sábado, 6 de julho de 2013

Livro afirma que Brasil planejou e esteve perto de invadir o Uruguai nas décadas de 60 e 70, por temer revolução





A afirmação está no livro "Orden y Progreso" do escritor uruguaio Federico Leicht. Segundo Leicht, o momento da invasão estava decidido em 1970, quando os tupamaros sequestraram o cônsul brasileiro Aloysio Días Gomides. Caso o cônsul não fosse libertado, o Brasil invadiria o Uruguai.

Federico Leicht diz que suas afirmações foram tiradas de documentos desclassificados do governo dos EUA, do governo brasileiro e da imprensa do período.

Felizmente, o cônsul brasileiro foi libertado pelos tupamaros, que receberam da esposa do cônsul 300 mil dólares.

No ano seguinte, 1971, o Brasil, segundo Leicht, ajudou a fraudar a eleição presidencial uruguaia, junto com os Estados Unidos, forçando a eleição do conservador Partido Colorado com Juan María Bordaberry.

"En estas elecciones votaron personas que hacía años que habían fallecido. No lo digo yo, lo dicen los documentos expuestos en mi libro".

Tampoco dudó en señalar como "culpable" al Partido Colorado, tradicionalmente gobernante en el país, señalando que organizó el fraude "con el apoyo de Brasil y, por ende, de Estados Unidos".

Durante las fechas previas a las elecciones, "las tropas brasileñas fueron puestas en la frontera haciendo ejercicios militares, preparándose para una hipotética invasión a Uruguay", afirmó.

Dos años después, con el apoyo de los militares, el presidente Bordaberry dio un golpe de Estado y disolvió el Parlamento iniciándose una dictadura que duraría 13 años.
[Fonte]

Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Neli Faria7.7.13

    Caso não fosse libertado, diferentemente de dizer:os milicos planejaram invadir o uruguai...Acho engraçado os chutes históricos que essa gente dá.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ENFRENTANDO O GOLPE 

A mídia corporativa e o governo golpista querem sufocar os blogs e sites de oposição ao golpe. Precisamos do seu apoio, da sua assinatura, e também do seu engajamento, nos ajudando a divulgar nossos blogs e sites de oposição ao golpe nas redes, republicando nossas postagens, distribuindo conteúdo para amplificar o alcance de nossas críticas.

Assinar é muito fácil, é só clicar numa das imagens, Doar ou Assinar. Todos os cartões de crédito são aceitos



Se preferir, você pode fazer sua doação diretamente na conta do Blog:

Banco Bradesco
Pipa Produções Artísticas Ltda
CNPJ: 10585813/0001-44
Agência 0213
Conta 8035-7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
O Blog do Mello, enquanto não consegue se sustentar apenas com assinantes, precisa de anunciantes, e você utiliza um bloqueador de anúncios.
Por favor, desative o bloqueador para o Blog do Mello. Obrigado.