quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Desafio o Jornal Nacional a fazer com a Globo Overseas reportagem como a que fez sobre o hotel onde José Dirceu vai trabalhar





O diretor geral de Jornalismo e Esportes da Rede Globo, Ali Kamel, diz que o jornalismo da emissora é independente, ponto, mas, acrescento eu, "dos fatos", só agora ponto.

Para mostrar essa independência, desafio o Jornal Nacional da Rede Globo a produzir reportagem semelhante à que exibiu na edição de ontem do telejornal sobre o hotel em que José Dirceu vai trabalhar. Só que o alvo da operação investigativa tem que ser a Globo Overseas.

Na reportagem de ontem, o JN chegou a enviar repórteres ao Panamá para investigar a quem pertence o Hotel Saint Peter, onde Dirceu vai ser gerente administrativo. Será pelos R$ 20 mil de salário dele? Ou porque a Globo não admite que se dê emprego a "mensaleiros"?

Mas, volto eu, que tal mostrar a independência do jornalismo Global, fazendo uma grande reportagem sobre a Globo Overseas, aquela empresa que a Globo criou no exterior apenas para fraudar a Receita Federal, segundo processo em que foi condenada a pagar, à época, mais de R$ 600 milhões?

Que tal esclarecer aos brasileiros por que a empresa foi criada? Por que a Receita a autuou e a Justiça reconheceu a dívida milionária - hoje, com a correção, provavelmente bilionária?

Por que o processo foi surrupiado da sede da Receita, quem o surrupiou, com que intuito e a mando de quem?

Taí o desafio.


Madame Flaubert, de Antonio Mello

Comente com o Facebook:

27 comentários:

  1. Cissa4.12.13

    Melo, ainda acrescentaria uma investigação pra descobrir quem é o dono da droga transportada pelo helicóptero dos Perrelas.

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Anônimo5.12.13

      Não, caro Gilberto leite de Andrade...Que está perdendo é a verdade...é JUSTIÇA....é a democracia.....

      Excluir
  3. José4.12.13

    Você certamente está falando da Globo Overseas, que tem com endereço a R. ORANGE lá nos EUA?

    ResponderExcluir
  4. leonardo-pe4.12.13

    Não Gilberto: voce está indi nessa Ridicula onda de desmoralização que a Globo está tentando ao desmoralizar o Dirceu!

    ResponderExcluir
  5. Anônimo4.12.13

    OS GOLPISTAS NÃO SABEM O QUE SIGNIGICA ESCRÚPULO! Na verdade, nunca souberam, nunca saberão! Que Justiça? ENTENDA!

    ############

    LARANJA DO SAINT PETER COMPROU TVA DA ABRIL

    EXCLUSIVO _ Documentos oficiais obtidos pelo 247 mostram que Grupo Abril vendeu operação da TVA em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba para o mesmo grupo estrangeiro que comprou, em Brasília, o hotel Saint Peter; a Compor, que arrematou as concessões de tevê de Giancarlo Civita, é controlada pela Truston, panamenha; a Truston tem como auxiliar José Euguenio Silva Ritter (à esq.), que vem a ser o 'proprietário' do hotel que ofereceu emprego para José Dirceu, ex-presidente do PT; conexão Panamá tem mesmo coloração ideológica ou é apenas um atalho comercial legalizado?; politização da normalidade; fac-similes
    4 DE DEZEMBRO DE 2013 ÀS 18:51
    247 – Documentos obtidos com exclusividade pelo 247 mostram que dias atrás, mais precisamente em 20 de novembro, o Grupo Abril consolidou em última instância a venda das operações da TVA em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba – três das principais praças comerciais do Brasil – para nenhuma menos que a Truston International Inc.
    (...)

