terça-feira, 16 de julho de 2013

'Nenhuma outra quadrilha lucrou tanto no negócio de assalto a banco como a quadrilha da Rede Globo' - O Pasquim



BANERJ


A edição de 29 de setembro de 1983 do jornal carioca O Pasquim não fez por menos. Chamou o então presidente das Organizações Globo Roberto Marinho de "o maior assaltante de bancos do Brasil".

"Nos dias 28 de fevereiro e 29 de maio de 1980, sem nenhum registro na crônica policial, foram praticados os dois maiores assaltos a banco da história do Brasil. Em duas operações distintas, o grupo do Sr. Roberto Marinho levantou no Banerj, a juros de dois por cento ao mês, a importância de 449 milhões e 500 mil cruzeiros [aproximadamente US$ 613 mil, BdoM]".

Na reportagem, O Pasquim demonstrou que, caso Roberto Marinho sacasse o dinheiro na boca do caixa e fizesse uma aplicação financeira no próprio Banerj receberia US$ 3 milhões, em valores da época.

"Nenhuma outra quadrilha, inclusive movimentos terroristas, lucrou tanto no negócio de assalto a banco como a quadrilha da Rede Globo. Só no Banerj expropriou um bilhão e oitocentos milhões de cruzeiros. Em retribuição, Roberto Marinho levou toda a diretoria do Banerj para trabalhar na Globo: Miguel Coelho Neto Pires Gonçalves, Diretor Superintendente do Banerj virou Superintendente da Rede Globo; Antônio Carlos Yazeji, Paulo Cesar da Silva Cechetti e Pedro Saiter (ex-vice-presidente, ex-diretor, ex-gerente geral, todos do Banerj) foram agraciados com pomposas diretorias na Rede Globo." [Fonte]



Comente com o Facebook:

5 comentários:

  1. Anônimo18.7.13

    Parabéns e obrigada, excelente informação.
    Emanuele.

    ResponderExcluir
  2. Meu marido foi chamado de Marajá por que ganhava razoavelmente bem, era funcionario do Banerj em SP, Rua Sao Bento. Ele foi demitido, juntamente com 11000 funcionários, depois de o BANERJ ter sido privatizado na aurea época de FHC, o poliglota, o sociologo, o cara que tinha sido formado pela Sorbonne....Ele aprendeu muita coisa interessante, como deixar uma divida para os funcionários e livrar os "amigos" do peito. Uma mão lava a outra!!! À sua menção do BANERJ, veio-me a mente, a informação que meu marido me passou naquela época quando Marcelo Alencar era candidato ao Governo do Rio e procurou os funcionários do Banerj para ganhar os votos dos mesmos na próxima eleição. Ele , visitando o banco no Rio, disse que iria lutar para que o mesmo nao fosse privatizado. Ele ganhou as eleições daquela e´poca e passou a administração para ogoverno federal, e o Banerj foi vendido com moedas podres do governo. O Itau nao desembolsou um tostão sequer e , tão logo tomou posse , demitiu os funcionários , meu marido ainda tinha 4 anos pela frente para se aposentar (seria no ano 2000 ). Nunca mais tivemos a chance. E os verdadeiros que se utilizavam dos cabides de emprego, eram filhos de Maarcello Alencar. Que ganhavam até como se trabalhassem em 3 setores do banco. Mas , na realidade, eles nem sequer compareciam no banco para trabalhar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo22.2.15

      Eu penso que esse caso das privatizações ainda precisa ser revisto, pois os funcionários dos bancos Estaduais eram concursados e como tal tinham estabilidade, também o patrimônio das fundações pertencia a esses mesmos funcionários, os bancos compradores passaram por cima dos direitos adquiridos , e demitiu sem justa causa todos eles.

      Excluir
    2. O tempo passou, mas estou buscando todos os casos da imensa corrupção da Rede Globo e toda grande mídia e "jogando na cara" de certos Jornalistas, coxinhas e outros canalhas. PRINCIPALMENTE, casos de injustiças como o que a senhora conta. RECORDAR SEMPRE.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ENFRENTANDO O GOLPE 

A mídia corporativa e o governo golpista querem sufocar os blogs e sites de oposição ao golpe. Precisamos do seu apoio, da sua assinatura, e também do seu engajamento, nos ajudando a divulgar nossos blogs e sites de oposição ao golpe nas redes, republicando nossas postagens, distribuindo conteúdo para amplificar o alcance de nossas críticas.

Assinar é muito fácil, é só clicar numa das imagens, Doar ou Assinar. Todos os cartões de crédito são aceitos



Se preferir, você pode fazer sua doação diretamente na conta do Blog:

Banco Bradesco
Pipa Produções Artísticas Ltda
CNPJ: 10585813/0001-44
Agência 0213
Conta 8035-7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
O Blog do Mello, enquanto não consegue se sustentar apenas com assinantes, precisa de anunciantes, e você utiliza um bloqueador de anúncios.
Por favor, desative o bloqueador para o Blog do Mello. Obrigado.