terça-feira, 27 de janeiro de 2015

O livro de papel não morreu, nem o jornal. E o PT precisa criar o seu


Sei que tem muita gente respeitável que defende que a Internet e as preocupações ecológicas e com desenvolvimento sustentável tornaram obsoletos os meios de papel: jornais, revistas e até os livros.

Mas, experimente deixar qualquer um desses objetos num banco de praça, nas salas de espera de consultórios... Ninguém resiste - caso o material seja atualizado, claro.

Repare nas aglomerações em torno dos jornais e revistas expostos nas bancas.

O povo - nós! - gostamos de saber do que se está falando, o que está acontecendo, "qual é a última".

No entanto, o PT, há 12 anos no poder, não tem um veículo de comunicação nacional, que dispute nas bancas aqueles olhares ávidos por notícias.

E as notícias que esse público recebe são as dos adversários do PT, a mídia corporativa que defende os rentistas, o Mercado.  E pauta as discussões entre colegas de bar, de trabalho, da família.

Há um sentimento concreto de que  aquilo que é impresso se sobrepõe a todo o mais. É a famosa lei dos bicheiros: Vale o escrito, mas o escrito EM PAPEL.

Por que não temos um jornal de esquerda (cobro isso aqui no blog há anos - e olha que este é meu décimo ano), um jornal de esquerda que represente esse eleitorado que vota há 12 anos em Lula e Dilma?

Por que temos que chegar nas bancas (e também nos rádios e TVs) e só lermos, ouvirmos e assistirmos os discursos daqueles que derrotamos nas urnas?

Tínhamos que ter um jornal que contratasse pesquisas sobre a seca em São Paulo, por exemplo. Por que só fazemos isso nas eleições?

Informação é como o amor, segundo  aquela canção, ela "precisa, para viver, de emoção e de alegria, e tem que regar todo dia".

E nada melhor que um jornal de distribuição nacional diário nas bancas todos os dias.

Se os perdedores podem, por que os vencedores não?

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Moacyr B. Lima29.1.15

    Concordo com você Mello.
    Em plena ditadura tinhamos o Pasquim, o Opinião, e hoje, em plena democracia, nada!
    Somos obrigados a sofrer esse bombardeio diário dessa mídia asquerosa, entreguista e antinacional.
    Agora mesmo, na mesa ao lado da minha encontro um exemplar dessa merda chamada veja.
    É triste.

    ResponderExcluir
  2. Perfeito! Estamos subestimando o papel das mídias escrita, Rádio e TV ingenuamente acreditando que as mídias sociais da Internet as substituem plenamente. Ledo engano, já passou da hora de buscarmos atuar nos meios de comunicações tradicionais que provam a cada dia sua longevidade e eficiência.

    ResponderExcluir
  3. Também há anos faço essa sugestão, no blog da Dilma, nos Amigos do Presidente Lula, no site do PT .... No ano passado li um artigo, não me recordo quem o escreveu, que dizia que isso seria feito mas nada aconteceu. O que precisamos fazer para que essa publicação de distribuição nacional de esquerda, que narre os bons feitos da administração petista e informe sobre os desmandos e mal feitos de outras administrações, finalmente seja editada?

    ResponderExcluir
  4. Yacov5.2.15

    PETIÇÂO PÚBLICA pelo IMPEACHMENT de GERALDO ALCKMIN e REESTATIZAÇÂO da SABESP.

    ASSINE: http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR79291

    "O BRASIL PARA TODOS não passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÂO & GOLPES - O que passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÃO & GOLPES é um braZil-Zil-Zil para TOLOS"

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...