terça-feira, 22 de março de 2016

Explicando o que significa maus bofes para minha filha


Minha filha, com sete ou oito anos na época, me perguntou o que significava maus bofes. Uma pergunta de fácil resposta - aparentemente.

Perguntei qual o contexto. Afinal, na gíria gay, bofe é o heterossexual masculino.

Ela me leu trecho de um livro onde uma senhora tinha maus bofes.

Disse a ela que bofe é um outro nome para os pulmões, mas raramente usado nesse sentido.
Mais comumente é usado como o de uma carne de má qualidade e feia. Daí se usou durante muito tempo dizer Fulano é um bofe, quando Fulano fosse muuuito feio.

Mas, em épocas antigas, achava-se que a origem do humor estava nas vísceras. Problema com uma delas geraria mau humor. Maus bofes.

Vem daí a palavra enfezado. Com dor de barriga, uma tremenda prisão de ventre, cheio de fezes, mau humor, enfezado.

Embora há quem diga que o termo vem da época da escravidão, quando o escravo carregava na cabeça um vaso cheio de fezes dos senhores para jogá-las fora. Como elas vazavam e escorriam por seu corpo eles ficavam enfezados, cheios de fezes. E, logicamente, zangados, irritados, aborrecidos, justamente enfezados.

Falam numa terceira origem, que seria um movimento natural do touro bravo, que, aborrecido, defeca e espalha fezes com o rabo e...

Nesse ponto ela me interrompeu, Que nojo, pai!

Tá bom, filha, não falo mais nada. Quer ver o que é uma pessoa de maus bofes, olhe esta imagem.


E ela entendeu tudo.


Clique aqui e receba gratuitamente o Blog do Mello em seu e-mail
imagem RSSimagem e-mail

Meu perfil no Facebook: Antonio Mello


Madame Flaubert, de Antonio Mello

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...