quarta-feira, 20 de abril de 2016

Dos 513 deputados, 299 têm problemas com a justiça. 76, condenados. Dilma, zero





No domingo, a Câmara votou pela admissibilidade do processo de impeachment da presidenta Dilma. Das excelências excelentíssimas, 299 "possuem inquéritos (investigações) em aberto e/ou ações em andamento, estejam eles correndo nos tribunais de justiça, de contas, eleitorais ou superiores" [Fonte].

Contra a presidenta Dilma não há nada. Mesmo as pedaladas fiscais de que é acusada não é crime. Nunca foi assim considerado. E disso sabe até Eduardo Cunha, o deputado bandido, que só aceitou o pedido de impeachment contra ela por vingança.

Por isso também é que o mundo recebe com perplexidade e indignação o processo contra a presidenta. Até mesmo partidários do impeachment estão espantados com o tenebroso espetáculo da votação de domingo, que o Midia Ninja resumiu de forma magnífica.

E se boa parte da população ainda continua empolgada com o resultado da votação é porque teve sua realidade sequestrada pela mídia [sobre esse tema, leia aqui mesmo no blog ‘Grande imprensa’ sequestra e mata].



Clique aqui e receba gratuitamente o Blog do Mello em seu e-mail
imagem RSSimagem e-mail

Meu perfil no Facebook: Antonio Mello


Madame Flaubert, de Antonio Mello

Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Anônimo20.4.16

    É possível informar quantos dos 299 votaram a favor do golpe?

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...