segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Polícia Federal do governo Dilma algema Dirceu e Genoíno no voo para Brasília. E o ministro Cardozo? Pergunte à Veja





Notícia foi veiculada no programa Fantástico da Rede Globo e reproduzida no jornal O Globo do oligopólico grupo.

No trecho final da viagem, entre Belo Horizonte e Brasília, os nove presos sentaram-se nas poltronas das janelas. Ao lado de cada um deles estava um agente da Polícia Federal. Antes da decolagem, todos foram algemados. [Fonte]

A Polícia Federal, não custa lembrar, é subordinada ao ministério da Justiça. Não se tem notícia do titular da pasta desde a ordem de prisão decretada pelo presidente do STF, Joaquim Barbosa, em pleno feriado da proclamação da República.

Mas há um local onde se acha o ministro Cardozo: a revista Veja. Numa entrevista de  2008, o ministro disse que o mensalão existiu:

“Vou ser claro: teve pagamento ilegal de recursos para políticos aliados? Teve. Ponto final.
“É ilegal? É.
“É indiscutível? É.
“Nós não podemos esconder esse fato da sociedade e temos de punir quem praticou esses atos e aprender com os erros.” [Fonte]

Se você que me lê conhece alguém da Veja, peça para que achem o ministro, porque para a revista ele aparece: amarelões adoram as páginas amarelas da Veja.



Madame Flaubert, de Antonio Mello

Comente com o Facebook:

11 comentários:

  1. São covardes, omissos e oportunistas, todos eles. quantas brigas já compramos por essa turma.

    ResponderExcluir
  2. Esse desgraçado nunca me enganou. Cabo Anselmo do inferno...
    Precisamos cobrar isso. COMPARTILHE!
    Dilma, muito mal assessorada pelo seu ministro da (in)Justiça, por incompetência ou má fé (do ministro), tem o dever moral e constitucional de conceder anistia aos presos políticos.
    É só fundamentar devidamente. E, Dilma ainda terá a oportunidade de desmascarar o conluio Globo & Joaquim Barbosa (STF).
    Companheira Dilma, você não pode se acovardar, sendo conivente com esse crime. A Constituição garante:
    ANISTIA JÁ!!!!

    ResponderExcluir
  3. Neli Faria18.11.13

    Adoro o Zé Eduardo,mas nessa,ele pisou na bola:algemas é só para presos perigosos ,o que fariam lá em cima?Dá asco!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Neli!!! O Zé Eduardo tornou-se um babacão... É um deslumbrado que está com o pé em duas canoas. Ele e o ministro das Comunicações (dos que não são do PT, NADA se pode, mesmo, esperar...) são uns inertes. E tem mais: Uma das maiores injustiças do futebol brasileiro foi o (nosso...) Santos não ter caído para a série B. O time, em proporção ao que ganham os atletas, é h-o-r-r-í-v-e-l !!! Nesse time nem o Guardiola dá jeito...

      Excluir
  4. Neli Faria18.11.13

    Missionária e Escritora Ester Neves O Zé Eduardo, conheço há mais de 30 anos, sempre foi petista fanático;pode ter pisado na bola, mas jamais seria um Cabo Anselmo.

    ResponderExcluir
  5. Annibal Botto18.11.13

    O Ministro da Justiça admitiu que houve pagamento ilegal. Segundo a denúncia do Roberto Jefferson tal pagamento ilegal, que ele Jefferson, chamou de "Mensalão" tinha o objetivo de "GARANTIR AO GOVERNO MAIORIA PARA APROVAR PROJETOS DE LEI, transformando-os em LEIS. Uma das leis aprovadas foi a REFORMA DA PREVIDÊNCIA que trouxe prejuízos aos trabalhadores. PERGUNTA: A tal "reforma da previdência" obtida através de meios fraudulentos (como afirmam o denunciador, como consideram os ministros do STF e como admite o ministro da justiça) TEM QUE SER DECLARADA NULA! Caso contrário, comprova que tudo isso não passou de uma manobra para "pegar petistas" já que a COMPRA DE VOTOS PARA A REELEIÇÃO DO FHC e o MENSALÃO DO PSDB não foram transformados em ação penal...CARAS DE PAU!!!

