segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

O assassinato e o segundo assassinato de Chico Mendes, 25 anos depois



Foto de Altino Machado


Chico Mendes foi morto de emboscada, num 22 de dezembro, há 25 anos. Agora, o blogueiro Altino Machado denuncia o segundo assassinato de Chico Mendes, o de suas lutas, suas bandeiras.

A foto aí acima, do próprio Altino, resume o crime: em vez de floresta, temos gado e toras de madeira, exatamente o oposto do que Chico Mendes defendia:

Neste domingo (22) faz 25 anos que o líder sindical e ecologista Chico Mendes foi assassinado em Xapuri (AC) por se opor à pecuária extensiva de corte e à exploração florestal madeireira do Acre, duas atividades predatórias em franca expansão no Estado.

No final da tarde deste sábado (21) fotografei parcialmente uma fazenda na BR-317, palco da luta de Chico Mendes, que agora exibe, como nas demais estradas e ramais, o consórcio da pecuária extensiva de corte com a exploração florestal madeireira, que empregam pouco e são reconhecidamente predatórias.
(sigam lendo a postagem do Altino Machado em seu blog).


Aproveito a ocasião para desejar um Feliz Natal aos amigos e amigas do Blog e também ao Altino, blogueiro das antigas e fonte fidedigna.



Madame Flaubert, de Antonio Mello

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...