sexta-feira, 2 de maio de 2014

Para Paulinho da Força, Revolução é uma tequila que se toma para “calibrar o discurso”



FOLHA DE SÃO PAULO
2 de maio de 2014
Painel
Vera Magalhães
PINGA NI MIM
Paulinho da Força comprou três garrafas de tequila “Revolución” para a festa da central e, às 11 horas, já circulava com um copo à mão. Disse que era para “calibrar o discurso”. Acabou dizendo que Dilma deveria estar na Papuda. A fala preocupou advogados da central.

Notícia da Folha a gente tem que ler com muito cuidado. Amanhã, pode vir um Erramos, como já virou rotina por lá.

Mas, de uma coisa se pode ter certeza, Paulinho da Força exagerou na dose. No discurso. Na tequila. Ou em ambos.

OBS: Não dou links para a mídia corporativa porque eles também não nos linkam quando nos citam.

Madame Flaubert, de Antonio Mello

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Há um Golpe em curso
    Justiça com suas atitudes, faz parte do golpe colocando os Reus em evidencias e tenta mostrar que há corrupção.
    Os Candidatos de oposição so fazem é dizer que há corrupção, que vão acabar.
    O Pig tem a incumbência de criar fatos de corrupção, calunias, e não mostram as verdades, os fatos e requentam as noticias do Judiciario.
    Os Coxinhas estão agindo em qualquer ato que tem politicos do PT para vaiarem, criticar, para assim dizer que é a vontade do povo.
    A PF se rendeu a Oposição, vaza informações e maldades mais que balde furado, esta sem comando.
    As repetidas pesquisas tem a intensão de verificar o prejuizo de cada bala disparada, e baixar os votos de DILMA. quando ocorrer o Golpe final será no Ultimo debate dentro do PIG, e nas Bocas de Urnas com muitas mentiras.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...