    FONTE: http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/122973/Laranja-do-Saint-Peter-comprou-TVA-da-Abril.htm

    República de ‘Nois’ Bananas
    Bahia, Feira de Santana
    Messias Franca de Macedo

    ResponderExcluir
  6. Anônimo4.12.13

    OS GOLPISTAS NÃO SABEM O QUE SIGNIGICA ESCRÚPULO! Na verdade, nunca souberam, nunca saberão! Que Justiça? II ENTENDA!
    ############
    Justiça nega prioridade em pedido de trabalho de Dirceu
    Quarta, 04 de Dezembro de 2013 - 18:10

    A Justiça negou, nesta quarta-feira (4), a concessão de prioridade à solicitação da defesa do ex-ministro José Dirceu para trabalho externo em um hotel de Brasília. A decisão foi assinada pelo juiz Vinícius Santos Silva, da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal. A defesa havia pedido privilégio para Dirceu, preso no presídio da Papuda após condenação no processo do mensalão, com base no Estatuto do Idoso, que assegura celeridade nos processos de presos acima de 60 anos. "[...] Todas as propostas particulares de emprego já são tratadas e conduzidas como dito com absoluta prioridade por este juízo indepentente da condição etária ou de saúde, não havendo que se falar, nessa específica hipótese, de eventual prioridade da prioridade", justificou a decisão. O hotel ofereceu salário de R$ 20 mil por mês para o ex-ministro. O magistrado acrescentou que a proposta de trabalho de Dirceu "não é mais frágil e suscetível de perecimento que as demais que aguardam". "Há que se respeitar a ordem dos estudos técnicos que gozam igualmente de prioridade e já iniciados há mais tempo", completou.

    CACHOEIRA – perdão, ato falho -, FONTE:http://www.bahianoticias.com.br/principal/noticia/147432-justica-nega-prioridade-em-pedido-de-trabalho-de-dirceu.html

    LÁ VEM O MATUTO QUE SENTE CHEIRO DE GOLPE DESDE O DIA EM QUE NASCEU EM PINDORAMA!

    O golpe cavalga sob togas!


    DA SÉRIE "COISAS DO 'BRAZIL'"!

    ... O golpe está se processando, as pessoas "estão felizes", e as Instituições democráticas "seguem firmes e inabaláveis"! Pausa para rir das nossas ‘desgraças tropicais’!

    … É tudo tão Kafkiano e tão surreal que me permito desconfiar até dos advogados de defesa dos condenados [literalmente!] pelo julgamento de exceção – e subordinados ao jugo do arbítrio e da ilegalidade!…

    É verdade: “a Idade Média ainda não deu as caras por aqui!”

    República de ‘Nois’ Bananas
    Bahia, Feira de Santana
    Messias Franca de Macedo


    ResponderExcluir
  7. Desse desígnio até o delegado (ou o juiz ) está fugindo . São Paulo e Minas estão dominados.PSDB Partido Sem Democracia do Brasil.Haja brasileiros para lutar pela volta da democracia.

    ResponderExcluir
  8. leonardo-pe4.12.13

    perdão,é indo e não indi!

    ResponderExcluir
  9. Ulisses4.12.13

    Gilberto, quem perde é você, sua familia e todos brasileiros espoliados pela Globo, que não paga seus impostos, pelo PSDB que é protegido pela Globo porque rouba voce e todos brasileiros não 50 milhões de caixa dois, mas bilhões no trensalão tucano, na prefeitura de SP, na Privataria tucana, com Aécio e o mensalão tucano e pelo Judiciário que é protegido pela Globo e torra seus impostos em mamatas como passeios a Europa e EUA com a família a custas de seus impostos, mordomias e salários de aposentados para juízes bandidos. E você, como bobo alegre bate palmas

    ResponderExcluir
  10. Anônimo5.12.13

    Ué, a receita federal não é comandada pelo governo federal?

    ResponderExcluir
  11. É verdade, mexeu no vespeiro agora tem que se mostrar!

    ResponderExcluir
  12. Anônimo6.12.13

    Como a imparcialidade da globo diminui a sujeira que foi essa proposta de emprego do Dirceu? Quando vocês vão deixar esse fanatismo de lado e realmente se preocupar com o país? Corrupção é corrupção, não importa se do PT ou do PSDB.

    ResponderExcluir
  13. Fabio9.12.13

    Mello, não só a Globo que não faz esta reportagem , como os outros canais, não fazem, os donos dos outros canais são fieis até debaixo dágua, corporativismo igual só vi com os médicos, que atacaram o programa Mais Médicos.

