sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Twitter do Globo é invadido por manifestantes que pedem 'democratização da mídia que participou do golpe de 64 e apoiou a ditadura'


Abaixo, reprodução da imagem da página crackeada do jornal O Globo no Twitter:


Jornal O Globo crackeado

Aqui, nova crítica dos manifestantes contra a manipulação da mídia, de que O Globo é símbolo:

Crítica à informação manipulada pela mídia corporativa

Na página crackeada há uma referência ao Anonymous Brazil (@AnonManifest), com crítica à proibição do uso de máscaras em manifestações no Rio de Janeiro.

Página do Twitter de um perfil citado na página invadida do jornal O Globo

As manifestações marcadas para amanhã, 7 de setembro, por todo o Brasil vão da extrema esquerda à extrema direita - onde, em alguns aspectos, como o lacerdismo, se encontram.

Em boa parte, é encorajada pela mídia corporativa, que quer por o governo de joelhos para implantar sua agenda, que é coincidentemente a daquele país que espiona nosso governo e apoiou fartamente o golpe de 1964.

Também é pelo poderio dessa mídia que os demais brasileiros serão informados sobre o que se passará amanhã. A agenda-setting continua a ser determinada por ela.

E continuará assim, caso o governo não compreenda a importância da democratização da mídia e de uma maior e democrática participação popular no governo.

Uma atualização da página da pessoa que se diz do Anonimous traz uma imagem do ex-presidente João Goulart defendendo manifestações populares:

Ex-presidente João Goulart, derrubado pelo golpe civil-militar de 1964


Madame Flaubert, de Antonio Mello

Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Anônimo8.9.13

    "... No Brasil será irreversível: a TV Justiça continuará a transmitir as sessões plenárias do STF! No entanto, cumpre ressaltar que nos países civilizados - a exemplo da França - todos os julgamentos - e em todas as instâncias - são realizados sob o mais absoluto isolamento! Os juízes totalmente imunes a qualquer tipo de influência externa!..." Declaração proferida por Francisco Rezek - jurista e ex-presidente do TSE

    FONTE: programa de televisão de uma emissora do PIG, em 07/09/13

    NOTA: cumpre notar que a perplexidade do doutor Francisco Rezek foi manisfestada em relação à cobertura da TV Justiça! Leitor, imagine se a discussão enveredasse para a cobertura midiática encampada por aquela famigerada organização(!)...

    EM TEMPO: no mesmo "debate" televisivo, o jurista Miguel Reale Junior contestou a tese, afirmando: "De forma alguma os 11 ministros do Supremo deixarão ser influenciados por qualquer tipo de pressão! [Somente rindo! Adendo nosso!]" A declaração do Reale Junior se deu minutos após o âncora do programa ter encaminhado a tese de que, "dificilmente, os ministros do STF irão frustar as expectativas das 'vozes das ruas'"!... Ah! Miguel Reale Junior há poucos dias foi o entrevistado do 'Roda Viva' da TV Cultura! A participação do jurista superou o que o Joaquim Barbosa, o Gilmar Mendes e o Celso de Mello poderiam acrescentar no sentido de execrar publicamente os mensaleiros [do PT, revisor!]!...

    República de 'Nois' Bananas
    Bahia, Feira de Santana
    Messias Franca de Macedo

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...