domingo, 3 de novembro de 2013

Mauro Ricardo, que arquivou processo do desvio de meio bilhão de reais em SP, é homem de confiança de Serra desde 1995





No último dia útil do ano de 2012, sexta-feira, 28 de dezembro, ao apagar das luzes da prefeitura Kassab, Mauro Ricardo mandou arquivar processo de investigação do esquema dos fiscais da prefeitura, revelado agora, que pode ter desviado R$ 500 milhões, meio bilhão de reais, dos cofres públicos de São Paulo. Ao ler isto, é bom não esquecer (porque a mídia serrista vai esconder o fato nas entrelinhas) que Mauro Ricardo era secretário de Kassab, porque era apadrinhado por Serra, seu Godfather. Acompanhe:

Mauro Ricardo Costa começou a trabalhar com José Serra em 1995, quando assumiu a Subsecretaria de Planejamento e Orçamento, no Ministério de Planejamento e Orçamento, comandado por Serra.

Quando Serra trocou de Ministério, passando a ser Ministro da Saúde, adivinhe quem foi chamado para assumir a presidência da Fundação Nacional de Saúde (Funasa)? Ele mesmo, Mauro Ricardo.

Em 2005, quando Serra chegou à Prefeitura de São Paulo, chamou Mauro Ricardo para ser seu Secretário de Finanças.

Depois, Serra se elegeu governador de São Paulo. Enquanto esteve à frente do cargo, seu secretário de Estado da Fazenda foi Mauro Ricardo.

Como Serra perdeu a eleição presidencial para Dilma, não deixou seu protegido ferido na estrada, ao desamparo, e Mauro Ricardo passou a exercer a mesma função de secretário de Finanças que exercia na administração Serra, afinal, o paulistano sabe que Serra é Kassab, e vice-versa.



Madame Flaubert, de Antonio Mello

Comente com o Facebook:

3 comentários:

  1. Anônimo4.11.13

    E isso que o cara era (pq não sei se está ainda afastado ou pediu demissão) Auditor Fiscal da Receita Federal

    ResponderExcluir
  2. E aí Mello! Vamos desarquivar esse processo. Porque não?

    ResponderExcluir
  3. O "zé cerra" além de parecer com o smigol do senhor dos anéis está ficando parecidíssimo com o falecido ator Ítalo Rossi...
    Precisamos arrancar em caráter definitivo a "blindagem" desse bandido, que acobertado pelo poder público amestrado desde a época dos des-governos da quadrilha do psdb, chefiado pelo boca de chinelo e príncipe da privataria fhc, tem enriquecido através de inúmeras atividades criminosas sem que nada nem ninguém consiga pará-lo legalmente, apesar de todas as provas existentes por exemplo no livro do Amaury Ribeiro - A Privataria Tucana...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...