    ResponderExcluir
  14. Anônimo12.12.13

    Joaquim Barbosa aceita denúncia e condena o TUCANO Eduardo Azeredo (03/09/2009)

    [Por 5 votos a 3, o Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou, na sessão do dia 3 de dezembro de 2009, a denúncia do Ministério Público Federal (Inq 2280) contra o senador Eduardo Azeredo (PSDB) pela suposta prática dos crimes de peculato e lavagem de dinheiro, caso que ficou conhecido como mensalão tucano. O relator da denúncia, ministro Joaquim Barbosa, votou pelo recebimento da denúncia. O julgamento do inquérito foi iniciado no dia 4 de novembro de 2009 e interrompido no dia seguinte, quando o ministro Dias Toffoli pediu vista do processo. Assista neste vídeo ao ministro Joaquim Barbosa reafirmando seu voto, após o ministro Dias Toffoli se posicionar pela rejeição da denúncia.]

    Ver em: http://www.youtube.com/watch?v=MXUUdIx0uWw

    ResponderExcluir
  15. Anônimo12.12.13

    VÍDEO BOMBA! A partir dos 31:30, o ministro do STF Joaquim Barbosa compara a Ação Penal 536 [MENSALÃO DEMoTUCANO] e a Ação Penal 470; aos 32:30, o relator Joaquim Barbosa afirma, peremptoriamente: “... [Apesar das semelhanças] No caso do MENSALÃO TUCANO MINEIRO, comprovadamente a maior parte dos recursos movimentada ILEGALMENTE derivou de dinheiro PÚBLICO, diferentemente do que ocorreu na Ação Penal 470; a partir do 40:00, o ministro Joaquim Barbosa ratifica a realização dos FATOS CRIMINOSOS: lavagem de dinheiro, peculato e FORMAÇÃO DE QUADRILHA perpetrados pelos DEMoTUCANOS!

    (03/09/2009)

    Ver em: http://www.youtube.com/watch?v=MXUUdIx0uWw

    ResponderExcluir
  16. Anônimo12.12.13

    VÍDEO PEDAGÓGICO, ELUCIDATIVO E CABAL! O ex-presidente da Câmara, JOÃO PAULO CUNHA, desafia Joaquim Barbosa a provar sua culpa!

    A FARSA DO MENTIRÃO ESTÁ SENDO DESCONSTRUÍDA!

    http://www.ocafezinho.com/2013/12/12/a-defesa-de-joao-paulo-cunha-e-o-cinismo-da-midia/#comment-28821

    ou aqui:
    http://www.youtube.com/watch?v=LT0oTFAPH_I#t=60

    ResponderExcluir
  17. Anônimo12.12.13

    VÍDEO BOMBA! A partir dos 31:30, o ministro do STF Joaquim Barbosa compara a Ação Penal 536 [MENSALÃO DEMoTUCANO] e a Ação Penal 470; aos 32:30, o relator Joaquim Barbosa afirma, peremptoriamente: “... [Apesar das semelhanças] No caso do MENSALÃO TUCANO MINEIRO, comprovadamente a maior parte dos recursos movimentada ILEGALMENTE derivou de dinheiro PÚBLICO, diferentemente do que ocorreu na Ação Penal 470; a partir do 40:00, o ministro Joaquim Barbosa ratifica a realização dos FATOS CRIMINOSOS: lavagem de dinheiro, peculato e FORMAÇÃO DE QUADRILHA perpetrados pelos DEMoTUCANOS! (03/09/2009) Ver em: http://www.youtube.com/watch?v=MXUUdIx0uWw

    ResponderExcluir
  18. Anônimo13.12.13

    SONEGAÇÃO DA GLOBO JÁ ESTÁ NA PF

    Denúncia de sonegação fiscal de mais de R$ 600 milhões da Rede Globo e posterior sumiço do processo na Receita Federal, pela funcionária Cristina Maris Meinick Ribeiro, foi encaminhada à Superintendência Regional da Polícia Federal no Rio de Janeiro, onde se encontra agora; serão apurados dois crimes: contra a Ordem Tributária e ocultação de bens

