domingo, 25 de outubro de 2015

SE FALTAVA UM MILICO DE ALTA PATENTE PARA O GOLPE FICAR COMPLETO, JÁ NÃO FALTA MAIS





No último dia 17 de setembro, no Centro de Preparação de Oficiais da Reserva (CPOR)), em Porto Alegre, o general Antônio Hamilton Martins Mourão, comandante militar da região Sul, afirmou que "a mera substituição da PR [Presidenta da República] não trará uma mudança significativa no status quo", mas "a vantagem da mudança seria o descarte da incompetência, da má gestão e da corrupção".

O general Mourão é "comandante Região Militar do Sul, que abrange os três estados da região. Sob comando de Mourão, três Divisões de Exército, duas Regiões Militares, oito Brigadas e 162 Organizações Militares, resultando num efetivo de cerca de 50 mil militares, ou seja, 1/4 do efetivo do Exército Brasileiro. É o maior efetivo militar do país" [Fonte}.

Por uma dessas coincidências da História, foi um general também de nome Mourão que deu início ao golpe de 1964.

Aécio e sua turma, que amanhã completa um ano no sereno, no chororô e no golpismo, já têm a quem bater continência. 

O pronunciamento do general de hoje foi há mais de um mês, e não há notícia de reação alguma de seus superiores. Vamos ver até quando o governo vai continuar com sua política de "vamos deixar do jeito que está para ver como é que fica"...




Clique aqui e receba gratuitamente o Blog do Mello em seu e-mail
imagem RSSimagem e-mail

Meu perfil no Facebook: Antonio Mello


Madame Flaubert, de Antonio Mello

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Anônimo28.10.15

    Camisa de força nestes energúmenos!
    E BOMBA!
    Vamos denunciar este “juiz” DEMoTucano dos Infernos da CIA para todas as instâncias internacionais
    ###################
    Moro escreveu texto de juíza que determinou buscas na empresa de Lulinha?
    Por conspícuo e impávido jornalista Miguel do Rosário
    28/10/2015
    É o fundo do poço do golpismo judicial, o herdeiro do golpismo militar de 64.
    ***
    Do Facebook de Laerte Braga.
    Os advogados de defesa dos réus na Operação Lava Jato notaram que a decisão da juíza Célia Regina Ody Bernardes, que determinou as buscas na empresa do filho de Lula, traz trechos idênticos aos usados pelo juiz Sérgio Moro em suas decisões. São várias as cópias de partes das decisões de Moro. Isso significa com clareza que o texto da juíza foi feito por Moro e assinado por ela.
    (…)
    FONTE [LÍMPIDA!]: http://www.ocafezinho.com/2015/10/28/moro-escreveu-texto-de-juiza-que-determinou-buscas-na-empresa-de-lula/

    ResponderExcluir
  2. Anônimo28.10.15

    … Qual é, afinal, a deste juizinho mequetrefe, nazifasciterrorista e golpista de meia tigela IMUNDA de primeira instância da ‘Guantánamo do Paraná’ do congênere Beto ‘Rincha’, ou Beto Hitler, como queira?
    NOTA: se ‘nois’ tivéssemos um ministro da Justiça, o sigilo fiscal e bancário do “juiz” Sérgio ‘MOR(t)O’ seria quebrado, e lá estariam as digitais dos depósitos polpudos, diligentes e generosos da CIA, do Pentágono et caterva!
    Mas, não!...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...