    ResponderExcluir
  6. Anônimo18.11.13

    ... *Acabou a farsa do MENTIRÃO!... Agora, prender todos os envolvidos no conluio fascista! Um a um! Uma a uma! Doa a quem doer!... O povo brasileiro, finalmente, irá passar este país a limpo! De verdade!...

    *http://correiodobrasil.com.br/noticias/politica/pizzolato-revela-na-italia-dossie-que-embaraca-julgamento-de-barbosa/663253/?fb_action_ids=240678306094986&fb_action_types=og.recommends&fb_source=other_multiline&action_object_map=%7B%22240678306094986%22%3A637029316340674%7D&action_type_map=%7B%22240678306094986%22%3A%22og.recommends%22%7D&action_ref_map=%5B%5D

    Deus é bom! E pelos justos!...

    BRASIL (QUASE-)NAÇÃO [depende de nós enquanto ações e reações!]
    Bahia, Feira de Santana
    Messias Franca de Macedo

    ResponderExcluir
  7. Estão questionando se isso das algemas é verdadeiro.
    Vc tem como verificar? Porque se for mentira da Globo, a PF deveria estrilar, não?

    ResponderExcluir
  8. Anônimo19.11.13

    A GUERRA É SUJA! SUJÍSSIMA!... O POVO TEM QUE IR ÀS RUAS!
    Os(as) jornalistas ‘amigos dos patrões barões do PIG’ “estão conduzindo a festa macabra”!
    Um *jornalista afirmou que num suposto julgamento do MENSALÃO DO PSDB, o STF irá julgar se os tucanos cometeram ou não o [simples!] caixa dois (sic) - “prática tão comum na nossa política tradicional!” adendo nosso...
    *http://colunaesplanada.blogosfera.uol.com.br/2013/11/18/psdb-isola-azeredo-e-serra-em-encontro-do-partido/
    Agora, outra lambança:
    **‘Em retaliação ao mensalão, PT quer processar Barbosa por crime de responsabilidade’

    **Por Gabriela Guerreiro “da Folha de São Paulo”

    DE BRASÍLIA
    18/11/2013 - 20h50
    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2013/11/1373266-em-retaliacao-ao-mensalao-pt-quer-processar-barbosa-por-crime-de-responsabilidade.shtml

    LÁ VEM O MATUTO QUE SENTE CHEIRO DE GOLPE DESDE O DIA EM QUE NASCEU EM PINDORAMA!

    Quer dizer, “intonci”, que um funcionário público – o atual presidente do ST – comete uma série de irregularidades administrativas, jurídicas e atrozes... E as vítimas ao expressarem a devida indignação, reivindicando a observância de preceitos Constitucionais, “estariam adotando uma atitude de represália, além de admitir os crimes inexistentes”?
    O IMPORTANTE: - mais uma vez – ‘o PT da governança’ deixará ser pautado pelo PIG, ou irá preferir confiar no povo brasileiro?

    RESCALDO: ah! O mesmo “jornalista” que antecipa o possível julgamento do “caixa dois” do conluio PSDB/DEMo, não se contentou “em dar o coice anterior”, segue:
    ***‘Na prisão, mensaleiros não escapam à revista a nu’
    ***http://colunaesplanada.blogosfera.uol.com.br/2013/11/19/na-prisao-mensaleiros-nao-escapam-a-revista-a-nu/

    EM TEMPO FÚNEBRE: sim, ‘o vil metal’ e a canalhice os tornam, digamos, refinadamente desumanos!
    (... Tudo tão vil e obsceno! Tudo tão efêmero!...)
    “As elites são tão estúpidas que desprezam as próprias ignorâncias!” Eduardo Galeano – emérito escritor e pensador humanista uruguaio, autor dentre outros, do ‘best-seller’ As Veias Abertas da América Latina...
    República de ‘Nois’ Bananas
    Bahia, Feira de Santana
    Messias Franca de Macedo


    ResponderExcluir
  9. Anônimo19.11.13

    'A PIZZA' DO JOAQUIM E DOS MARINHOS ESTÁ SENDO ASSADA NA ITÁLIA!