    13 DE DEZEMBRO DE 2013 ÀS 18:20

    Do blog O Cafezinho - A denúncia sobre a sonegação bilionária da Rede Globo, e posterior sumiço do documento da Receita Federal, que o núcleo fluminense do Barão de Itararé, junto com o blog Megacidadania, protocolou no Ministério Público Federal do Rio de Janeiro, seguiu os trâmites internos da instituição e virou o Ofício 13344/2013. O documento foi encaminhado à Superintendência Regional da Polícia Federal no Rio de Janeiro, onde se encontra agora.

    A PF apurará dois crimes: 1) contra a Ordem Tributária, que é o crime da sonegação propriamente dita, e que pode envolver evasão de divisas, lavagem de dinheiro e crimes contra o sistema financeiro; e 2) ocultação de bens, diretos ou valores, que corresponde ao misterioso desaparecimento dos documentos originais, nos quais os auditores da Receita decidem pela condenação da Rede Globo pelo crime de sonegação.

    Confira o documento:
    Segundo apurado pelo blog, este ofício está sendo analisado pela Corregedoria da PF, procedimento preliminar à abertura de um inquérito policial. Fontes da própria PF nos informaram que a praxe é que o procedimento seja concluído de 60 a 90 dias. Ou seja, já está atrasado.
    O Barão de Itararé, na próxima semana, enviará uma comitiva às dependências da Superintendência da PF-RJ para pressionar pela abertura desse inquérito, no mais curto prazo possível. Iremos lembrar às autoridades da magnitude do valor em questão, e da importância que ele adquire como exemplo contra a sonegação de impostos.
    O sonegômetro atualizado esta semana pelo Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional (Sinprofaz) deve chegar a R$ 415 bilhões em 2013. Trata-se de uma das maiores chagas nacionais, ainda mais grave que a corrupção, que sangra os cofres públicos em R$ 50 a 80 bilhões por ano.

    *Abaixo, um fác-símile do protocolo que deu origem ao ofício que está na PF:
    *em http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/123992/Cafezinho-sonega%C3%A7%C3%A3o-da-Globo-j%C3%A1-est%C3%A1-na-PF.htm

    Para saber mais sobre a sonegação da Globo, clique aqui:
    http://www.ocafezinho.com/2013/12/13/sonegacao-da-globo-ja-esta-na-policia-federal/

    ResponderExcluir
  19. Anônimo13.12.13

    … Vai ter ‘helicoPÓtero’ da globo “sobrevoando a cobertura desta *matéria”?!…
    *BOMBA: SONEGAÇÃO DA GLOBO
    JÁ ESTÁ NA POLÍCIA FEDERAL

    Pano rápido!…

    ResponderExcluir
  20. Anônimo14.12.13

    Gilmar Mendes, O RÉU CONFESSO! Mais uma peça da autocondenação! Tudo o que ele expõe, encaminha ao contrário: julgamento do MENSALÃO DEMoTUCANO mineiro, julgamento da Ação Penal 470, o tal MENTIRÃO, respectivamente! Leitor(a), acompanhe as bases para o impeachment do “supremo” Gilmar Mendes!
    (Vídeo: ‘Ministro Gilmar Mendes rejeita denúncia contra Eduardo Azeredo’

    http://www.youtube.com/watch?v=5HQl6iFOGMo)

