, como no caso dos maridos que agridem suas mulheres.

O filme é um monumento à estupidez humana, à mesquinharia, à pequenez, à covardia. Repare nos rostos das mulheres agredidas e humilhadas e nas expressões alegres e dissimuladas dos que deveriam apenas estar comemorando a vida, o fim da ocupação nazista.

Confira, compartilhe-o com amigos e nos diga o que achou.


Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Anônimo20.3.13

    Mello, o vídeo está bloqueado.
    Veja a mensagem: "Este Vídeo apresenta Conteúdo de EMI, Que o Seu País não bloqueou com base de n º s Direitos autorais."

    ResponderExcluir
  2. não funciona! bloqueado!

    ResponderExcluir
  3. Volte mais tarde quem não estiver conseguindo assistir agora.

    ResponderExcluir
  4. Marcilio20.3.13

    Covardia bestial, um atentado contra a dignidade humana. Essa é civilidade(?)do 1º mundo? Lembrou-me do filme "Malena", com Monica Bellucci...

    ResponderExcluir
  5. Helio Constantino21.3.13

    É chocante e revoltante ver a violência contra qualquer pessoa e neste caso contra as mulheres.
    Mas analizar fatos de sessenta e nove anos atrás sem levar em consideração o contexto do momento histórico. Não estou aqui a defender a violência, mas imaginem, um povo indadido por nazistas, impostos as duras leis marciais hitleristas, onde qualquer cidadão que tivesse o infortúnio de ser acusado de conspirção ou ajudar a resistencia francesa ser fuzilado sumariamente e os familiares que não tivessem tal destino serem expulsos e desprovidos de suas posses? O sentimento de desforra é grande, não é mesmo?
    Infelizmente a revolta caiu para cima das mulheres que confraternizavam com o inimigo, sem termos aqui os reais motivos que a levaram a isso. Será que era para manter suas familias seguras ou por acreditar na causa nazistas? A crueldade está no ato sumário de punir e espancar as já indefesas mulheres sem julgamento justo e como disse o Mello num arremedo nazista, agiram igual a seus antigos opressores.

    ResponderExcluir
  6. Said Olavra21.3.13

    O filme mostra a natureza deste povo. Não buscam justiça, buscam VINGANÇA e na ânsia da vingança se tornam piores que os opressores recém expulsos. Bela demonstração da civilidade do 1º Mundo, que para mim na realidade são os predadores do mundo. Lobos em pelo de cordeiro. Hipócritas.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ENFRENTANDO O GOLPE 

A mídia corporativa e o governo golpista querem sufocar os blogs e sites de oposição ao golpe. Precisamos do seu apoio, da sua assinatura, e também do seu engajamento, nos ajudando a divulgar nossos blogs e sites de oposição ao golpe nas redes, republicando nossas postagens, distribuindo conteúdo para amplificar o alcance de nossas críticas.

Assinar é muito fácil, é só clicar numa das imagens, Doar ou Assinar. Todos os cartões de crédito são aceitos



Se preferir, você pode fazer sua doação diretamente na conta do Blog:

Banco Bradesco
Pipa Produções Artísticas Ltda
CNPJ: 10585813/0001-44
Agência 0213
Conta 8035-7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
O Blog do Mello, enquanto não consegue se sustentar apenas com assinantes, precisa de anunciantes, e você utiliza um bloqueador de anúncios.
Por favor, desative o bloqueador para o Blog do Mello. Obrigado.