segunda-feira, 13 de maio de 2013

'Ministra Helena Chagas destaca importância da imprensa na consolidação da democracia'. Qual imprensa, ministra?!




Quando li essa manchete no Portal EBC, levei um susto e fiquei perguntando ao meu zíper (não aos botões, porque a manchete me acertou bem ali, na altura da calça onde fica o zíper):

- A que imprensa se refere nossa ministrra da Secom, a poderosa Secretaria de Comunicação do governo, que distribui as verbas de propaganda que enriquecem e alimentam a "grande mídia independente" (Globo, Abril, Folha, Estadão), que atacam, manipulam, distorcem, torturam as notícias, para atacar o governo?

Será que quem colabora para a consolidação da democracia em nosso país é o Globo, atual Organizações Globo, que desde o primeiro momento saudou o golpe militar de 64, com suas co-irmãs citadas acima?

Será que é a Rede Globo, que foi criada ilegalmente com verba do grupo Time-Life, que comprou a TV Globo de SP com documentos forjados, que luta, desde a fundação do jornal O Globo, contra todos os governos populares que existiram e existem no Brasil?

O Globo que fez a campanha contra Getúlio, contra Brizola, contra os Cieps, e a favor da eleição de Collor, da remoção de favelas, da ocupação policial chamada de pacificadora com as UPPs, que de tão provisórias funcionam em contêineres, e deveriam ser propriamente chamadas de Unidades Policiais Provisórias?

Ou será que Helena Chagas quis se referir a esse baluarte da comunicação democrática que é a Abril, da revista Veja, aquela revista cujo diretor de Brasília fazia parte do esquema de espionagem e chantagem do bicheiro Carlinhos Cachoeira?

Ou ela se refere ao Grupo Folha, cujo patriarca elogiou o carrasco Presidente Médici e teria emprestado carros do grupo para transportar aqueles que ele chamava de terroristas para serem torturados no Doi-Codi? O mesmo Frias do Jornal da Tarde, diário do grupo que servia para mascarar os assassinatos cometidos pela ditadura, ora dizendo que se tratava de um tiroteio em que terroristas foram mortos, ora anunciando morte de gente que ainda estava viva, num cruel jornalismo mãe Dinah.

Ou será que ela se refere ao Frias Filho, cujo jornal do Grupo demitiu uma jornalistra que sabiam estar presa e sendo torturada, por abandono de emprego? O Otavinho que defendeu que a ditadura no Brasil foi uma ditabranda?

A quem a ministra quis destacar a importância para a consolidação da democracia no Brasil, que até agora eu não entendi?

Porque, pelo que sei e vejo, a consolidação da democracia no Brasil acontece INDEPENDENTEMENTE, e mesmo CONTRA os interesses da imprensa que a ministra bajula e sustenta.

Garanta seu futuro emprego, ministra, mas não é preciso abaixar-se tanto... Pelo menos em respeito aos mortos e torturados e seus familiares.

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. O que me deixa em dúvida. A Chagas, e outras pessoas do governo, Bernardo, J Cardozo etc, e mais um monte de assessores que a gente não conhece, têm baixo estofo intelectual pra entender a realidade ou são simplesmente puxa sacos?

    ResponderExcluir
  2. Não sei onde está a cabeça da Presidente para manter esta ministra que enche os cofres da grande mídia, que golpeia o projeto popular de governo com mentiras sem parar. Esta ministra é filha do jornasista piguento chamado Carlos Chagas do SBT, que foi assessor de imprensa e porta voz da ditadura militar nos tempos da censura e adora bater nos movimentos sociais e no PT. Será que a filha reprova os comentários do pai no SBT?

    ResponderExcluir
  3. Se lerem a notícia com atenção, verão que o que se defendia ali é a liberdade de expressão em sentido amplo. Inclusive, que os jornalistas tenham também a liberdade de exprimir seus pontos de vista sem serem cerceados por patrões e chefes ou por linhas editoriais. De qualquer maneira, a comparação que se fazia era entre a imprensa sob censura estatal e a que é praticada hoje. Apesar de saber que temos uma imprensa de massa majoritariamente golpista, partidária e de classe, assistimos a seu declínio em termos de poder político. Quanto às verbas de publicidade dos atos administrativos, a lei impõe, em muitos casos, que se faça em veículos de grande circulação. A concentração das verbas reflete, então, a concentração existente na mídia e não uma escolha intencional. Não ver isso é cegueira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, é? Quer dizer que a Helena distribui as verbas desse jeito porque é obrigada... Ahan.
      Onde se encaixa no seu raciocínio esta informação aspeada como fala dela, que está no texto que linkei:

      “Eu acho que é obrigação dos meios de comunicação abrir espaço para o cidadão, mas o caminho que o jornalismo está tomando, chega cada vez mais perto da interatividade. Ele [o jornalismo] é feito para o cidadão, o cidadão em todos os planos da sua vida.”

      Repito a você a pergunta que fiz a ela: - Qual imprensa? Globo, Veja, Folha, Estadão, quem está fazendo "jornalismo para o cidadão, o cidadão em todos os planos de sua vida"?

      Excluir
  4. Anônimo23.7.13

    Helena Chagas é a própria Globo dentro do Governo! Sempre foi e sempre será!! 20% de Brizola nesse governo é pedir muito, dona Dilma? A sra recebeu este pais prontinho das mãos do Lula, e foi graças ao nosso querido ex-presidente que a sra está aí hoje. Sem o Lula a sra não seria ninguém. Ao invés de manter o ministro Franklin ou substitui-lo por alguém a altura, que desse andamento no processo de democratização da midia, a sra coloca este Bernardo Silva, um ministro elogiado na capa da Veja? E ainda nos manda usar o controle remoto, na cara-de-pau? Agora que a sua popularidade caiu 30%, vai usar controle remoto?? Por favor, sra Presidenta, menos... bem menos... ou a sra vai colocar tudo a perder...

    ResponderExcluir
  5. Anônimo9.8.13

    SR. MELLO, POR QUE LULA NÃO REGULAMENTOU A COMUNICAÇÃO NO BRASIL? NÃO DEU TEMPO?

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ENFRENTANDO O GOLPE 

A mídia corporativa e o governo golpista querem sufocar os blogs e sites de oposição ao golpe. Precisamos do seu apoio, da sua assinatura, e também do seu engajamento, nos ajudando a divulgar nossos blogs e sites de oposição ao golpe nas redes, republicando nossas postagens, distribuindo conteúdo para amplificar o alcance de nossas críticas.

Assinar é muito fácil, é só clicar numa das imagens, Doar ou Assinar. Todos os cartões de crédito são aceitos



Se preferir, você pode fazer sua doação diretamente na conta do Blog:

Banco Bradesco
Pipa Produções Artísticas Ltda
CNPJ: 10585813/0001-44
Agência 0213
Conta 8035-7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
O Blog do Mello, enquanto não consegue se sustentar apenas com assinantes, precisa de anunciantes, e você utiliza um bloqueador de anúncios.
Por favor, desative o bloqueador para o Blog do Mello. Obrigado.