    # aos 06:00, o, à época, presidente do STF, Gilmar Mendes, tenta convencer os membros do Colegiado, exortando, pasme, acerca da preocupação absoluta (sic) em relação a honra dos acusados, e as repercussões políticas do processo penal;
    # aos 07:00, o protagonismo da hipocrisia, da desfaçatez abominável: o Gilmar Mendes volta a ressaltar, enfaticamente, os cuidados que se deve ter atinentes ao zelo com a dignidade da pessoa humana! Que mimoso! Pausa para rir!;
    # aos 08:50: a defesa prévia (idem sic) do acusado Eduardo Azeredo;
    # aos 09:30, o cínico fala sobre os riscos de eventuais ‘abusos de autoridades’! [Incrível!];
    # aos 09:56, meio que envergonhado, o ministro “detona a tese do ‘domínio do fato’”!;
    # aos 13:28, despreza, para efeitos de processo penal, indícios, presunções, ilações...;
    # dos 14:50 até os 18:18, novamente, exalta a preocupação com o zelo que deve ser observado em relação à honra e à dignidade das pessoas! Termina este ato(!), mais uma vez, assoprando os beiços INFAMES!;
    # aos 21:25, o Gilmar Mendes admite a culpabilidade do Eduardo Azeredo... No entanto, aos 21:38, não consegue disfarçar o constrangimento para mencionar o nome do acusado! O nome Azeredo é pronunciado após um silêncio cúmplice e revelador’!...;
    # aos 21:50, desqualifica um documento comprobatório incluso no Inquérito, reportando-se à testemunha pela epígrafe pejorativa de ‘a tal prima’! Em seguida, ironiza os [supostos] valores gastos na campanha do tucano Eduardo Azeredo!;
    # a partir dos 23:00, “dá um tiro de misericórdia”, rejeitando a denúncia contra o TUCANO amigo dele, o Eduardo Azeredo! Gilmar Mendes, preferencialmente, prefere tratar o [acusado!] Eduardo Azeredo por, simplesmente(!), Azeredo!;
    # aos 24:15, o ministro relator do Inquérito, Joaquim Barbosa, contesta o presidente da “corte suprema”, o Gilmar Mendes!;
    # aos 24:44, “o supremo” ministro Marco Aurélio Mello afirma, pasme: “Cumpre esclarecer que nós sequer imaginamos que haja culpabilidade por parte do senador [senador!] Eduardo Azeredo! Por que não MENSALEIRO?! Ou suposto chefe de quadrilha e/ou suposto operador de organização criminosa?!...];
    # ao término desta memorável(!) e pedagógica(!!) sessão do STF, o ministro Gilmar Mendes - e o indefectível [e horrendo!] assopro dos beiços!...
    IMPORTANTE: assista ao vídeo sem vomitar, se tiver estômago! Ou então, “abasteça-se” do antiemético Plasyl®!...
    http://www.youtube.com/watch?v=5HQl6iFOGMo)
    República da [eterna] oPÓsição ao Brasil! Fascista, terrorista, estúpida, MENTEcapta, corrupta até a enésima geração...
    Bahia, Feira de Santana
    Messias Franca de Macedo

    ResponderExcluir
  21. Anônimo15.12.13

    BOMBA! EXTRA! Cláudio Lembro: "O José Genoino será transformado em mártir, um novo Tiradentes!" Cláudio Lembo desconstrói o MENTIRÃO!: há base para o impeachment de Joaquim Barbosa

    Enviado por Miguel do Rosário on 15/12/2013 – 12:42 am

    Essa entrevista de Lembo para o José Roberto Toledo, colunista do Estadão que, descobri agora, tem um programa na Rede TV, está excepcional, porque o ex-governador de São Paulo, um homem de ideias conservadoras, não teve papas na língua.

    Ele fala o seguinte:

    - O julgamento do mensalão trouxe insegurança jurídica.
    - O show midiático montado por Barbosa na prisão dos condenados foi um crime.
    - Há base para se pedir o impeachment de Joaquim Barbosa.
    - José Genoíno entrará para a história como um mártir, um herói.

    Para ficar num tamanho amigável, eu editei o vídeo. São apenas 5 minutos, que valem a pena assistir!

    Quem quiser ver um trecho maior, com 16 minutos, pode clicar aqui.

    http://www.youtube.com/watch?v=BmT6P6d414Q

    FONTE: http://www.ocafezinho.com/2013/12/15/lembro-ha-base-para-o-impeachment-de-joaquim-barbosa/#sthash.MTYuCE12.dpuf

    Enviado por Miguel do Rosário on 15/12/2013 – 12:42 am

    ResponderExcluir
  22. Anônimo16.12.13

    BOMBA! Com medo de morrer, delator do mensalão tucano fica em presídio de segurança máxima e se diz perseguido por Aécio

    publicado em 16 de dezembro de 2013 às 0:48

    ASSISTA AO ÁUDIO DA ENTREVISTA BOMBÁSTICA! "PENAS DOS TUCANOS "voando igual a PÓ!"

