terça-feira, 16 de julho de 2013

Gestão tucana: Delegado responsável pela Repressão ao Tráfico em SP é preso por proteger traficantes


Está certo que o problema da Segurança Pública atinge o país inteiro. Uns estados mais, outros menos. Mas o destaque negativo, sem dúvida alguma, vai para o estado de São Paulo, há 18 anos nas mãos do PSDB.

São Paulo é a terra do PCC, que sequestrou o Estado e só permite que ele funcione numa aparente normalidade, graças a um acordo que todos sabem que é feito entre os bandidos organizados e o governo tucano.

Às vezes esse acordo tácito é burlado por um dos lados, que se aproveita da situação para faturar o seu. É o caso do delegado de polícia e supervisor da Unidade de Inteligência do Departamento Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Denarc), Clemente Calvo Castilhone Júnior.

[O delegado] Clemente Calvo Castilhone Júnior, preso sob acusação de participar de um esquema de cobrança de propina em troca de proteção a traficantes em São Paulo, costumava dar palestras sobre o combate às drogas. Em uma delas, em julho de 2011, o delegado participou da audiência pública de relançamento da Frente Parlamentar Mista de Combate ao Crack, na Câmara dos Deputados, em Brasília. Após a prisão do delegado e de outros seis agentes, o Denarc passará por uma reestruturação. O governador Geraldo Alckmin e o secretário de Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, devem se reunir nesta terça-feira para definir como será feita a reestruturação no departamento.[reportagem completa aqui]

Na reunião entre o governador e o secretário, certamente, haverá mais alguém, mesmo que esse alguém não se sente à mesa, nem dê entrevistas aos jornalistas com suas impressões sobre o assunto. Esse alguém é o PCC, que sequestrou São Paulo na gestão tucana.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...