sexta-feira, 16 de outubro de 2015

FHC AFIRMA QUE TOMAVA VINHOS APREENDIDOS PELA RECEITA FEDERAL, QUANDO ERA PRESIDENTE





Em 5 de março de 2008, a coluna Panorama Político de O Globo trazia a notinha reproduzida aqui. Nela, fica-se sabendo que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, quando no exercício do cargo, se servia de vinhos apreendidos pela Receita Federal.

Como agora o Procurador Geral da República Rodrigo Janot pediu que fossem investigadas as contas de ex-presidentes, passando por Lula, FHC, Itamar etc., deixo duas questões:

  1. É correto um presidente se servir de vinhos apreendidos pela Receita? Havia um sommelier para cuidar das apreensões e servir ao presidente?
  2. Além dos vinhos, o que mais tomava, se é que o fazia, FHC? Porque a Receita apreende muita coisa, e, se vinho pode, o que mais pode, o que não pode? Uísque, perfume ("A situação não anda cheirando bem"...), fazenda, apartamento em Paris...

Li numa matéria de O Globo que só num leilão de uma única apreensão feita pela Receita seriam oferecidos "veículos, videogames, câmeras fotográficas, relógios, artigos de vestuário, estatuetas de bronze, equipamentos de informática, máquinas de fazer sorvete, artigos de decoração e outras mercadorias".



Clique aqui e receba gratuitamente o Blog do Mello em seu e-mail
imagem RSSimagem e-mail

Meu perfil no Facebook: Antonio Mello


Madame Flaubert, de Antonio Mello

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...