    Monteiro: um encontro nos bastidores do Fórum Por Lúcia Rodrigues, de Belo Horizonte*, especial para o Viomundo Quem vê aquele homem de cabelo grisalho, algemado, com uniforme de presidiário e chinelo de dedo nos pés, sendo escoltado por dois policiais militares pelos corredores do Fórum Lafayette, no centro de Belo Horizonte, não tem ideia de que se trata da mesma pessoa que entregou à Polícia Federal um esquema de corrupção do PSDB. Nilton Monteiro é a principal testemunha contra a cúpula do partido em Minas Gerais. Em 2005, revelou a trama urdida pelos tucanos para desviar dinheiro público para o financiamento das campanhas de Eduardo Azeredo à reeleição ao governo do Estado e de parlamentares de vários partidos, em 1998. Preso desde maio de 2013, agora no complexo penitenciário de segurança máxima Nelson Hungria, em Contagem, região metropolitana de BH, sob a acusação de coagir testemunhas em um processo em que aparece como falsário, Monteiro decide denunciar quem tem interesse em vê-lo atrás das grades. Ele se declara inocente e jura ser vítima de uma armação de políticos denunciados no esquema do mensalão tucano, que querem mantê-lo na cadeia afastado dos holofotes. O nome do senador Aécio Neves (PSDB-MG) encabeça a relação. “Por detrás da minha prisão está o Aécio Neves… Eu fui operador do esquema junto com o Marcos Valério”, frisa. A lista com os nomes dos políticos arrolados no mensalão tucano é extensa. O senador Aécio Neves, pré-candidato à Presidência da República, é um dos que aparecem, como beneficiário de R$ 110 mil.

    ResponderExcluir
  23. Anônimo16.12.13

    O dinheiro chegou a suas mãos pelo esquema do publicitário Marcos Valério, que esquentava os recursos públicos nas agências de publicidade que comandava: a SMP&B e a DNA, as mesmas empresas acusadas de servir ao mensalão petista anos mais tarde. Dois pesos e duas medidas Apesar de a lista do mensalão tucano ou mineiro, como a grande mídia prefere classificar o escândalo, ter sido reconhecida por peritos da Polícia Federal como verdadeira, nenhum dos envolvidos no desvio de dinheiro público pelo esquema de corrupção do PSDB foi julgado até agora. Em 2009, o relator do processo no STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Joaquim Barbosa, atendendo a solicitação dos réus, entre eles Marcos Valério, desmembrou o inquérito e remeteu para Minas os casos dos envolvidos no mensalão tucano que não tinham foro privilegiado. Desmembramento semelhante não aconteceu no caso dos petistas. Quatro anos depois, Valério foi condenado por Joaquim Barbosa a mais de 40 anos de prisão em regime fechado pelo mensalão que teria sido encabeçado pelo ex-ministro José Dirceu. O crime pelo qual Valério foi julgado é absolutamente similar ao que teria cometido no esquema do PSDB. Nos dois casos, sua função era mesma: dar cobertura legal a esquemas de desvio de dinheiro público. Neste caso, Valério será julgado pela justiça estadual mineira. Em Brasília só permaneceram os casos do agora senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG), do senador Clésio Andrade (PMDB-MG), além do ex-ministro do Turismo e das Relações Institucionais, Walfrido dos Mares Guia (PSB-MG), por terem foro privilegiado. Posteriormente, quando deixou a pasta ministerial, o processo de Mares Guia também seguiu para Minas. Ele teria se beneficiado da prescrição do crime ao completar 70 anos, no ano passado. A conta-gotas O processo que tramita na Justiça de Minas envolve 10 réus. O promotor de justiça de Defesa do Patrimônio Público de Belo Horizonte João Medeiros Silva Neto, responsável pela acusação, considera que os réus do mensalão tucano devem ser julgados no final de 2014, início de 2015.

