domingo, 3 de março de 2013

STF virou versão atualizada da Casa Verde do Alienista, de Machado de Assis


A inauguração da fase Casa Verde no STF, transportada de Itaguaí para Brasília, começou na gestão presidencial, imperial, de Gilmar Bacamarte Mendes. Sua presidência autoritária marcou a primeira fase da nova Casa Verde.

Agora, temos a versão dois, a de Joaquim Bacamarte Barbosa, que se julga o Supremo do Supremo, a criticar colegas ministros, juízes, a apontar defeitos nas leis e na Constituição, que ele deveria, sim, defender.

Mas, como o Simão Bacamarte de Machado de Assis, Barbosa acha que nasceu para corrigir as leis e os juízes, que não estariam em seu perfeito juízo, de acordo com seu juízo, até que, finalmente, como o primeiro Simão na Casa Verde, Barbosa vai perceber que ele é que perdeu o juízo.

Simão Bacamarte achou em si os característicos do perfeito equilíbrio mental e moral; pareceu‑lhe que possuía a sagacidade, a paciência, a perseverança, a tolerância, a veracidade, o vigor moral, a lealdade, todas as qualidades enfim que podem formar um acabado mentecapto. (...) [Trancou-se então na Casa Verde], entregou‑se ao estudo e à cura de si mesmo. [Trecho de O Alienista, de Machado de Assis]

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...