terça-feira, 22 de março de 2016

Sonhei que Fernandinho Beira-Mar comandava a sessão do impeachment de Dilma na Câmara





Sonho estranho. Fernandinho Beira-Mar passeava em meio a nossos nobres deputados e era saudado por eles. Uns eram mais efusivos. Outros, nem tanto.

Mas o curioso é que ninguém estranhava sua presença ali, ainda que vestido com o uniforme da cadeia. Ele estava sorridente, com seu olhar de psicopata e a autoconfiança destes. Seguia, abrindo caminho, como uma grande personalidade, e os deputados se abriam em pétalas a seu redor.

Até que ele se dirigiu à mesa central da Câmara, sentou-se no lugar reservado ao presidente da sessão e declarou aberta a votação do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

Boa parte das excelências excelentíssimas fez uma pequena algazarra em comemoração.
Foram imediatamente repreendidos por ele:

- Esta é a Casa do povo brasileiro. Presidida por mim. Exijo respeito.

Todos, em silêncio de meninos e meninas de colégio interno, dirigiram-se a seus lugares, sentaram-se e se comportaram como alunos diante do professor.

Tudo na maior naturalidade.  Como se ali, diante deles, os comandados, não estivesse um dos mais frios bandidos do país.

Foi aí que algo aconteceu. Ao fixar meus olhos nele com bastante atenção, percebi que não, não se tratava de Fernandinho Beira-Mar. Era o deputado Eduardo Cunha, eleito por seus pares Presidente da Câmara, terceiro nome na ordem de sucessão presidencial.

Acordei assustado, e mais assustado estou porque esse pesadelo não sai da minha cabeça. E o núcleo do pesadelo não é a alternada presença de Fernandinho Beira-Mar ou Eduardo Cunha na presidência da Câmara e do processo de impeachment de Dilma, mas a absoluta naturalidade, obediência e reverência que lhes prestam deputados eleitos pelo povo.



Clique aqui e receba gratuitamente o Blog do Mello em seu e-mail
imagem RSSimagem e-mail

Meu perfil no Facebook: Antonio Mello


Madame Flaubert, de Antonio Mello

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ENFRENTANDO O GOLPE 

A mídia corporativa e o governo golpista querem sufocar os blogs e sites de oposição ao golpe. Precisamos do seu apoio, da sua assinatura, e também do seu engajamento, nos ajudando a divulgar nossos blogs e sites de oposição ao golpe nas redes, republicando nossas postagens, distribuindo conteúdo para amplificar o alcance de nossas críticas.

Assinar é muito fácil, é só clicar numa das imagens, Doar ou Assinar. Todos os cartões de crédito são aceitos



Se preferir, você pode fazer sua doação diretamente na conta do Blog:

Banco Bradesco
Pipa Produções Artísticas Ltda
CNPJ: 10585813/0001-44
Agência 0213
Conta 8035-7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
O Blog do Mello, enquanto não consegue se sustentar apenas com assinantes, precisa de anunciantes, e você utiliza um bloqueador de anúncios.
Por favor, desative o bloqueador para o Blog do Mello. Obrigado.