    ResponderExcluir
  24. Anônimo16.12.13

    Ele considera o prazo plausível devido ao número elevado de testemunhas arroladas no processo. Antecipa que vai pedir a condenação dos réus por peculato e lavagem de dinheiro. Esses crimes prevêem penas de dois a 12 anos e de três a 10 anos de reclusão, respectivamente. “O Supremo Tribunal Federal na Ação Penal 470 fixou penas bem elevadas. Esperamos que isso sirva de parâmetro para as penas na justiça estadual”, ressalta o promotor. Até agora só testemunhas foram ouvidas no processo. A próxima fase prevê o depoimento dos réus, mas ainda não há data marcada para que isso aconteça. No último dia 10, a oitiva de uma testemunha foi cancelada. A reportagem do Viomundo procurou a juíza da 9° Vara Criminal, Neide da Silva Martins, no fórum de Belo Horizonte, para obter mais detalhes sobre o processo. Ela solicitou, por meio de sua secretária, que as perguntas fossem encaminhadas por escrito, mas ainda não retornou o contato. Personagem conturbado Nilton Monteiro tornou-se peça-chave no esquema de acusação contra os tucanos, conduzido pelas mãos de Cláudio Mourão, ex-tesoureiro da campanha de Eduardo Azeredo e ex-secretário do governo de Minas. De aliado político, Mourão passou a desafeto do ex-governador. O motivo seria uma dívida de campanha, da ordem de R$ 700 mil, que Azeredo não queria saldar com o filho do ex-secretário Mourão. Nilton Monteiro teria passado, então, a pressionar Azeredo com a lista de Mourão que denunciava o mensalão mineiro. Azeredo entrou em acordo com Mourão e os dois reataram politicamente. O que eles não contavam é que Monteiro não devolvesse a lista, que em seu poder se transforma em instrumento de poder político. Pressionados pelas denúncias, os tucanos passaram a desqualificar as acusações. Monteiro, de repente, começou a ser identificado por eles como aliado PT, quando é cria do ninho tucano. Apesar de afirmar que não se arrepende de ter denunciado o esquema de corrupção do PSDB, Monteiro viu sua vida virar de ponta cabeça. De braço direito do ex-empreiteiro e ex-deputado federal Sérgio Naya, hoje Nilton Monteiro dorme em um colchão no chão da cela que divide com outro detento e trabalha como jardineiro no presídio. A escolha por uma prisão de segurança máxima foi dele, que teme pela própria vida. Ele acusa o delegado Márcio Nabak de comandar várias retaliações que já sofreu. Segundo Nilton, Nabak seria aliado de políticos denunciados no esquema de corrupção tucana. O medo de retaliação à família também preocupa Monteiro. Ele quer a federalização dos seus processos. Ele não tem dúvida sobre o futuro difícil que terá pela frente. Mesmo assim prefere partir para o ataque e denunciar o controle do PSDB sobre a mídia, para abafar denúncias contra quadros do partido. A reportagem do Viomundo entrevistou Nilton Monteiro em uma sala reservada dentro do gabinete do juiz da 3° Vara Criminal de Belo Horizonte, Guilherme Sadi, no último dia 6, quando ele compareceu ao fórum da capital mineira para participar de audiência. O recinto é reservado para conversas entre réus e advogados. Durante toda a entrevista Nilton foi mantido algemado e um policial militar permaneceu dentro da sala. A pedido do advogado de Nilton, William Souza, a reportagem garantiu que a fotografia do réu não o identificaria com as algemas. *Os leitores do Viomundo financiaram a viagem e a série de reportagens de Lúcia Rodrigues a respeito do mensalão tucano.

    FONTE: http://www.viomundo.com.br/denuncias/com-medo-de-morrer-delator-do-mensalao-tucano-fica-em-presidio-de-seguranca-maxima-e-se-diz-perseguido-por-aecio-neves.html

    ResponderExcluir
  25. Você continua perdendo Mello!
    O fanatismo e as mentiras da PTRALHADA,é indescritível!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...