quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Vídeo mostra que colchão em chamas foi jogado em cima do fusca, ao contrário dos que acusam o 'irresponsável' serralheiro





As imagens acima mostram CLARAMENTE que não foi o fusca que se jogou em cima do colchão em chamas, mas um escroto irresponsável que empurrou o colchão em chamas sobre um fusca com cinco pessoas dentro, uma delas uma criança, que jamais se esquecerá desse acontecimento na vida de suas retinas ainda tão pouco fatigadas.

Quem acha que um ato torpe destes é uma manifestação legítima contra a Copa deve entrar no fusca e dar um rolezinho com um cobertor em chamas.


Madame Flaubert, de Antonio Mello

Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Corcordo plenamente..!! São um bando de lixo e aproveitadores da situação para praticar crimes.. por pouco uma família toda poderia ter sido morto por culta destes marginais disfarçados de manifestantes.
    Há de se ter o rigor da lei contra estes marginais e enquadrar essa raça da vagabundo em todos os artigos possíveis do CP, começando por Formação de Quadrilha..!! www.policiamunicipaldobrasil.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ENFRENTANDO O GOLPE 

A mídia corporativa e o governo golpista querem sufocar os blogs e sites de oposição ao golpe. Precisamos do seu apoio, da sua assinatura, e também do seu engajamento, nos ajudando a divulgar nossos blogs e sites de oposição ao golpe nas redes, republicando nossas postagens, distribuindo conteúdo para amplificar o alcance de nossas críticas.

Assinar é muito fácil, é só clicar numa das imagens, Doar ou Assinar. Todos os cartões de crédito são aceitos



Se preferir, você pode fazer sua doação diretamente na conta do Blog:

Banco Bradesco
Pipa Produções Artísticas Ltda
CNPJ: 10585813/0001-44
Agência 0213
Conta 8035-7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
O Blog do Mello, enquanto não consegue se sustentar apenas com assinantes, precisa de anunciantes, e você utiliza um bloqueador de anúncios.
Por favor, desative o bloqueador para o Blog do Mello. Obrigado.