segunda-feira, 15 de julho de 2013

Finalmente, Espanha oferece explicações e pedidos de desculpas ao presidente boliviano Evo Morales






Finalmente, o colonizador pede desculpas ao colonizado, mesmo que mais de 500 anos depois.

O embaixador espanhol na Bolívia, Angel Vazquez, entregou uma carta explicativa ao governo boliviano em que pede desculpas pela agressão contra o presidente Evo Morales, quando, no último dia 2 de julho, a Espanha bloqueou o trânsito por seu espaço aéreo do avião boliviano procedente da Rússia. 

A informação foi resenhada pelo jornal La Razon e o correspondente da Telesur em Bolívia, Freddy Morales. Na nota oficial, presume-se que o diplomata espanhol ofereceu a La Paz explicações sobre o que aconteceu. 

Até essa data, a Espanha se recusava a reconhecer o incidente, alegando que houve um mal-entendido entre as duas partes. 

Além de Espanha, o espaço aéreo foi bloqueado ao avião boliviano que transportava o presidente Evo Morales por França, Itália e Portugal. 

O ataque a Morales, que colocou sua vida em risco, foi condenado por países e organizações regionais da América Latina como União de Nações Sul-Americanas (Unasul), o Mercado Comum do Sul (Mercosul), a Comunidade da América Latina e Caribe (CEPAL), a Aliança Bolivariana para os Povos de Nossa América (ALBA) e a Organização dos Estados Americanos (OEA). [Fonte]

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...