sexta-feira, 2 de outubro de 2015

RAIMUNDA E KUMIO TANAKA CONSEGUEM ALTERAR SEUS NOMES NA JUSTIÇA


Uma mulher que se chama Raimunda obteve na Justiça o direito de alterar seu nome para Gabriela, alegando que desde a infância era alvo de piadas e que sofria constrangimentos por causa da alcunha. A Câmara Cível do Tribunal de Justiça do estado de Goiás deferiu pedido de retificação de registro feito pela mulher. O relator do processo, desembargador Itamar de Lira, disse que a autora tem direito à felicidade.

“O nome Raimunda não é incomum em nosso país, mas é de conhecimento de todos a existência de diversas chacotas com o aludido nome. O Judiciário deve colocar o cidadão em primeiro lugar, principalmente quando a decisão poderá afetar a dignidade da pessoa humana”, disse o relator, fazendo referência ao princípio constitucional presente no artigo 1º, inciso 3. [Fonte: Consultor Jurídico]

Todo mundo sabe que Raimunda é feia de cara e boa de rima. Não se sabe qual das duas características levou a Raimunda de Goiás à Justiça para mudar seu nome. Mas é fácil adivinhar o que levou Kumio Tanaka a fazê-lo.

Eu me recordo que Pepeu Gomes e Baby Consuelo botaram numa das filhas o nome de 'Riroca (e queriam que o primeiro R fosse pronunciado como em perigo). Crescida, a menina mudou o nome para... Baby conta (calma, o novo nome não é Baby conta...):

Baby: Não me arrependo dos nomes que dei aos meus filhos (Zabelê, Sarah Sheeva, Nãna Shara, Pedro Baby, Crishna Baby e Criptus Baby). Um ou outro eu mudaria o nome. Uma já trocou. A ’Riroca trocou para Sarah Sheeva. Eu percebi que ela, aos 15 anos, estava se sentindo mal com o nome. Fui até ela, que resistiu. Aí eu disse que eu também tinha trocado de nome. Ela escolheu Sarah Sheeva.
A escolha do novo nome por 'Riroca fica explicada pelos nomes dos irmãos...

O pesquisador e folclorista Mario Souto Maior relacionou nomes diferentes, bizarros e engraçados, resultantes de pesquisas realizadas em cartórios de registro civil, em fichas de inscrição de concurso, listas telefônicas dos estados do Brasil, jornais, etc.

A
Alma de Vera
Amável Pinto
Antônio Rolão
Aeronauta Barata
Antonio Querido Fracasso
Alrirwertom Wescrelteniz Phissihoua

B
Bem_Hur Farias
Berta Rachou
Boaventura Torrada
Brasil Washington C. A. Júnior
Brucili Benedito da Silva

C
Carlos Valente Pinto
Cafiaspirina Cruz
Catupyan Holanda Cavalcanti
Chevrolet da Silva Ford
Clarisbadeu Braz da Silva

D
Daniel Tardio
Darcy Coloca
Darkson Stick Nick da Silva
Deolinda Marreca
Disney Chaplin Milhomem de Souza
Dolores Fuertes de Barriga

E
Erisônia Bispo de Oliveira
Epílogo de Campos
Espere em Deus Mateus
Eva Gina Melo
Evaldo Perfeito
Exupéria Branco

F
Felicidade do Lar Brasileiro
Franklinberg Ribeiro de Freitas
Francisco Reto Filho
Frankstein Junior (o pai se chamava João da Silva)
Free William da Silva

G
Generosa Farias
Gêngis Khan Camargo
Getúlio Vargas de Castro
Gigle Catabriga
Gilete Queiroga de Castro
Graciosa Rodela

H
Hamilton Coragem
Haroldo Batman
Helio Bicudo
Herbert Cordeiro Manso
Hermenegildo Calças
Horácio Treme Terra

I
Isabel Ignorada Campos
Ivanhoe Valente
Ivete de Abraão Sales Chaminé
Izabel Rainha de Portugal
Izuperiu Joaquim Pereira

J
Janice Bispo de Roma
Jesus Cruz
João Carlos Tortura
Joaquim Contente
José Praça

K
Kaelisson Bruno (homenagem ao grupo KLB-Kiko, Leandro e Bruno)
Kevinson Junior(o nome do pai era Rafael) 
Kung Fu José e Kung Fu João (gêmeos)

L
Leidi Dai
Leonardo Mata Neto
Liberalino Liberal Brandão
Lírio do Prado
Luís Merenda

M
 
Maiquel Edy Marfy (seria Michael + Eddie Murphy?)
Maycom Géquiçom
Maria da Segunda Distração
Marcos Grilo
Marília de Dirceu Pinto Souza

N
Nair Queijo
Napoleão Bonaparte Príncipe dos Santos
Newton Marimbondo Vinagre
Nísia Floresta Brasileira
Nostradamus Brasileiro Do Acre

O
Oceano Atlântico Linhares
Olga Testa
Otavio Bundasseca
Otelino Sol
Ótima Átila Dantas
Outubrino Correia

P
Pacífico Armando Guerra
Patrick Itambé da Silva (homenagem ao ex-piloto francês de F1 Patrick Tambay)
Paulo Carneiro Bravo
Pedro Tocafundo
Pombinha Guerreira Martins

R
Recemvindo Pereira
Remo Longo
Rivon l’Amour
Roberto Kennedy Oliveira dos Santos
Rolando Caio da Rocha

S
Saturnino Ponte do Norte
Selênio Homem de Siqueira
Sincero Borges
Sudário Augusto Pereira
Soubrasil Madeira de Lei

T
Tarzan de Castro
Terezinha do Menino Jesus de Freitas
Terezinha Tosse
Tom Mix Bala
Tranquilino Viana
Tropicão de Almeida

U
Ubiratan Palestino Oriente
Universo Cândido
Urano Magalhães
Ursino Tanajura

V
Valentim Pereira Assombrado
Vera Lama
Victor Hugo da Incarnação
Virtuosa Doutora dos Anjos
Voltaire do Coração de Jesus

W
Waldemar Ponta Dura
Washington Luis Moço
Wladimir Paraná do Brasil

X
Xilderico Alarico de Freitas
Xisto Zeno Valones

Y
Yale Bica
Yoisalva Dos Santos
Yolanda Gomes Escola Mayor

Z
Zélia Tocafundo Pinto
Zitelman José dos Santos
Ziuton Oliveira
Zurivel de Carvalho
Zyvane Fogaça

Fonte: SOUTO MAIOR, Mário. Nomes próprios pouco comuns: contribuição ao estudo da antropologia brasileira. Prefácio de Carlos Drummond de Andrade. Rio de Janeiro: Livraria São José, 1974.


Clique aqui e receba gratuitamente o Blog do Mello em seu e-mail
imagem RSSimagem e-mail

Meu perfil no Facebook: Antonio Mello


Madame Flaubert, de Antonio Mello

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...