    E 'o pizzaiolo' responde pelo nome de Henrique Pizzolato! A pizza sabor 'mafiosos brasileiros na PAPUDA DO MEDITERRÂNEO civilizado' RISOS ENTENDA

    #########

    Pizzolato ganha tempo na Itália para reforçar sua defesa contra Barbosa 19/11/2013 15:59 Por Redação, com colaboradores - de Roma, São Paulo e Brasília A defesa do ex-diretor do Banco do Brasil (BB) Henrique Pizzolato, refugiado na Itália na tentativa de anular o julgamento da Ação Penal (AP) 470, conhecido como ‘mensalão’, ganhou um tempo extra na formulação do processo com o qual busca provar sua inocência. Uma vez demonstrado que os recursos que deram origem ao processo que levou o ex-ministro José Dirceu e do deputado federal José Genoino (PT-SP) a cumprir pena no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, um dos presídios mais perigosos do país, “o processo todo cai por terra e fica demonstrada a motivação política que permeia o relatório do hoje presidente do STF, ministro Joaquim Barbosa”, afirmou ao Correio do Brasil um dos advogados de Pizzolato, que prefere manter seu nome em sigilo. 'PIZZARIA'(!): http://correiodobrasil.com.br/noticias/politica/pizzolato-ganha-tempo-na-italia-para-reforcar-sua-defesa-contra-barbosa/663578/

    (JORNAL CORREIO DO BRASIL: ver Fac-símile de documento que será levado à Justiça italiana por Henrique Pizzolato - veja o documento em http://correiodobrasil.com.br/noticias/politica/pizzolato-ganha-tempo-na-italia-para-reforcar-sua-defesa-contra-barbosa/663578/)

    ResponderExcluir
  10. Anônimo21.11.13

    BOMBA, BOMBA, BOMBA... Acreditem se quiser! O Editorial da Folha de São Paulo de 21/11/13! Alguma 'BOMBA MAIOR' ESTÁ NA IMINÊNCIA DE EXPLODIR NO PAÍS!...

    #############

    Editorial: O outro mensalão
    21/11/2013 - 03h00

    Enquanto se discutem e se executam os trâmites finais do julgamento do mensalão, ainda patina no Supremo Tribunal Federal a análise de outro simbólico caso de corrupção --e que, segundo a denúncia, ocorreu em 1998, muito antes dos crimes cometidos no começo do governo Lula.
    Trata-se do chamado mensalão tucano, ou mineiro, esquema de desvio de recursos públicos tão semelhante --ainda que em escala mais restrita-- ao congênere petista que o Ministério Público Federal viu ali "a origem e o laboratório" dos atos praticados em 2003 e 2004 sob a liderança de José Dirceu, no Planalto.
    Acredita-se que personagens hoje bastante conhecidos e recentemente condenados pelo STF já executassem em favor do PSDB de Minas Gerais as mesmas operações que depois colocariam a serviço do PT no plano federal.
    O publicitário Marcos Valério Fernandes de Souza, bem como seus sócios Ramon Hollerbach e Cristiano Paz, aparece na acusação aliado ao hoje senador Clésio Andrade (PMDB) para articular um mecanismo criminoso de financiamento da campanha pela reeleição do então governador Eduardo Azeredo (PSDB).
    Pelo menos R$ 3,5 milhões teriam sido desviados dos cofres do Estado de Minas para a campanha de Azeredo, mediante contratos fraudulentos de patrocínio; em seguida, empréstimos do Banco Rural teriam servido para dissimular a fonte ilícita dos recursos.
    Embora a decisão caiba ao Supremo, o ex-procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, acredita que "vários delitos graves foram comprovados".
    Sua denúncia, apresentada em 2007 e aceita pelo STF em 2009, descreve situações que envolveram Azeredo e Walfrido dos Mares Guia --à época vice de Azeredo e candidato a deputado federal pelo PTB, depois ministro de Lula--, apontado como um dos organizadores da campanha tucana.
    Personagens sem direito ao foro privilegiado também foram listados pelo Ministério Público Federal. Serão julgados nas instâncias inferiores, já que a ação do mensalão tucano, ao contrário do petista, foi desmembrada. O núcleo político responderá perante o STF.
    Questionado por esta Folha, o ministro Luís Roberto Barroso, relator do processo do mensalão tucano no STF, afirmou que julgará o caso o mais depressa que o devido processo legal permitir. Espera-se que seja exatamente assim.
    Após o desfecho do processo do mensalão petista, a Suprema Corte brasileira não pode dar espaço à interpretação de que funciona em regimes distintos de acordo com a coloração partidária dos acusados.

    FONTE: http://www1.folha.uol.com.br/opiniao/2013/11/1374283-editorial-o-outro-mensalao.shtml

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...