sexta-feira, 2 de outubro de 2015

SINDICATO DOS BANCÁRIOS ANUNCIA GREVE PARA O DIA 6 PORQUE BANCOS NEGAM AUMENTO ALEGANDO CRISE. É MENTIRA




Eis aí na imagem a tal crise que os bancos alegam para impor perdas aos bancários. No primeiro semestre deste ano de crise para os brasileiros, os bancos lucraram 40% a mais em comparação com os primeiros seis meses do ano passado.

Sanguessugam clientes e trabalhadores.

Ontem, mais de mil e quinhentos bancários se reuniram no Sindicato em São Paulo e estão dispostos a partirem para a greve, em defesa de seus direitos.

A resposta veio à altura da proposta. Os bancários aprovaram em assembleias por todo o Brasil greve por tempo indeterminado a partir da terça-feira 6 contra o índice de 5,5% apresentado pela federação dos bancos (Fenaban). O reajuste proposto impõe perdas de 4%, não só para os salários, mas também para a Participação nos Lucros e Resultados, para o piso, os vales, auxílios. E revoltou a categoria. A proposta trouxe de volta para a mesa, ainda, a lógica do abono. E o Comando Nacional dos Bancários foi bem claro com a Fenaban: abono não substitui reajuste! Os R$ 2.500 propostos não se incorporam aos salários, nem incidem sobre FGTS, férias, 13º.

Disposição de luta – A Quadra dos Bancários ficou cheia: mais de 1,5 mil trabalhadores rejeitaram por unanimidade a pior proposta dos últimos anos e aprovaram a greve. A disposição de luta da categoria já podia ser sentida pela participação de quase 10 mil trabalhadores, em menos de uma semana, na enquete do site do Sindicato sobre o que a categoria achou da proposta. E 97% das respostas se concentram entre desrespeitosa, péssima e ruim. [Leia mais no site do Sindicato]


Clique aqui e receba gratuitamente o Blog do Mello em seu e-mail
imagem RSSimagem e-mail

Meu perfil no Facebook: Antonio Mello

Madame Flaubert, de Antonio Mello

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...