domingo, 22 de fevereiro de 2015

Anderson Silva, Cesar Cielo. Por que a diferença? Racismo? Preconceito contra MMA? Ambos?


O lutador de MMA Anderson Silva é o Pelé desse esporte. O melhor lutador peso por peso. Um craque que colocou seu título em jogo por 10 vezes, sem perder.

Com fãs pelo mundo, Anderson, o Spider, como ficou conhecido, parecia imbatível. Até que perdeu. Não uma, mas duas Hu vezes para um mesmo lutador, o americano Chris Weidman, 11 anos mais novo que ele.

Em toda a sua carreira, Anderson Silva jamais testou positivo em um exame antidoping.

No entanto, há um mês, os fãs do Spider foram surpreendidos com um resultado positivo. Foram três testes seguidos aplicados no atleta, com uma distância em torno de 10 dias entre eles. Resultados : positivo, negativo, positivo.

O que diz Anderson? Em outras palavras, que as pessoas o estão condenando. Mas ainda estão rolando os dados. E que ele estaria investigando para ver o que pode ter acontecido.

Alguns atletas, mas especialmente os meios de comunicação e até as redes sociais, estão caindo de pau em cima de Anderson, alguns até fazendo comparação com o ciclista Lance Armstrong, cuja máscara caiu, e acabou por confessar que se dopara por toda a carreira.

Mas um outro de nossos campeões, o medalhista de ouro olímpico César Cielo também foi pego em um exame antidoping, e as reações não foram as mesmas.

Será por que Cielo é branco e Anderson, negro? Ou o preconceito é contra o esporte, já que muita gente acha que o MMA não o é? Ou pela soma?

Para quem não se lembra, Cielo conseguiu se safar com a desculpa de que um suplemento que tomara estava contaminado, desde o laboratório. O laboratório negou. Mas ainda assim Cielo não foi punido, o que gerou discussão entre atletas.

Por que não se pode aguardar para ver o que pode ter acontecido, mas, ao contrário, condena-se e há quem chegue ao absurdo de achar que o Spider "é uma invenção da Globo"?

Quanto aos que têm preconceito contra o MMA e acham que a natação olímpica é um esporte limpo, bom, esses não viram as nadadoras da antiga Alemanha Oriental...

Voltando ao Spider. Quando ele perdeu a primeira luta e o título para Weidman, houve quem o ridicularizasse, achando que ele havia menosprezado o adversário.

Coisa de quem talvez estivesse assistindo a uma luta dele pela primeira vez. As provocações sempre fizeram parte do repertório do Spider, que utiliza do recurso para "entrar na mente" do adversário.

O próprio Weidman confirmou que estava caindo no jogo. Mas um golpe de corpo mal jogado pelo campeão (talvez não tenha treinado com alguém com a envergadura dele - a mesma de Anderson, 1,98m) o jogou na lona, nocauteado.

Fato é que um campeão tem uma grande equipe, que inclui treinadores, sparrings de diversas lutas, nutricionistas, preparadores físicos etc.

E, como no caso de Cielo, laboratórios que produzem suplementos. Por que não aguardar o desenrolar de tudo e acusar e condenar um super campeão que fora do octógono é pai de cinco filhos, que também são atingidos por toda essa baixaria?

Será que um lutador experiente, que já tem seu nome na história, arriscaria tudo se dopando na semana da luta sabendo que seria, como todos os atletas, submetido ao exame antidoping?

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...